Aplicativos

Relógios com Android Wear agora são compatíveis com o iOS. Pelo menos alguns deles

Finalmente o Google resolveu disponibilizar para os usuários de iOS a compatibilidade de seu sistema operacional de relógios. O Android Wear é o principal sistema operacional dos mais importantes smartwatches do mercado e a partir de hoje conta com um aplicativo na App Store para que funcione também em iPhones. Isso depois de um ano do lançamento dos primeiros modelos.

Mas possuir hoje um dispositivo compatível com o Android Wear não significa que poderá usá-lo com o iPhone. Na teoria, o aplicativo é compatível com apenas três modelos de novos relógios: o LG Watch Urbane, o Huawei Watch e o Asus ZenWatch 2. Os outros nem mesmo serão reconhecidos pelo aplicativo ao tentar parear com o iPhone e oficialmente não são suportados pelo Google.

Quem for mais descolado, poderá forçar mesmo assim a compatibilidade. Nós aqui conseguimos fazer um Moto 360 de primeira geração funcionar com o iPhone e com o iPad, mas para isso tivemos que resetar todo o relógio. É necessário que ele esteja com a última versão do sistema (Android Wear 1.3). Depois de zerar todo o sistema, o dispositivo aparece normalmente no aplicativo. Não se sabe se o Google vai deixar que se faça isso sempre, mas no momento é possível.

A grande vantagem é que o aplicativo permite que o relógio seja pareado também com o iPad, o que não acontece com o Apple Watch (que obrigatoriamente precisa de um iPhone).

Uma vez pareado, o relógio é capaz de mostrar as notificações do iOS, cobrindo metade da tela do relógio (uma coisa que nós aqui sempre reclamamos). Também é possível mudar os mostradores do relógio para uma das opções apresentadas pelo sistema (instalar visuais de terceiros baixados pela internet não é possível). Ainda não há aplicativos na App Store compatíveis com o Android Wear e por enquanto ele só consegue interagir com os aplicativos do próprio Google no iPhone ou iPad.

A notícia é boa, principalmente para quem prefere relógios digitais com visual mais skeumórfico (que imitam relógios reais). Quanto mais concorrência tivermos, mas rápido o mercado de smartwatches vai crescer.

A edição 19 da Revista iThing traz como matéria de capa os nossos testes com o Moto 360 e o que achamos dele. 😉

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados