Notícias

Pharrell Williams deve lançar sua nova música exclusivamente no Apple Music

O novo serviço de streaming de músicas da Apple quer chegar fazendo a diferença sobre a concorrência. Para isso, está conseguindo acordos para que artistas lancem músicas primeiro no Apple Music, como será o caso de Pharrell.

A notícia veio não em um anúncio formal, mas em um vídeo teaser na conta oficial do Apple Music no Twitter.

Esta nova música, Freedom, já tinha sido discretamente usada no comercial de lançamento do serviço, que entra no ar a partir do dia 30 de junho.

A iTunes Store é uma gigantesca vendedora de músicas e por isso possui uma relação muito mais forte com os artistas, o que permite acordos de exclusividade. Depois de encerrada a polêmica dos royalties no período gratuito, mais de 20.000 bandas independentes assinaram acordo de última hora com a Apple, aceitando ter suas músicas disponibilizadas via streaming. Até mesmo o grupo que representa a cantora Adele, embora ela ainda não tenha confirmado se seu repertório ficará disponível ou não. A cantora tinha anunciado antes que não participaria do Apple Music por não concordar com os três meses gratuitos sem receber nada.

via Cult of Mac

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Henry G.

    Espero que a Adele participe do Apple Music, por que mesmo já tendo comprado todas as músicos dela pelo iTunes ainda quero ouvir o streaming dela para deixá-la mais rica e poderosa.

    • Tarlan Brunet

      Kkkkk Mds.

      • Vc por aqui? Lindo!

        • Tarlan Brunet

          Faustinho! 😀 Eu que o diga, você por aqui, hehe! 😛

    • William Azevedo

      Lol

    • Igor Silva Barros

      LOL

    • Mas a ADELE esta no Spotify ! Não concorda com 3 meses do Apple Music, mas concorda com 30 millhões de conta ouvindo de graça sem pagar nada no Spotify ??

      • As contas gratuitas do Spotify são mantidas por comerciais. Assim os royalties são pagos através de sponsors. Versão gratuita do Spotify paga… a Apple não queria pagar.

      • De graça? Nunca pense.

      • Henry G.

        Na verdade eu não concordo com nenhum dos dois, pois o Spotify paga somente R$ 0,02 por cada reprodução (claro que se multiplicarmos esse valor pelo número de acessos diários até que rende um bom dinheiro), o que é muito pouco (tanto é que quando eu fiquei sabendo desse valor eu cancelei na hora minha conta no Spotify).Quando eu fiquei sabendo que no começo a Apple Music não iria pagar os artistas por 3 meses, sinceramente, eu me neguei a utilizar esse serviço, pois eu sei o quão difícil é e o quão árduo o trabalho é para não ser pago. Se você reler meu primeiro comentário vai perceber que eu nunca disse aceitar uma ou aceitar outra, apenas disse que eu queria deixar minha diva mais rica do que ela já é.
        By the way, agora que a Apple vai pagar os artistas mesmo nesses 3 meses gratuitos para os novos assinantes, eu estou reconsiderando em utilizar esse novo serviço.

    • Junior Santos

      Gente!?! hahaha

    • Jefferson Soares

      ¯_(ツ)_/¯

    • Mateus Miranda

      hahahaha achei que só eu pensava isso sobre meus artistas preferidos

  • André Peixoto

    Chupa Tidal

  • Bruno Santos Araujo

    contando os dias <3

  • Jefferson Soares

    Quero usar por curiosidade, mas vou continuar armazenando minhas músicas na biblioteca do iTunes.

  • Renato

    Não deixa de ser uma vantagem pro usuário do serviço, porém tenho minhas dúvidas se isso chama assinantes, no Tidal isso tem refletido negativamente pros artistas.

  • Luís M.

    Só eu que não curto as músicas desse cara?

    • Rob Simões 

      Não. Eu também não consigo entender esse sucesso todo.

    • Explodiu minha cabeça quando muito tempo depois descobri que esse almofadinha é o mesmo vocalista do N.E.R.D, as músicas da banda são muito boas e ele era um baita bagaceiro naquela época, só procurar por “N.E.R.D. – Lapdance” no Youtube.

  • Danchio

    Alguém sabe se no espaço de 3 meses grátis teremos a opção de salvar as playlists offline??

    • Victor Lemos

      Acho que sim, porque nos três meses grátis você tem todos os privilégios como você estivesse pagando.

      • Danchio

        Aí sim fomos surpreendidos novamente… Estou tentado a assinar o Apple Music

        • Junior Santos

          Spotify me cobrou R$14,90 nesta promoção de R$1,99. Após ficar indignado e enviar um email para eles, o suporte respondeu que por eu ter participado dos 7 dias gratuitos, eu não teria o desconto.
          Respondi o email a eles dizendo que ia cancelar o serviço, pois achei que a empresa deveria informar melhor (não em letras miúdas) sobre a promoção.

          Enfim, agora vou esperar o Apple Music.

          • Danchio

            Eu estava querendo assinar o spotfy, mas esta parecendo que o Apple music vai ser matador…
            Enquanto isso fico no MixRadio, q pelo menos eh de graça apesar das muitas limitações

  • Aimoré Neto

    Já perguntei aqui e disseram que não. Mas alguém sabe dizer se vai ter a opção de escolher uma qualidade de 128kbps ao invés de 256kbps no Apple Music? Uso essa função de converter no iTunes pq tenho muita música e iPhone de 16GB. O Spotify tem essa função de escolher a qualidade, aliás.

    • Jefferson Soares

      Te disseram que não e você continua perguntando?

      • Aimoré Neto

        É pq não vi ninguém falando nada disso aqui no blog.

        • Jefferson Soares

          Você escreveu “Já perguntei aqui e disseram que não.”

          • Amilcar do Amaral

            Cara, além de concordar contigo, ri muito!

  • Nano

    Minha dúvida é só se vou poder adicionar essas músicas no iPod Shuffle. Sei que é uma possibilidade bem remota mas, será?!

    • Rob Simões 

      Não será possível.

      • Não. O site da Apple informa que o Apple Music não estará disponíveis para os iPod Nano e Shuffle.

        EDIT: Epic fail da Apple. Eles informam isso em letras miúdas logo depois de uma chamada que diz exatamente o contrário. Até foto dos iPods aparece.

        • Nano

          Poxa, triste.

          Pra mim não tem iPod melhor pra prática de esportes.

      • Em tempo: era pra responder o comentário do Nano. Acabou indo errado! =P

  • Igor Silva Barros

    imagine o quanto ele deve ter ganhado com isso, #ChupaTaylor kkkkkkk’

    • André Silva

      “Depois de encerrada a polêmica dos royalties no período gratuito, mais de 20.000 bandas independentes assinaram acordo de última hora com a Apple”

      Este parágrafo diz muito sobre o que se conseguiu com o ato dela. A Apple podia até estar pensando em voltar atrás, mas só o fez após a repercussão.

      Além do mais, ela “só” ganhou 2,98 vezes mais que o Pharrell no ano passado, acho que ela está seguindo a filosofia da cabra para este acordo de exclusividade.

      • Junior Santos

        Dizem as más línguas que isso tem uma teoria da conspiração. Tudo combinado para que o serviço ganhasse mais destaque e confianças de diversas bandas. Os comentários dizem que se foi tudo combinado (como a “linda carta” repleta de elogios, que a Swift escreveu pra Apple – não confundam), a Apple e Taylor saíram lucrando demais nessa brincadeira.
        Em se tratando de mercado e concorrência não duvido não, viu?! 🙂

        • André Silva

          Junior, eu acreditaria nessa teoria se fosse a primeira vez que ela questionasse um serviço de streaming. O ponto é que se fosse um Zé Ninguém, sem $, reclamando disso, não teria nem sido citado pela mídia. Agora qualquer grande artista que reclame ele seria mimado ou seu trabalho não faz falta, etc.

          E na boa, esta teoria não faz sentido nenhum. A Apple investe tempo e dinheiro para preparar um esquema de chamar a atenção dos artistas negativamente, e depois mais tempo e muito mais dinheiro para fazer um teatro com a Taylor e mais tempo e mais dinheiro para se retratar, se ela simplesmente podia ter feito o correto desde o princípio. Isso é total fake.

  • C.S.

    Para quem tem iPhone 4 ou inferior terá alguma forma de acessar o Apple Music?

    • Arlindo Neto

      Interessante essa pergunta, já que ele vem atualizado com o iOS 8.4 como ficará os mais antigos? Também quero saber, mas acredito que vai ter algum app específico, pois vai ter para Android.

  • Felipe

    O que o dinheiro não faz né?

  • Ó céus… Rihanna não podia fazer o mesmo com seu oitavo álbum de inéditas? 🙁

    • Junior Santos

      Beyonce também! Lembra quando ela lançou um álbum exclusivo no iTunes? 🙂

      • Bruno d’El-Rey

        Duvido que a Beyoncé faça. O Jay-Z (marido dela) é, junto com ela, um dos principais sócios do Tidal.

        • Lucas Borges

          Tanto Rihanna quanto Beyoncé são sócias do Tidal.

        • Anne Beatriz

          Tidal: natimorto, e agora mais do que nunca

      • Sim, mas eu me refiro aos próximos lançamentos… Rihanna poderia fazer isso, não aguento mais esperar pelo #R8…

  • cesar 1989

    tomara que a musica nao seja tao insuportavel como “happy”

  • Jonathan Clark

    E mais um que joga um punhado de terra no tumulo do Tidal….

  • A minha dúvida é: o Apple Music vai ou não estar disponíveis para nós do Brasil no dia 30?? No site da Apple US aparece a data de lançamento, mas o site brazuca se resume a dizer “Em breve” (assim como a versão do site para vários outros países). A Apple disse que o serviço seria lançado em 100 países, mas pelo que me lembro ela não explicitou que todos receberiam o serviço juntos. Alguma informação, iLex?

  • Bruno d’El-Rey

    Eu só quero saber se vai ser mesmo aquele preção camarada no family pack brasileiro. Se for, to dentro!

  • Até a ‘cultura drift’ nas regiões árabes sairão no vídeo…

    https://www.youtube.com/watch?v=HyK8Tg3J7yY

  • Bruno Mello

    E como era de se esperar, Taylor Swift vai liberar o 1989 no Apple Music! hahaha

    • Bruno Mello

      ”After the events of this week, I’ve decided to put 1989 on Apple Music…and happily so.” ” In case you’re wondering if this is some exclusive deal like you’ve seen Apple do with other artists, it’s not.” ” This is simply the first time it’s felt right in my gut to stream my album. Thank you, Apple, for your change of heart.” ”Depois dos eventos dessa semana, eu decidi colocar o ‘1989’ na Apple Music… e com felicidade. No caso de você estar imaginando que se trata de algum acordo exclusivo, como vocês viram a Apple fazer com outros artistas, não é. Essa é simplesmente a primeira vez que eu senti que era correto colocar meu álbum para streaming. Obrigada, Apple, pela mudança de posição”.