Notícias

Justiça dos EUA já tem mais 12 iPhones para serem desbloqueados pela Apple

Se você ainda acredita que a luta entre Apple e FBI seja relativa a apenas um único iPhone, talvez você deva observar melhor o que está acontecendo por lá.

Segundo um relatório publicado pelo Wall Street Journal, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) está só esperando a resolução do impasse do iPhone de San Bernardino para obrigar o desbloqueio de cerca de 12 outros iPhones, também alvos de investigações criminais.

O jornal não dá detalhes sobre as investigações, porque elas não são públicas. Mas o que se sabe é que nenhuma delas envolve terrorismo.

Se a Apple for forçada judicialmente a fornecer acesso ao iPhone de San Bernardino, o DOJ poderá também forçar a Apple a fornecer dados sempre que quiser (e sempre vai querer). Ao contrário do que o diretor do FBI afirmou, a ferramenta que a Apple fizer não ficará nas mão de apenas uma equipe, mas passará para todos que conseguirem liminares judiciais, e aí se perderá totalmente o controle de onde cópias desta ferramenta podem parar. É este tipo de perigo que Tim Cook e a Apple enfatizam que pode acontecer caso o FBI consiga obrigar a Apple a fazer o que eles querem.

Em uma entrevista para o jornal o Financial Times, o fundador da Microsoft, Bill Gates, tomou posição na briga entre a Apple e o FBI e, infelizmente, disse que a maçã deveria fornecer o que o governo está pedindo. Apesar dele aparentemente defender que seja apenas neste caso de San Bernardino, ele parece ignorar as consequências provocadas pelo que comentamos nos parágrafos acima. (ATUALIZAÇÃO: Bill Gates deu outra entrevista, dizendo-se chateado por terem interpretado mal o que ele disse. Ele é a favor de uma maior discussão sobre o tema, que preserve a privacidade e ao mesmo tempo permita que as autoridades garantam nossa segurança).

Uma recente pesquisa mostrou que 51% dos americanos estaria do lado do FBI e não da Apple neste caso.

A tensão aumenta e o prazo para este impasse acabar parece estar ficando curto. Será que a Apple terá que “abrir” a segurança do iPhone? E como será se outros países, como Reino Unido, China, Rússia, decidirem fazer o mesmo?

Não perca os próximos capítulos desta novela.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar