Notícias

Ministro afirma que iPhone começa a ser montado no Brasil em julho e iPad ainda em 2011

Se pudermos acreditar nas palavras do atual Ministro da Ciência e Tecnologia, Aloízio Mercadante, então temos todos os motivos para comemorar. Segundo ele, o iPhone começará a ser produzido no Brasil já em julho. Se isso for verdade, é muito provável que já seja o futuro modelo da Apple, o iPhone 5.

O iPad também entra em produção no país até o final do ano. A expectativa é que os preços para o consumidor caiam cerca de 30% (leia “Quanto deve ficar o preço do iPad produzido no Brasil?“) e que os lançamentos não demorem tanto para chegar em nossas terras.

Atualmente, a Apple sofre um grande problema de abastecimento de estoques, pois não consegue fabricar os dispositivos no mesmo ritmo em que eles são vendidos, causando filas e insatisfações nos clientes que não acham os produtos nas lojas. O polo de produção brasileiro deverá servir como grande fornecedor de novos aparelhos, principalmente para os Estados Unidos, por causa da menor distância entre os países (na comparação com a China).

Isto significa que continua improvável que o Brasil entre na lista dos países que possuem lançamento simultâneo com os EUA. Porém é de se esperar que, pelo menos, não demore tanto para recebermos as novidades. O iPhone 5, por exemplo, que deve ser lançado em setembro/outubro nos EUA, poderia seguramente já estar entre nós no natal.

A vinda da fábrica para o Brasil significa muito. Além do preço menor ao consumidor e as centenas de empregos que isso gerará, abrirá imensas portas para maiores investimentos da Apple no país, como, por exemplo, a abertura de lojas físicas oficiais, o que permitiria a venda direta do iPhone sem passar por operadoras, além da garantia internacional oficializada, visto que hoje apenas aparelhos comprados aqui são cobertos por ela no país.

Exame.com

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar