Notícias

E se o próximo iPhone tivesse leitor de impressão digital?

Leitura biométrica

No mundo de hoje, o sistema de senhas está se mostrando pouco eficiente, pois com a evolução da tecnologia fica cada vez mais fácil para os hackers desvendarem códigos de até 8 caracteres. E com a tendência de usarmos mais e mais serviços que necessitam também de senhas, muita gente acaba adotando o mesmo código para todos eles, o que é um risco para a segurança.

Segundo Michael Barret, executivo-chefe de segurança de informação do PayPal, isso tudo poderá ser resolvido com a adoção de leitores biométricos nos celulares, em que o usuário precisasse apenas usar o dedo, abandonando o sistema de senhas.

No ano passado, a Apple adquiriu a empresa AuthenTec, especializada justamente em tecnologia biométrica para dispositivos móveis, o que fez muitos pensarem (e com lógica) de que a Apple pode ter a intenção de se direcionar por esse caminho.

Baseado nestes rumores, Barret acredita que a era das senhas está chegando ao fim, com a adoção do sistema biométrico em telefones, que permitiria aos sistemas de bancos, emails, redes sociais e até mesmo pagamentos online saber que você é realmente você. E a Apple poderia ajudar muito na aceleração desta mudança se adotasse já no próximo iPhone esta tecnologia, o que popularizaria mais rapidamente o sistema.

O celular mais famoso do mundo adotando a leitura biométrica iria fazer com que toda a concorrência caminhasse para o mesmo caminho (como sempre faz), e isso seria uma nova era de identificação pessoal, decretando a morte do sistema de senhas.

Mas Barret defende a adoção de um padrão aberto, que todas as fabricantes adotassem, para não haver segmentação. Ele também afirma (não se sabe se baseado em fatos ou achismos) que a Apple irá fazer parte da FIDO Alliance, um protocolo aberto criado pelo próprio PayPal para padronizar as tecnologias de segurança.

A transição parece ser empolgante, mas não seria feita da noite para o dia. Já existiram laptops com leitor biométrico, mas não fizeram sucesso suficiente para virarem um hábito para os usuários. Com a implementação em dispositivos móveis, principalmente no popular iPhone, a tecnologia poderá finalmente decolar e fazer todos nós trocarmos as dezenas de senhas que temos hoje em dia por um simples toque do dedo.

via Macworld UK

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar