Apple

Tim Cook terá cortes em seu salário a partir de 2023

A crise chegou na Apple! Estão cortando salários! Meudeus, finalmente será o fim da empresa???

Calma, não é nada disso. A pedido do próprio Tim Cook, seu salário será menor a partir de 2023, e isso tem um motivo bastante nobre.

Há anos que o salário de Tim Cook não é de se reclamar. Só o fixo, não considerando a participação em ações da empresa, é de US$ 250 mil por mês. Ou seja, cerca de R$ 1.300.000 na cotação baixa do dólar.

Soma-se a isso as compensações relativas aos resultados, o que faz seus ganhos anuais serem próximos de 84 milhões de dólares. É o equivalente a 7 milhões de bidens por mês.

E esse valor é considerado “baixo” pelo mercado em se tratando de uma das empresas que mais fatura no mundo.

Anúncios

Você reclamaria de um salário desses? Eu não.

Porém, é bem verdade que depois de alguns anos, você pode começar a achar que é dinheiro demais para uma pessoa só, principalmente se você não conseguir gastar todo o salário no mês e for acumulando, acumulando…

Chega um ponto em que não faz mais sentido (pelo menos é o que eu imagino) ter mais dinheiro do que se consegue gastar e parece que Tim Cook está chegando próximo deste ponto. Por isso seu pedido para que seu salário fosse reduzido em 2023.

Anúncios

Steve Jobs e o salário de US$1

O próprio Steve Jobs cobrava um salário de apenas 1 dólar por ano. Sim, por ano.

Era algo bastante simbólico, porque ele não precisava de mais dinheiro do que aquele que já tinha.

Além das ações da Apple que cresceram absurdamente de valor em sua gestão, Jobs já ganhou uma bolada astronômica ao vender a Pixar para a Disney, se tornando o maior acionista da companhia.

Então o que ele viesse a ganhar da Apple não faria falta alguma. Por isso o salário simbólico, que ajudava inclusive no seu marketing pessoal, mantendo a imagem de “super CEO” que dava o sangue pela empresa.

O novo salário de Tim Cook

O seu salário base de 250 mil por mês continuará, mas a compensação por resultados será menor.

Tim Cook receberá em 2023 um máximo de 49 milhões de dólares. Em termos de comparação, ele ganhou 84 milhões de 2022, o que representa uma queda de 35 milhões de dólares no salário anual do CEO da Apple.

A SEC publicou um documento fornecido pela empresa, em que detalha para acionistas como serão as finanças no próximo trimestre. E nele podemos ler sobre a decisão do conselho em diminuir o que o CEO ganhará.

Ao determinar o valor adequado de cada componente de compensação para 2022, o Comitê de Compensação discutiu inúmeros fatores com o Conselho e seu consultor de compensação independente, incluindo a liderança proeminente do Sr. Cook, o imenso alcance e complexidade de seu papel como CEO da Apple, a confiança do Conselho em suas decisões estratégicas de longo prazo, os resultados financeiros excepcionais da Companhia entregues durante 2021, os comentários dos acionistas.

Equilibrando os comentários dos acionistas, o desejo de continuar a criar incentivos significativos para o desempenho e retenção, e o apoio do Sr. Cook às mudanças na sua compensação para refletir os comentários recebidos, o Comitê de Compensação manteve os componentes de caixa da compensação do Sr. Cook até 2023 e reduziu o valor alvo da concessão de ações.

Há alguns anos, Tim Cook externou sua vontade de doar toda a sua fortuna para a caridade, de forma gradativa.

Não se sabe o quanto ele já está doando em vida (ele é bastante discreto em relação a isso), mas essa informação reafirma ainda mais a impressão de que ele já considera suficiente o dinheiro que tem.

E você, acha que há um limite para uma pessoa ganhar dinheiro na vida, ou prefere receber sempre mais e depois vê o que faz com ele?


Google News

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo