AplicativosApp StoreNotícias

Enfim um GPS decente no iPhone. Será que a Apple vai permitir?

O iPhone 3G tem um chip GPS incorporado, que permite a geolocalização através de satélite. A navegação é feita com a ajuda do Google Maps, que cumpre bem o seu papel, mas é completamente diferente do que muitos estão acostumados em outros aparelhos, onde uma voz indica, curva por curva, o caminho que se deve seguir. Não há nem mesmo uma opção de visão 3D do caminho.

A conhecida empresa dinamarquesa TomTom chegou a anunciar que tinha feito uma versão de seu programa de GPS para o iPhone. Porém, devido à uma cláusula no acordo de uso do SDK, esse tipo de aplicativo não foi permitido.

Agora outra empresa do ramo, a Xroad, acaba de criar um programa do gênero e já enviou para a App Store, esperando aprovação. Ele se chama G-Map.

O aplicativo é fantástico em muitos sentidos, cobrindo vários buracos deixados pela solução oficial. O primeiro é o fato de permitir a integração dos mapas, eliminando a necessidade de ter uma conexão internet/dados para ver onde se está. Só isso me deixaria muito contente. 🙂

Além disso, ele mostra uma visão em 3D dos principais cruzamentos. Não sei se esse recurso estaria disponível no Brasil em um primeiro momento, mas ainda assim é bem interessante.

Outro destaque é a busca inteligente pelos POI (pontos de interesse), classificados segundo sua qualidade. Hotéis, restaurantes, postos de gasolina, coisas assim. Mas isso o Google Maps também faz, de uma certa maneira.

Único ponto falho é a falta da voz indicativa, aquela que narra cada curva. Mas isso pode vir em uma futura atualização.

Assista esse pequeno vídeo de 20 segundos para ter uma curta idéia de como o aplicativo funciona:

Há também a página oficial do aplicativo, com vários vídeos de demonstração da ferramenta.

Agora é esperar para ver se a Apple aprova.
Se depender dos termos de uso, é quase certo que não será liberado. Mas pelo menos mais uma empresa provou que é possível.

Um dia a Apple vai ter que ceder, se não quiser perder clientes…

[via]

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Eu pagaria pra ter esse programa sem pestanejar, deste que não custe o mesmo que um rim no mercado negro :p

  • Waldomiro

    Pois é, iPhone em 2009 independente da operadora, escutou TIM???hahahahaha Já economizo o GPS.

  • Celso

    Achei feio e nem um pouco Mac Like.

    Parece que só fizeram transpor o software dos GPS já existentes e passaram pro iPhone. =/

    podiam melhorar a interface…

  • MPC

    Postei no forum do blog sobre programas assim.. até falei do TOMTOM.. mas nao sabia q havia sido proibido… q bom q temos chance de ter um programa assim.. seria otimo.. espero q a apple nao acabe com nossa alegria.. quanto tempo será q leva para eles aprovarem ou nao um software ??

  • MPC, o processo de aprovação costuma levar uns 15 dias.

  • Show de bola!

  • Não sei… acho que prefiro o formato “google maps”, mas o que faz falta é o mapa nao girar quando muda a direçao do Iphone… já dei muitas voltas por conta disso…

    Mas acho que com o View street a google deve estar pensndo em algo para breve…

  • Mauricio Correa

    iLex, primeiro parabens pelo blog.
    Acompanho desde o inicio e fico impressionado com as informacoes, principalmente no inicio a espectativa pelo pelo gadget 3G! Trabalho em operadora e sofremos juntos!
    Tenho um, comprei logo no lancamento e o unico ponto que faz falta pra mim é um software real de GPS. Google Maps é muito bom, pra brincar…
    Abraco e continuo acompanhando.
    Mauricio

  • “O primeiro é o fato de permitir a integração dos mapas, eliminando a necessidade de ter uma conexão internet/dados para ver onde se está.”
    Não precisará de acesso à internet para o uso do GPS ou eu entendi errado?? 🙂

  • MPC

    Galera… no site eles nao tem previsao para mapas South America.. Mandei uma msg no contact do sit,e informado na materia acima.. nao falo bem ingles.. mas pedi para eles nao esquecerem de nos.. sul americanos do Brasil.. q somos em teoria 100 milhoes de usuarios.. hehehe.. talvez valha a pena mandar uma msgzinha simples.. lembrando q nos existimos !!!!!

  • RodrigoDC

    MPC acho que você leu errado:
    • G-Map for Europe, Central/South America, Asia and other countries and regions will be available by the end of the year.
    A tradução é essa:
    • G-Map para a Europa, Central / América do Sul, Ásia e outros países e regiões estarão disponíveis até o final do ano.

  • Henrique Neto

    Seguinte, para que existem o Installer e o Cydia? Não é para que possamos instalar aplicativos não-oficiais? Por que programas do tipo não são lançados nestes programas?

  • RodrigoDC

    Exatamente para que as empresas sólidas como a TOMTOM, não peguem um processo por infringir regras da Apple.
    Sacou, 🙂

  • vi

    realmente é feinho, mas é o melhor que temos

  • Marcos Colla

    RodrigoDC.. realmente na empolgação só li as versoes da america do norte lá.. hehehe, mas havia enviado o e-mail ja: e hj recebi a resposta. Vou colar aqui:

    ——
    Dear Customer,

    Thanks for your interesting in our Gmap application.

    After releasing North America version in this week, we’ll prepare to launch other country like South American and Europe step by step.
    We know Brazil is big market with many customer.

    Once we fix our schedule per country, we’ll mention it in our official website.

    Thanks for your paitence!

    Best regards,

    —–

    NAo sei se será tao breve assim o Brasil… mas pelo menos eles sabem q existimos….

  • Luiz

    Voces estão preocupados se existirá para o brasil, primeiro vcs precisam pensar, SE IRÁ EXISTIR…

    nao se esqueca que o tomtom foi proibido, pq esse tb nao seria ?

    entao se acalmem!

  • Bom, liberado foi, mas pro Brasil…duvido que chegue tão cedo!

  • Marcos

    è triste como brasileiro é burro!!!! Só sabe consumir e apertar botão!!!
    a precisão do posicionamento não depende só iPhone ou do seu GPS mas sim da “base Cartográfica” da região. Ou seja o mapeamento da região!!!!. Vão querer comparar a cartografia da europa ou dos estados unidos com a do Brasil??? que tem menos de 5% do pais mapeado na escala de 1/20000.

    Como vão exigir precisão de um aparelho num país que não investe em saneamento básico???!! e muito menos em cartografia!!!