Notícias

Swatch quer chamar a atenção patenteando a expressão ‘One More Thing’

Uma das coisas mais empolgantes na época que Steve Jobs estava vivo era quando ele citava a frase “One More Thing” em suas apresentações. No começo, ele fingia que a apresentação tinha acabado, mas aí dizia que tinha algo mais a dizer e então apresentava um produto novo que deixava todos perplexos. Isto virou padrão e muitos de nós esperávamos isto como um ponto alto em todos os eventos. Apesar de todos concordarem que virou uma “marca registrada” de Jobs, na verdade a frase nunca foi patenteada, porque nem faria muito sentido fazer isso.

A Swatch, a famosa fabricante de relógios digitais, resolveu chamar a atenção, solicitando uma patente para a frase.

O que parece é que o Apple Watch incomodou bastante a fabricante suíça, que está apelando para artimanhas paralelas para ter seu nome na mídia. A frase já foi depositada em 44 países, inclusive no Brasil.

Swatch

Apesar do protocolo efetivamente ter sido registrado em maio deste ano, o pedido faz referências à data de 27/11/2014, que é a mesma do pedido original feito na Suíça. O Apple Watch foi apresentado ao mundo um pouco antes, em setembro daquele ano.

Swatch INPE

Há dois registros no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), um de número 909432929 e outro de número 909432813. O primeiro classifica a marca para metais preciosos que compõem relógios e acessórios para relógios, como pulseiras. O segundo inclui aparelhos para processamento de pagamento eletrônico, computadores, laptops, smartphones, tocadores de música… Ou seja, TUDO o que a Apple faz. Chega até a ser engraçado.

Swatch_INPE_3

Nossa opinião: eles realmente estão mordidos com a entrada do Apple Watch ao mercado, que fizeram eles sumirem da mídia nos últimos tempos. Em vez de tentarem criar algum produto novo que se adapte aos tempos atuais e cative os consumidores, eles parecem optar por tentar atingir a Apple de outra maneira, chamando a atenção de blogs de tecnologia que estão reproduzindo a notícia e citando o nome deles. Ela já fez isso antes, quando registrou a marca iWatch em um momento que todos os rumores afirmavam que este seria o nome do relógio da Apple. Não parece má-fé isso?

Talvez a Apple nem responda, nem se oponha ao registro, porque o Swatch nunca poderá impedir que a frase continue sendo citada nas apresentações oficiais. Não respondendo, reforçaria ainda mais a situação patética em que o Swatch está criando para ela mesma.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar