Notícias

Steve Wozniak ainda é funcionário da Apple e recebe um salário de US$50 por semana

Todo mundo sabe que Steve Wozniak foi um dos responsáveis pelo nascimento da Apple. É dele a mente brilhante que desenvolveu a noção de computador pessoal que conhecemos até hoje.

O que poucos sabem é que até hoje ele recebe um salário semanal da Apple, como sempre foi desde a fundação. Ele mesmo conta isso em um podcast.






Woz participou do podcast Remarkable People, do eterno mac evangelista Guy Kazasaki.

O co-fundador destacou que ele sempre viu o dinheiro de uma maneira bem diferente de Steve Jobs.

Steve queria ser importante, e não tinha nada de dinheiro. Então, ele sempre procurava pequenas maneiras de dar o próximo passo em dinheiro para ser essa pessoa importante na vida. E essa era sua grande chance, porque agora ele era fundador de uma empresa com muito dinheiro investido.

Woz também revela que ainda recebe um salário da Apple, como uma espécie de funcionário honorário. A quantia não passa de US$ 50 já tirando impostos e taxas.

É pequeno, mas é por lealdade. Ninguém vai me despedir. E eu sempre tive fortes sentimentos pela Apple.

Para quem entende bem o inglês, pode ouvir a íntegra do podcast neste link.

Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Wagner Silva

    Será que o materializador das idéias de Steve Jobs precisa de esmolas da gananciosa Maçã ? 🍏

    • Sergio Castro

      Na maioria desses casos é apenas para garantir direitos, como por exemplo plano de saúde.

    • CarlinhosDOWN

      Desculpe, mas acho que era bem o contrário: era Jobs quem materializava as criações de Woz.

      Quem conhece a história sabe que, se fosse por Woz, a ideia do micro computador pessoal (Apple I) não teria saído da garagem, ou teria sido distribuído gratuitamente entre os estudantes da feira tecnológica da faculdade. Foi Jobs quem foi atrás de patrocinador e transformou aquilo em um produto vendável.

      O primeiro grande projeto criativo de Jobs, o Macintosh, inclusive foi formado por uma equipe que rivalizava com a do Apple II, que era criação do Woz. Então, dizer que este era “o materializador das ideias de Jobs” não é nada coerente com a história real.

      Entendo a sua tentativa de dramatizar a situação e demonizar a Apple (“gananciosa maçã”), mas se quiser fazer isso bem feito, seria bom primeiro estudar um pouco da história, senão fica sem credibilidade.

Back to top button
Close