Apple Watch

Será bem caro consertar seu Apple Watch Ultra se ele estragar ou quebrar

Este ano a Apple lançou o relógio mais resistente e esportivo de sua história, voltado para esportes radicais.

O Apple Watch Ultra traz uma caixa em titanium, com botões remodelados para não engancharem em coisas, além de uma tela sem curvas com maior proteção contra impactos.

Mas se mesmo assim você precisar fazer algum reparo na tela, botões, sensores ou outros componentes, prepare-se para pagar o preço que daria para comprar um Series 8 novinho.


O Ultra não é nada barato.

No Brasil ele custará mais de R$ 10.000. Então, é de se imaginar que qualquer conserto que for necessário também não custe barato.

Apple Watch Ultra

Na página de suporte dos EUA (ainda não há uma versão brasileira para este tipo de serviço), o valor único para reparar qualquer tipo de conserto no Ultra é de US$ 499.

Vale lembrar que o modelo mais básico do Series 8, novinho, está sendo vendido lá por US$ 399. Então, se por acaso você quebrar a tela, danificar a caixa de titanium ou estragar algum sensor, terá que pagar o preço de um Watch novo.

Esse preço altíssimo provavelmente é para convencer o cliente a adquirir um plano AppleCare+, que é tipo um seguro da própria maçã que cobre qualquer avaria no aparelho durante 1 ano.

Para quem tem esse serviço, qualquer quebra de tela ou avaria no relógio custa apenas $79. Para trocar a bateria, o valor é fixo em $99, tendo ou não o AppleCare+.

Já comentamos aqui sobre o AppleCare+ e como adquiri-lo morando no Brasil, pelo menor preço possível.

Portanto, fica a dica: se você estiver pensando em comprar o novo Apple Watch Ultra, faça de tudo para não quebrá-lo.


Google News

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo