Notícias

Apple aumenta preços dos aplicativos em Portugal e outros países da Europa

Conforme comunicamos antes, a Apple fez ontem algumas alterações na App Store relativas a preços e moedas, e com isso Portugal e mais 14 países europeus passarão a pagar mais pelos aplicativos a partir de hoje. Além disso, ela teve oportunidade de alterar a moeda de alguns países, mas deixou o Brasil de fora.

Os usuários europeus não ficarão felizes em saber que o preço mínimo de um aplicativo agora passa de 0,79€ para 0,89€ (US$1,15). Isto é mais do que o brasileiro paga na App Store com preços em dólar, mesmo adicionando o IOF de 6,38% (o que resulta em US$1,05).

Muitos dão como causa a queda do Euro em relação ao dólar nos últimos 12 meses, além da mudança da taxa do VAT em alguns países. Este é o perigo de se adotar uma moeda local nos preços da loja: variações cambiais podem alterar o valor dos aplicativos.

Ontem também a Apple alterou a moeda em alguns países, conforme informou para seus desenvolvedores. São eles:

• Rússia: Ruble (RUB)
• Turquia: Lira (TRY)
• Índia: Rupee (INR)
• Indonésia: Rupiah (IDR)
• Israel: New Shekel (ILS)
• Arábia Saudita: Riyal (SAR)
• África do Sul: Rand (ZAR)
• Emirados Árabes: Dirham (AED)

Era a oportunidade da Apple mudar também a moeda usada no Brasil e cobrar em Reais, mas não o fez. Isto significa que não veremos tão cedo os preços em moeda nacional nas lojas da Apple, e ficaremos mais um tempo sem poder comprar aplicativos com cartão de débito ou ver os sonhados vales-presente no supermercado da esquina.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar