Notícias

Em um ano, o iPhone X fará ainda mais coisas do que faz hoje

iOS 12 promete dar ainda mais poder ao celular

A última edição da revista Walpaper* traz uma entrevista exclusiva com o chefão de design da Apple, Jony Ive, em que ele comenta sobre como foi realizar o Apple Park e sua arquitetura futurista. Ele também aproveita para falar do iPhone X e de alguns planos que a Apple tem para ele. E sempre no limite do que pode ou não falar, ele sugere que o futuro iOS 12 trará funcionalidades novas ao atual aparelho.

Já se sabe que o design do iPhone X que conhecemos hoje foi concluído há cerca de um ano, quando toda a equipe concluiu que o modelo especial de 2017 seria assim. Por isso mesmo, eram falsos os boatos que surgiram em julho de que a empresa ainda estaria tentando implementar um sensor de digitais sob a tela. Se fosse verdade, a Apple não teria tempo hábil de buscar fornecedores e finalizar todas as peças a tempo de lançar em novembro. Essas coisas são decididas normalmente um ano antes do lançamento.

Sabendo disso, é lógico imaginar que o modelo de 2018 já está “pronto” no papel, entrando na fase de testes de projeto e desenvolvimento de peças. Então Jony Ive já sabe as características do iPhone do ano que vem (o nome ainda é uma incógnita), assim como as prováveis principais funcionalidades do iOS 12.

É por isso que torna-se tão significante quando ele afirma que o software do ano que vem trará funcionalidades ao iPhone X que o permitirá fazer coisas que hoje ele não é capaz.

Eu sempre fui fascinado por estes produtos que são de uso mais geral. O que é notável no iPhone X é que suas funcionalidades são determinadas pelo software. E devido à natureza fluida do software, este produto [o iPhone X] vai mudar e evoluir. No espaço de 12 meses, este objeto será capaz de fazer coisas que hoje ele não é capaz. Eu acho isso extraordinário. Eu penso que olharemos para trás e veremos o quão significante são os produtos que estamos desenvolvendo.

Em vários pontos da entrevista, ele reafirma o fato do iPhone X ser um produto com tanta tecnologia embarcada que pode evoluir e mudar com a ajuda do software.

Estou sinceramente fascinado e intrigado por um objeto que muda sua função profundamente e evolui. Isso é raro. Isso não acontecia há 50 anos.

Muitos dizem (inclusive este blog) que o X é o iPhone do ano que vem, vendido hoje. De fato, os próprios engenheiros da Apple confirmaram que a intenção inicial era lançar o modelo sem bordas e sem botão frontal apenas em 2018, mas anteciparam os planos por causa das comemorações dos 10 anos do primeiro iPhone. Com isso, temos um incrível aparelho do futuro, com um iOS do presente (o 11), que talvez não explore todas as possibilidades que o hardware pode oferecer. O que nos faz concluir (aliado às palavras de Jony Ive) que o iOS 12 dará ainda mais força ao atual iPhone X e ao próximo modelo que virá.

Parece que 2018 promete em Cupertino.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados