Notícias

Em novembro, será possível fazer pagamentos instantâneos com o iPhone para qualquer conta bancária

Na tarde desta quarta-feira (19), o Banco Central do Brasil apresentou a marca PIX, que identifica o novo sistema de pagamentos instantâneos que deverá ser implementado em novembro.

Com ele, será possível usar o celular para pagar outras pessoas ou estabelecimentos comerciais, não importando o banco que você ou a outra pessoa tenha conta.

Veja aqui como irá funcionar.






Hoje em dia, há diversas opções para você enviar dinheiro para outros pessoas, como o PicPay e o MercadoPago. Porém seja quem paga como quem recebe, ambos precisam abrir uma conta no mesmo app, para permitir a transação.

O Banco Central está preparando um novo sistema de pagamentos que irá universalizar essas transações, permitindo que qualquer aplicativo possa transferir imediatamente para outro ou até mesmo direto para uma conta bancária, não importando a hora ou o dia da semana.

Por exemplo, será possível você pagar a pipoca do cinema com QR code em um sábado à noite, usando o saldo que tiver na sua conta do Nubank. Ou então, dividir o churrasco do domingo entre os participantes, gerando um QR code no iPhone e passando para cada um, que poderá escanear e enviar o valor na mesma hora para a sua conta bancária, seja lá qual seja.

Comerciantes não precisarão nem mais ter maquininhas de cartão para realizar pequenas vendas. Tudo poderá ser feito entre celulares, em tempo real.

A ideia é oferecer um padrão tecnológico que seja usado por todas as instituições bancárias e de pagamento, agilizando muito a forma como lidamos com o dinheiro. O BACEN já regulamentou que todos os bancos e instituições que tiverem mais de 500 mil contas, serão obrigados a incorporar o sistema.

Qual a diferença para o Apple Pay?

O Apple Pay trouxe facilidades nos pagamentos do dia a dia, mas ele e o PIX são coisas bem diferentes.

O sistema da Apple é associado a cartões de crédito ou débito, de um banco específico. É possível fazer pagamentos em maquininhas de cartão, mas você não pode, por exemplo, pagar um amigo que só tenha um celular.

Já com o PIX, você pode transferir para qualquer um, apenas usando um QR code. E a transição é imediata, diferente com o que acontece com boletos e DOCs.


A implementação pública do novo PIX está marcada para o dia 16 de novembro. Vamos ver se ele será mesmo a revolução dos pagamentos por celular como promete ser.

Via
Tecnograna
Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar