Notícias

Estudo aponta o alto preço do iPhone como grande barreira para a compra

É engraçado os americanos descobrirem só agora o que a gente já sabia desde 2008… 😛

Uma pesquisa com o público norte-americano realizada pela Morgan Stanley chegou a conclusão que o preço do iPhone ainda é a grande barreira que impede a adoção maciça do celular da Apple pela população.

Entre os vários motivos que desestimulam a compra do aparelho, 85% marcou que o preço ainda é um grande empecilho. Também foram marcados o custo do plano (66%) e a duração do contrato (nos EUA é de 2 anos). Características do aparelho, como duração da bateria e falta do teclado físico ficam abaixo da casa dos 28%.

A empresa que realizou a pesquisa até chuta que a próxima geração do iPhone poderia vir mais barata, mas nada confirma que a Apple poderá adotar esta política. É apenas chute. 😉

No Brasil, o preço também poderia ter sido a grande barreira, não fosse a enorme falta de estoques, o que impediu que a adoção do aparelho fosse ainda maior…

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Marcos Melo

    Eu gostaria que custasse um pouco menos também.

  • SergioPG

    Se o iPhone já fica em falta na lojas com esse preço, imagina se diminuírem o valor. Deixa assim que tá bom. E que venha o iPhone 4G!

  • Rafael Menezes

    No Canadá é q é ruim comprar com plano, 3 anos, nisso o Brasil é bem melhor(1 ano) mas aqui vc consegue internet ilimitada no segundo plano mais barato da Rogers ($29.99).
    Nos EUA esse negoço de dois anos não chega a ser tão ruim.
    No brasil a quantidade de anos ta perfeita se vc compra assim q chega uma geração, quando dá um ano acaba o plano e vc compra o novo iPhone, nos EUA espera duas gerações e no Canadá três gerações. 🙂

  • Bruno Bezerra

    Vai sonhando que os estoques sao os responsaveis pela nao massificacao do iPhone…. É o preço mesmo!!!

    • felipec

      verdade! a falta de estoque impede? uhauhahauuha nem a pau! é o preço mesmo! porisso prefiri ter um celular comum e ao invés de compra o iphone eu comprei o ipod touch 3G…

  • Isso lá nos EUA que ainda é barato… imagina aqui? O.O”

  • De fato, o preço sempre será um impeditivo, visto que tê-lo é como carregar no bolso (em valor) um notebook. Pelo pouco que eu acompanho, a política da Apple nunca foi preço, qualidade. Briga de preços é entre Sansung e outros.

    Considerando a demanda reprimida que existe pelo iPhopne, mesmo que viesse mais caro, iria vender… lei de mercado, né? Demanda maior que disponibilidade de produto. A Apple pode cobrar o que quiser.

  • Douglas – 3GS

    Gente, mais a própria marca APPLE ja é sinônimo de preço mais elevado… É uma grife.

    Assim como acontece com o sony vaio por exemplo. Compra quem pode, chupa o dedo quem não pode.

    Infelizmente é assim….

    Mas uma coisa é certa, vale cada centavo e ponto final.

    • SergioPG

      Exatamente: compra quem pode, um iPhone, um Vaio, um Rolex, uma Ferrari, uma casa na praia e assim por diante…é a vida minha gente.

  • JanjaBoy

    Mostra que não é só no Brasil que é caro!

  • E olha q noes EUA está a partir de US$99 (o 3G)

  • mark

    É caro mesmo, mas custa o mesmo que um notebook? Custa até um pouco mais, dependendo do modelo, porém (sempre tem um porém…rs)uso o iPhone há 3 anos e não senti necessidade até agora de ter um notebook… pois no meu caso (ver email, twetter, ver seriados, ouvir músicas, podcasts, acessar a net, usar meu banco, etc… tudo isso faço sem nenhum problema com o meu iPhone.

    Nunca senti vontade de ter um note, pois eu não levaria ele no bolso e teria que adquirir um plano 3g específico para ele, enquanto que com o iPhone eu uso um plano básico de voz, navego muito e nunca estourei o limite de banda do plano… ou seja, me serfve em tudo que preciso com mobilidade.. e levo tudo isso no bolso.

  • Vicente

    É falta do que pesquisar…hauahuahuhaua

    É uma coisa mais que óbvia.
    Mas sempre tem alguém estudando tudo, então…da nada..ahuahua