Curiosidades

História: há exatos 26 anos, a Apple revolucionava a computação mundial

Foi no dia 24 de janeiro de 1984 que a Apple lançou uma máquina que ditaria o modo como o mundo se relacionaria com os computadores, com repercussoes que duram até os dias de hoje. Era o Macintosh, o primeiro micro voltado ao público consumidor com interface gráfica (na verdade o Lisa foi o primeiro, mas sem muito sucesso), drive para disquete pequeno e um estranho acessório ligado ao computador, chamado de mouse.


Anúncio profético: durante muito tempo, o mundo dos computadores se dividiu entre usuários de Mac e PCs.

Na apresentação, um jovem Steve Jobs, que na época costumava usar uma gravata borboleta em suas keynotes, revelava ao mundo o computador que muitos imitariam a partir daquele ano.

httpvh://www.youtube.com/watch?v=G0FtgZNOD44

Também foi divulgado um vídeo, que apareceu uma única vez na televisão, e que foi considerado o comercial do século. Baseado no livro 1984, de George Orwell (que introduziu o conceito de Big Brother), o vídeo encerra com a frase “E você verá porque 1984 não será como ‘1984’“…

httpvh://www.youtube.com/watch?v=OYecfV3ubP8

Por coincidência (ou não), estamos próximos de talvez presenciar um novo lançamento também bastante importante, em que conheceremos um novo produto.

Será que será tão revolucionário quanto?

De qualquer forma, parabéns Mac! 🙂

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • rapha2vb

    Pra quem nao sabe o homem falando no comercial era para representar a IBM.

    Efim parabens Mac 😀

  • iPod School Fan

    Parece que esse site está cada vez pior. Agora que não tem nada novo fica roubando a matéria da concorrência. Parece até Bill Gates roubando idéias de outras pessoas e dizendo que é original.

    Dá próxima pelo menos fala de onde veio a idéia do post metido.

    • Marco

      2X

    • Eu ri!

      A infantilidade fica clara no anonimato do comentario. Se nao tem coragem de se identificar, que arranje coisa melhor para fazer, afinal fez um dia tao lindo hoje. 😉

      Eu até iria ver se o iPod School por acaso fez a mesma matéria, mas como eu acho que o inutil que escreveu esse comentario so quer arranjar confusao, nem vou perder tempo. Afinal, EU tenho sim mais o que fazer. 😉

    • Mateus Pinheiro

      Esse fan é um babaca mesmo , eu participo do iPod School como Blogueiro e também gosto do Blog do Iphone e não foi copia o que o iLex fez, pois se fosse assim todo jornal de noticias estaria copiando as noticias sobre o terremoto do Haiti, ou de qualquer noticia seria copia, mas não é isso se chama divulgação de informações ou você acha que lá no iPod School nos achamos noticias aonde , internet esta cheio de informações, o blog do Iphone tem que divulgar as informações para o publico daqui do blogdoiphone que não acessa o ipodSchool, espero que você tire essa idéia de que um blog copia do outro pois isso não existe pois na internet são divulgadas informações e nos abistraimos e tiramos o melhor de cada.

  • Zulu

    Acho engraçado certos comentários. Quem não gosta não lê e não comenta. Gente como o de cima só quer sugar as coisas positivas do site. Não faz nada construtivo. Nem as críticas. Vai arrumar o que fazer e deixa de falar besteira. Parabéns pelo Blog. Sempre presente trazendo boas novas e ótimas curiosidades para os appleholics.

  • Soared

    Po… Que grosseiro cara….

  • Dinnosan

    Pô cara se não está gostando do forum, caia fora, não é obrigado a vir aqui e não somos obrigados a ficar lendo suas grosserias.

  • JanjaBoy

    @IPod School Fan.
    Fino como papel para enrolar pregos…….

  • Alex iPilot

    O primeiro micro que usei foi um Apple tupiniquim, o Unitron, hehehe…

    http://sti.br.inter.net/elucas/6encontroapple/

    Foi em 1992, na fábrica onde eu trabalhava. Ele tinha 4 drives de disquete 5 1/14″ (máximo de 8!!!) e rodava o sistema operacional CPM. Tinha que ligar com o disco do CPM para carregá-lo. Usava MUITO bancos de dados dBase II, planilhas VisiCalc e editor de texto WordStar…

  • Cabr

    Este fato deve ser relembrado por todos que gostam de tecnologia. Se tem uns manés que vem aqui só para criticar é porque não conseguem fazer melhor. Se fizessem nem teriam tempo para visitar o blog dos outros. Então a mediocridade é o que resta.

    Parabéns ao Blog do iPhone, ao Macintosh e a Apple.

  • Dinnosan

    Seção nostalgia:

    Meu primeiro contato com computadores foi em 1977 (quando entrei na sala onde ficava), era um computador na HoneyWell, imenso cheio de luzes piscando, um painel de uns 4 metros de comprimento por uns 2 de largura e mais ou menos a mesma coisa em altura. Mais tarde, uns 10 anos depois passei a fazer parte da equipe de manutenção do mesmo e ai fiquei conhecendo ele melhor, onde fiquei sabendo da imença capacidade de armazenamento do computador (512 Kb X 24 bits), onde ficava armazenado todos os programas do sistema de produção da área.
    Trabalhava com 2 linguagens, sendo uma de alto nível (Fortran) e uma de baixo nível (linguagem de máquina). Todos os programas que eram inseridos no computador tinham que ser perfurados em uma perfuradora de cartões e depois passados por uma leitora de cartões para serem inseridos no sistema.

    Acoplado ao computador existiam vários monitores que ficavam espalhados na área ligados em comunicação serial onde a velocidade de comunicação era de 600bps, era interessante ver as linhas se formando uma a uma na tela dos monitores.
    Tinha também várias impressoras ( terminets) onde os caracteres eram fixos em uma correia a qual girava e um acionador (martelinho) batia no caracter para imprimir a letra desejada a qual batia em uma fita e a fita no papel; velocidade de transmissão 110bps.
    Na decada de 90, todo esse sistema foi substituido por um servidor (AT286 com um HD de 10MB) o qual era ligado em rede com vários micros servindo de escravos.

  • Alex

    Puxa! Que legal essa história Dinossan. Gostei muito dos detalhes. Lia bastante a respeito e lembro-me bem de ver esse tipo de máquina qdo era bem pequeno.Meu primeiro computador foi um tk85, depois tive um tk2000 e meu primo um tk3000. Época da Revista INPUT. Madrugadas varadas desde cedo teclando linhas e linhas de comando… Depois me recordo do msx que dispunha de um leitor de cartuchos e daí em diante tínhamos algo mais parecido com o qe há hj. Lembro de ter visto um macintosh com uns 9 anos de idade. 1984. Vcs viram o filme jogos de guerra? Um clássico. Sempre fui aficcionado por computadores. Hj trabalho com Direito. Gosto demais do que faço, mas confesso, só não fui longe com computadores pq nasci no Brasil. Pelo menos tenho essa impressão. Sempre gostei de eletrônica e computadores. Hj, meu iphone, e-mail e olhe lá…. Abraços e boa semana.

    • Revista Input!!!!
      Nossa, essa eu tinha esquecido. 🙂

      Bons tempos aqueles… 😉

  • Carlos Knop-Ctba

    Revista Input… tenho a coleção completa, foi através delas que hoje sou Analista de Sistemas… bons tempos aqueles…

  • Hori

    Ué? Qual era o tópico do post mesmo? Nostalgia? HAHAHAHA

    Eu nasci na frente de um MSX, pois não sou tão velho assim… hehe. Mas me lembrava que enquanto meus amigos jogavam Master System, eu ficava fazendo programinhas no meu MSX, ainda tenho páginas e mais páginas de códigos impressos.

    Depois veio o SuperNes da galera e eu no meu 386 SuperVGA! Com o Playstation2, acho que já estava no Pentium2. E hoje para “rivalizar” o PS3, estou com um i7!

    E pensar que tudo começou com essa “brincadeira” do tio Jobs…

    Ah sim! E comprei meu iPhone há 4 meses, e hoje não sei viver sem… Agora, quando puder ($$$) partirei para o meu primeiro MacBook. Quem sabe até um iMac?