A empresa iFixIt é especialista em desmontar novos dispositivos assim que eles são lançados. Isso é ótimo para nós, curiosos, pois conhecemos diversos detalhes que a Apple não conta para nós.

Como já era esperado, eles desmontaram o novo modelo de iPad (de 5ª geração) e mostram que parece um iPad Air de 1ª geração, com algumas melhorias.

O iPad Air, lançado em 2013, tinha processador A7 e não trazia o sensor de digitais Touch ID, que na época era exclusivo do iPhone 5s. No novo iPad, isso mudou, mas internamente parecem o mesmo modelo.

De fato, até o display é o mesmo do iPad Air 1. É como se a Apple tivesse pegado o modelo antigo e incluido o Touch ID e o processador A9. Até a espessura do aparelho é igual a do modelo de 2013.

Na prática, o novo iPad é um remake do iPad Air 1, mais rápido. Assim como o iPhone SE foi um remake do 5s, com a diferença que desta vez a Apple não usou os processadores de última geração para equipar o novo iPad (o A9X ou o A10 Fusion).

Ou seja, ele é sim mais acessível no preço, mas capado em sua potencialidade. Fica a dúvida: a redução de custos foi tão grande assim ao usar um antigo design? Será que não daria para fazer isso com o mesmo design do iPad Air 2, que era mais fino e mais leve?

Estas são respostas que provavelmente nunca teremos da Apple.

via iFixIt