AplicativosNotícias

Jogo Clash of Clans é banido no Irã por “promover a violência”

A conhecida censura do governo iraniano a tudo que consideram “inapropriado” ou “subversivo”, em especial dentro da internet, tem mais uma vítima. O bode do momento é o jogo Clash of Clans, um dos mais populares entre os dispositivos móveis no país, com mais de 5 milhões de instalações logo depois de seu lançamento. O Ministério da Justiça iraniano está restringindo o acesso ao jogo porque considera um “claro exemplo de violência através da educação e promoção da guerra tribal”.

Segundo o Jornal do Irã, a maioria dos membros de um comitê no país que define que tipo de conteúdo é criminoso, recomendou que o jogo fosse banido, a fim de “proteger a juventude de sua influência”, depois de receber um relatório de psicólogos alegando que “o jogo encoraja a violência e é extremamente viciante”.

Segundo o Engadget, os cidadãos iranianos já têm o hábito de burlar os filtros de conteúdo do país usando aparelhos de TV via satélite, mas ter acesso ao jogo pode ser mais difícil. Como exemplo, não se sabe se os usuários conseguiram recuperar o acesso ao Pokémon GO, outro jogo popular que foi proibido no território iraniano no meio de 2016.

via Engadget

Leia mais sobre:

Marco Andrei

Marco Andrei Kichalowsky é applemaníaco e trabalha com produtos Apple desde 1993. Foi presidente do Brasil Apple Clube durante 10 anos e colaborador da saudosa Macmania e sua herdeira MAC+ até o fim da revista, em 2015.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar