Curiosidades

Veja os bastidores de um videoclipe todo filmado no iPhone 6s Plus

Cada vez mais bandas e artistas usam o iPhone para se promoverem, realizando vídeos profissionais usando o celular da maçã. Desta vez foi o grupo musical Edward Sharpe & The Magnetic Zeros que fez todo um videoclipe captando imagens apenas com um iPhone 6s Plus.

Antes de falarmos dele, confira o vídeo (a música só começa mesmo depois da metade):

O clipe foi dirigido pela atriz Olivia Wilde, conhecida de quem acompanhou a série Dr. House. Ele está sendo promovido pela própria Apple, em sua conta no Twitter do Apple Music.

É claro que não foi possível criar estas incríveis imagens apenas com o iPhone. Foram usadas lentes profissionais, acopladas com adaptadores especiais que permitiram captar as imagens de maneiras diferentes. Além dos filtros da pós-produção, também foi usado o aplicativo FiLMiC Pro, que permite uma série de configurações na gravação do vídeo, como temperatura da imagem, coloração, exposição, ISO, velocidade do obturador, foco, entre outras coisas que não é possível fazer com o aplicativo nativo da câmera.

videoclip3 videoclip4 videoclip5

Se você estiver interessado um pouco nos bastidores de como o vídeo foi feito, confira o vídeo abaixo:

O resultado ficou ótimo, do ponto de vista fotográfico. Mesmo tendo sido usado acessórios e instrumentos para finalizar a imagem, transformando-a em algo bem diferente do que ficaria se tivesse filmado apenas com o iPhone “cru”, é admirável vermos que com o mesmo equipamento que muitos de nós tem no bolso, é possível fazer uma produção profissional que, anos atrás, só era possível com equipamentos caros e especializados.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Gabriel Pevide

    sensacional

  • Carlos Muniz

    Um documentário de 2012 ganhou um Oscar (Searching for Sugar Man), gravado com um iPhone 4s e um aplicativo chamado 8mm, que tem filtros bem reais para filmes antigos.

  • Lucas Silva

    E tem gente que acredita nesses comerciais…. Papai noel, boi tatá, coelhinho da páscoa….
    Igual aquela campanha das fotos. TIM Cook que o diga

  • Felipe

    Como promover a sua banda:
    -faça uma música
    -filme o clipe com um iPhone, diversos sites especializados falarão sobre você
    Não querendo desmerecer o trabalho nem o resultado (ficou muito bom), mas eu acho que isso aí é mais pra se promover que qualquer outra coisa…

    • Filipi Espindola Lamin

      ​A banda já era conhecida pela música home, é uma banda indie, a Apple gosta de uma pegada alternativa, e por isso ela está promovendo. Foi igual a burberry com o desfile gravado pelo 5s, iwatch da Hermes e vários artistas usando e o carplay na Mercedes e Ferrari. Não precisam do iPhone pra se promover, A apple que está usando como meio de promoção.

  • Henrique Batezini

    Como que se dá essa “cara de filme” para as filmagens com o iPhone? Me refiro ao color grading, alguém sabe de aplicativo pra iPhone onde eu consiga modificar essas cores? Sem ter que usar Davinci Resolve no Mac ou qualquer outro programa para computador, editando no iPhone mesmo essas cores.

  • Paulo Mu

    “Desta vez foi o grupo musical Edward Sharpe & The Magnetic Zeros que fez todo um videoclipe captando imagens apenas com um iPhone 6s Plus.”

    “É claro que não foi possível criar estas incríveis imagens apenas com o iPhone.”

    … ?

    • Bom, quem faz vídeos sabe que nem sempre a captação da imagem é a mesma do resultado final. Se utiliza muitos filtros na pós-produção, com tratamento de imagem de acordo com a intenção que os produtores querem dar. Mas as imagens foram captadas com o iPhone. Qual é a dúvida?

      • Paulo Mu

        Não é a questão da pós-produção. Na primeira frase dá a entender que tudo foi feito com ‘apenas com um iPhone 6s Plus’, só que a frase de baixo contraria isso quando se diz que ‘foram utilizadas lentes e adaptadores especiais (e etc)’. Não estou bancando o fiscal de produção textual, é que isso ficou realmente contraditório na minha opinião hahah.

        • Guilherme

          “Apenas com um iPhone” pelo fato de ser um sistema de captação relativamente simples. O mais importante de uma filmagem é o sensor da câmera, no caso o do iPhone. O sensor é o responsável por dar ao pessoal da pós produção uma imagem de alta qualidade, sem chuviscos, sem pixelação ou uma imagem toda cagada que nem a pós resolve. Se o iPhone é capaz de entregar um material bruto (sem ter passado por tratamentos e cortes) de alta qualidade, então ele é um device de excelente uso profissional para filmagens.

        • O sensor da câmera é apenas parte do processo. Uma câmera RED, por exemplo, custa aproximadamente 20 mil dólares, só o corpo (sem lentes). Mesmo usando acessórios extras, a substituição de um equipamento caro e complexo por um iPhone é admirável.

          Se estivéssemos vendo uma matéria dizendo “videoclipe é gravado usando apenas uma Canon” não soaria estranho, mesmo sabendo que existiu o uso de lentes, iluminação, pós… Portanto dar a mesma declaração para um trabalho usando um iPhone é igualmente compreensível, ainda que sejam usados outros acessórios. Numa produção de cinema isso é óbvio, pois para cada take é usado um tipo de lente e sabemos que o iPhone só possui uma, o que explica as frases aparentemente contraditórias: a “captação” foi feita apenas por um iPhone; a “criação das imagens” não.