Dicas de iPhone e iPadTutoriais

Veja como incluir a CNH Digital no seu iPhone sem precisar ir ao Detran

Desde o ano passado, já é possível colocar no celular uma versão digital da carteira de motorista (CNH – Carteira Nacional de Habilitação) que substitui legalmente o documento de papel. Porém, a excessiva burocracia fazia a maioria das pessoas desistir do processo ou eternamente “deixar para outro dia” (que é o caso deste que vos escreve). Para quem não possui um certificado digital do CPF (que é pago), era preciso ir fisicamente até um Detran (Departamento Estadual de Trânsito) para completar os dados. Resultado: apenas 1% dos motoristas do país solicitaram a versão digital da CNH.

Para facilitar, o Denatran e o Serpro introduziram a validação através de reconhecimento facial, que permite ao cidadão realizar todo o processo direto no celular, sem precisar se deslocar.

Infelizmente, se você não se enquadrar em um padrão estabelecido pelo sistema, você terá dificuldades em ser reconhecido pelo aplicativo.



A novidade continua valendo apenas para quem já tem o novo modelo de CNH impressa, com o QR Code no verso. Quem ainda está com a carteira antiga, terá que esperar a renovação ou então solicitar uma segunda via (com custos).

A nova validação biométrica facial está presente no aplicativo, que usa o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) para validar se o rosto do usuário é da mesma pessoa da foto na carteira. Após associar a CNH ao aparelho, o documento digital ficará registrado no aplicativo e terá a mesma validade que o documento impresso. Há quem já tenha usado até mesmo para embarcar em voos domésticos pelo país.

Quem já tem o aplicativo instalado no iPhone, precisa atualizar para a versão 2.3.0. Quem não tem, basta baixá-lo gratuitamente neste link.

Como instalar a CNH Digital

Passo 1: Instale o aplicativo Carteira Digital de Trânsito no iPhone.


Passo 2: Caso não tenha o cadastro no aplicativo, faça-o, confirmando o link enviado por e-mail. Faça login.


Passo 3: Toque no botão de ➕ no canto superior direito da tela.


Passo 4: Toque em “CNH Digital” para adicionar a sua carteira no aplicativo.


Passo 5: Escolha a opção “Validação pelo celular“.


Passo 6: Pegue sua CNH em papel e escaneie com o aplicativo o QR Code do verso.


Passo 7: Siga as instruções para o registro com a câmera frontal do iPhone. Você precisa encaixar seu rosto na moldura apresentada e seguir alguns passos, como fechar o olho esquerdo, depois o direito e por fim, sorrir. Se demorar demais, o tempo expira e é preciso começar do início.


Passo 8: Após validar o rosto, digite o número do seu celular.


Passo 9: Crie uma senha de quatro dígitos. Ela será solicitada sempre que você for utilizar a CNH Digital.


Sistema de identificação falho

A teoria é linda. Mas na prática…

O aplicativo está mal adaptado para telas a partir do iPhone X. No momento de tirar a foto, o botão para prosseguir fica escondido sob a barra inferior.

Não espere um sistema de identificação facial do nível do Face ID, que não causa problemas se você usa chapéu, boné, barba, bigode, se acabou de acordar ou se está maquiada para uma festa. Este do aplicativo é bem limitado e segue padrões que, se você fugir deles, não conseguirá autenticar seu rosto.

Por exemplo, no meu caso, a foto da CNH é bem antiga. Na última vez que renovei eles reaproveitaram a foto original e por causa disso, o aplicativo agora não reconhece o fato de eu estar de barba. Ou eu raspo a barba para incluir a carteira digital no meu iPhone, ou terei que ir fisicamente ao Detran. Uma droga.

Outro ponto: conheço gente que tem dificuldades em manter apenas um olho fechado. Pode parecer algo bobo e absurdo para você que consegue com facilidade, mas saiba que tem muita gente que tem dificuldade para isso. Estas pobres pessoas também não conseguirão adicionar a versão digital da carteira, por causa do sistema engessado da Sepro. Já comprovei, dá erro.

O fato de não ter integração com o TouchID/FaceID e precisar digitar todas as vezes a senha é algo que incomoda um pouco. Ao ser questionada sobre uma futura implementação disso, a equipe do Sepro declarou que “já existe um estudo em andamento para a inclusão dessa prática em nova versão, porém ainda sem previsão“. Esperamos que não demore muito, visto que basta incorporar as APIs já disponibilizadas pela Apple. Há meninos de 12 anos que fazem isso em seus aplicativos, então não deve ser algo difícil para os profissionais altamente qualificados do Serviço Federal de Processamento de Dados.


O documento digital fica registrado no aplicativo e terá a mesma validade que o documento impresso. Caso você casa e esqueça a carteira em casa, o aplicativo permitirá que você seja devidamente identificado se precisar. O acesso à CNH Digital funciona off-line e portanto não necessita de conexão internet após adicionada.

Vale lembrar também que a CNH Digital funciona em apenas um aparelho. Se ele for roubado ou estragar, o documento digital pode ser anulado para não ser usado indevidamente, e você terá que fazer todo o processo de novo.

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar