Curiosidades

Apple faz campanha interna com funcionários para desencorajar vazamento de informações

Temos todos que concordar que, desde o primeiro iPad mini, a Apple vem tendo uma grande dificuldade em guardar segredo de seus futuros produtos. Nós mesmos mostramos aqui como seria o iPhone 6 um mês antes dele ser lançado, e é muito provável que vejamos em setembro um iPhone 8 com tela que cubra toda a frente, sensor de digitais integrado e carregamento sem fio. Mas ao contrário do que muitos possam pensar, ela está sim preocupada em não deixar mais escapar informações secretas, tanto que montou uma equipe interna que recentemente realizou uma apresentação para conscientizar os funcionários a evitar o vazamento das novidades.

Como sabemos disso? Bem, o áudio desta apresentação vazou…

É claro que hoje em dia é cada vez mais difícil guardar informações de produtos que o mundo inteiro quer saber. São diversas fábricas parceiras, com centenas de milhares de ítens e peças que circulam na mão de um incontável número de operários. Uma ou outra acaba vazando, principalmente se tiver alguém pagando bem por isso. Mas um levantamento da própria Apple concluiu que o maior número de vazamentos acontece dentro do próprio campus, em Cupertino. Bem debaixo das barbas de Tim Cook.

Estas informações são repassadas para blogs e jornais americanos, que ganham rios de dinheiro atraindo milhares de leitores e sendo replicados por blogs do mundo inteiro. Realmente é um negócio bem rentável. E sabendo tudo antes, o consumidor acaba não se empolgando mais com o que a Apple apresenta nos eventos especiais.

Justamente para cortar isso pela raíz, a maçã resolveu montar uma equipe interna para criar uma campanha que faça os funcionários entenderem que este tipo de vazamento prejudica a empresa. Esta equipe (chamada de Segurança Global da Apple) é formada por ex-agentes da NSA, FBI e exército. A intenção, além de conscientizar, é encontrar quem vaza informações. Dois deles já foram descobertos.

Muitos dos vazamentos, acredite, é por acidente e descuido. Mandar um email para a pessoa errada, ou convidar alguém para uma reunião que não deveria estar. “Isso acontece muito“, diz Lee Freedman, Diretor Mundial de Investigações da empresa e um dos que comanda a apresentação aos funcionários, chamada “Freando Vazamentos – Mantendo a Confidencialidade na Apple“. A coisa é tão doida que há inclusive um protocolo caso algo do tipo aconteça. Eles vasculham para onde o email foi e quais pessoas tiveram acesso a ele, e estas são chamadas para um quartinho para conversar.

Isso vai melhorar os segredos da Apple? Não sabemos e até agora não estamos vendo nada neste sentido. Queremos muito nosso fator surpresa de volta, que faziam as apresentações de Steve Jobs serem tão fantásticas.

Para ler o artigo inteiro do The Outline (em inglês) com mais detalhes do áudio, basta seguir este link.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Luis Alfredo Filho

    “Como sabemos disso? Bem, o áudio desta apresentação vazou…”
    😂😂😂😂

    • KB

      Pois é…. 😂😂😂😂😂😂

    • K Junior

      kkkkkkkkkkkkkkkkk eu ri muito disso, pelo jeito a campanha não deu certo!

    • Leandro

      Já começou errado a situação! kkkkkkkkkkkk
      Quando eu li isso já dei uma gargalhada! rsrsrs

  • gabriel bez

    Que ironia ahahahahahaha

  • Henrique Mafra

    Apple vaza a beta 2 do iOS 11 por favor

    • Carlos Frederico

      Boa! Tô curtindo o iOS 11. Só o fato de não precisar usar leitor de QR de terceiros já está sendo bacana kkkkk… e a central dele tá legal, mesmo que feia kkkk!

      • Caesarpanda

        Também achei que ficou bem bacana com recursos em interessantes, além do QR o papo de deixar o teclado de um lado ou de outro, a central, o remote da apple tv… Mas é de longe o beta que mais consumiu bateria do meu iPhone e acabei fazendo o downgrade para a 10.3.3 que estava usando…

      • Henrique Mafra

        Realmente, gostei das funcionalidades que tem. De início é feia a central, podia ser mais bem elaborado, mais acho que eles não querem copiar o Android que é bonita, e não sabem o que fazer com ela

  • Pedro Henrique

    PERAI…..Desde quando o Tim Cook tem barba? hahahahaha

    • Vazou a imagem dele tá deixando a crescer!
      🤣🤣🤣🤣🤣🤣

      • Pedro Henrique

        hahahahaha

  • Muitas das vezes a fonte dos vazamentos é da China ou das empresas que fazem parte das fabricantes que prestam serviços para a Apple. Eu pelo menos pensava assim. Pelo que parece, o problema em solo americano também é bem forte.

  • Daniel Soares

    Rapaz, só quem viu o lançamento do primeiro iPhone sabe o que é babar com a surpresa. Isso que na época eu vi a apresentação horas e horas depois. Aliás, até hoje quando assisto me impressiona a expressão do público surpreso com a evolução que Jobs anunciava, parecia até feitiçaria.

  • 9L

    Na verdade, os jornais americanos (The New York Times e The Washington Post, principalmente) têm uma grande parcela de culpa. Eles pagam por essas informações aos funcionários para as publicarem futuramente. As chamadas “Classified Information” são fornecidas de propósito pelo funcionário. A prova disso é a própria Casa Branca que tem sido alvo de vazamentos para esses mesmos jornais ultimamente.
    Um exemplo recente, foi do ex-diretor do FBI James Comey “vazando” suas memos para um amigo professor de uma Universidade, e que por sua vez, passou para os jornais.
    A apple deveria ser mais incisiva e demití-los, e não só chamar no quartinho. Até porque todos os funcionários da empresa assinam um contrato de confidencialidade assim que entram nela.