HistóriaOpinião

[opinião] Um mesmo palco para uma mesma mudança de rumos na Apple

Uma curiosidade que os mais velhos no mundo Apple irão achar interessante: o evento da próxima terça-feira não será em San Francisco, onde geralmente a Apple faz suas apresentações, mas sim no California Theatre, na cidade de San Jose. Coincidência ou não, é o mesmo palco onde Steve Jobs apresentou o então novo iPod Video, o primeiro dispositivo móvel da Maçã que permitia visualizar vídeos.

O que o primeiro iPod Video e o suposto iPad mini tem em comum? Muito.

Eu lembro bem, pois já naquela época eu era um usuário antigo da Maçã. Um pouco mais de um ano antes, eu queria muito um dispositivo para poder ver vídeos no metrô, pois não tinha muito tempo de assistí-los em casa. Eram os anos de ascensão dos vídeos pela internet, com sites como o Youtube democratizando o formato.

Então, estava cogitando comprar um aparelho que me permitisse isso, e se fosse da Apple, seria melhor ainda. Mas Jobs, na época, soltou uma frase que me fez, pela primeira vez, duvidar de sua capacidade empresarial:

Eu não acho que as pessoas queiram assistir a filmes em uma tela minúscula.

Esta foi a razão dada por Steve Jobs para que a Apple não disponibilizasse no mercado um iPod que permitisse assistir vídeos, por mais que os concorrentes oferecessem. Como eu disse, pela primeira vez eu chamei Steve Jobs de burro. Comprei um celular Sony Ericsson que visualizava vídeos em vários formatos, e fiquei feliz com ele até comprar meu primeiro iPhone, anos depois.

Em 2005, lá foi ele para a apresentação do evento especial no California Theatre, onde apresentou finalmente o iPod Video, com uma tela de 2,7 polegadas. Pequena.

Quem tinha mudado? O consumidor ou ele?

Claro que fiquei com raiva, pois parecia que Jobs tinha dado o braço a torcer a uma coisa que o consumidor queria dois anos antes.

Será que a história agora irá se repetir?

Na próxima terça, é muito provável (se acreditarmos nos rumores) que a Apple apresente um iPad mini, coisa que Jobs também sempre foi contra.

A razão pela qual não fazemos um tablet de 7 polegadas não é porque não queremos brigar pelo [menor] preço. É porque achamos que a tela é pequena demais para os aplicativos. Como uma empresa orientada ao software, nós pensamos primeiro nas estratégias de software.

Mais uma vez, um produto desmente uma frase dita por Steve Jobs. E no mesmo palco.

Claro, isto considerando que os rumores se concretizem. Mas é interessante perceber a ironia do lugar onde será apresentado mais um produto que Jobs discordava. Também serve para nos lembrar que as mudanças de atitude da empresa não acontecem só porque ele morreu, mas existiam também com ele no comando.

Aliás, ser inteligente não é só ter ótimas ideias, mas também mudar de opinião quando o mundo mostra que você está errado. E nisso Jobs era bom.

Conteúdo original © Blog do iPhone

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar