Notícias

Nano-SIM proposto pela Apple é aceito como padrão

Quando lançou o iPhone 4, a Apple popularizou no mercado o formato micro-SIM, menor que o tradicional e que permitia que o aparelho fosse o mais fino do mercado na época. Mas como a tendência é que os celulares fiquem ainda mais finos (ou que tenham mais espaço para maiores baterias), as fabricantes estavam estudando um formato ainda menor, o nano-SIM, para virar padrão no mercado. A Apple foi uma das primeiras a apresentar um projeto, que acabou sendo aceito, o que é ótimo para nós, brasileiros.

O nano-SIM proposto pela Apple (4FF) tem praticamente a mesma estrutura dos SIMs atuais, e isso é ótimo para países onde as operadoras demoram mais para adotar novas tecnologias (alguém aí disse ‘Brasil’?). Com esse sistema, se o iPhone 7S* tiver este padrão e as operadoras demorarem para oferecê-lo, bastará cortar os chips comuns, como já acontece hoje em cidades cujas operadoras não vendem o formato micro-SIM. Também permitirá que aparelhos atuais funcionem com ele, através de adaptadores de tamanho.

* Nome meramente ilustrativo. Isto NÃO É uma aposta. 

As outras fabricantes, como Nokia e RIM, não gostaram da Apple meter o bedelho em uma indústria que elas dominaram por anos e, por isso, também apresentaram suas propostas. Elas queriam mudar totalmente a estrutura dos SIMs, o que deixaria ele ainda menor, mas incompatível com os aparelhos atuais. No fim, o padrão escolhido foi um muito próximo ao que a Apple sugeriu, para nosso alívio.

O nano-SIM será 40% menor que o micro-SIM, medirá 12,3 x 8,8mm e terá a mesma espessura dos atuais chips.

Ainda não há previsão de quando ele chegará ao mercado, mas dependerá do surgimento de aparelhos compatíveis com ele (ou seja, não em 2012).

via Engadget

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados