NotíciasSegurança

Apple diz que nenhum dado pessoal de usuário foi comprometido no caso do jovem australiano

Ontem comentamos aqui sobre a prisão de um adolescente de 16 anos na Austrália, responsável por roubar 90GB de dados diretamente dos servidores da Apple. O fato levantou dúvidas e insegurança entre usuários em relação à segurança das próprias informações.

Hoje, a Apple fez questão de publicar uma declaração afirmando que nenhum dado pessoal dos usuários foi comprometido.


A declaração foi dada para alguns meios de comunicação, entre eles a agência Reuters e a sucursal australiana do jornal The Guardian:

Na Apple, nós vigiamos e protegemos nossas redes e temos equipes de profissionais da segurança de informação dedicados, que trabalham para identificar e solucionar ameaças.

Neste caso, nossas equipes identificaram o acesso não autorizado, o contiveram e avisaram do incidente para as autoridades. Nós consideramos a segurança de dados de nossos usuários como uma de nossas maiores responsabilidades e queremos garantir aos nossos clientes que em nenhum momento durante este incidente eles tiveram seus dados pessoais comprometidos.

Ou seja, segundo a companhia, nenhum usuário precisa ficar preocupado com a segurança de seus dados pessoais neste caso, pois eles não foram vazados para nenhum lugar.

Claro que você pode acreditar ou não na declaração da empresa. Porém, até hoje não há relatos de casos que ela tenha mentido em relação à segurança de dados pessoais, que é algo que ela se preocupa bastante, a ponto de usar como bandeira. Se pudermos acreditar no que ela diz agora, a equipe de segurança identificou rapidamente a invasão e conteve à tempo o vazamento, impedindo que o estrago fosse maior. Isso, sem dúvida, passa uma sensação maior de segurança ao usuário.

Significa que a Apple é infalível? Não, nenhum sistema digital é. Seus dados, fotos, vídeos e mensagens estão 100% seguros no iCloud? Não, não estão, como também não estarão em seu computador ou em qualquer outra nuvem ou dispositivo conectado à internet. Ah, então já que nenhum é seguro, tem que liberar mesmo, certo? Claro que não! O fato da Apple ter uma equipe dedicada à segurança e ser eficiente em identificar problemas é algo que deve ser apreciado e valorizado. E a luta que ela levanta a favor da privacidade dos dados pessoais a diferencia de diversas outras gigantes de tecnologia, como Google e Facebook.

Então a dica é a seguinte: se você tem dados muito importantes que não quer que sejam expostos, tire-os dos meios digitais. O que não der, escolha empresas que valorizem a sua privacidade e cuidam para seus dados não serem vazados. A tendência é que um dia eles sejam, mas o quanto mais você puder retardar isso, melhor.

Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close