Notícias

Você conhece alguém que esteja pagando anuidade do WhatsApp?

O WhatsApp nasceu no iPhone sendo um aplicativo pago, no qual se pagava uma única vez $0,99 para poder usá-lo para o resto da vida. De vez em quando ele ficava gratuito e muitos aproveitavam para adquiri-lo e aumentar ainda mais a base de usuários. No Android, entretanto, a política era diferente: ele podia ser baixado gratuitamente, com a promessa de ter que começar a pagar uma anuidade depois de 12 meses, se quisesse continuar usando o serviço. Esta política, inclusive, foi adotada também no iOS em julho de 2013 e é por isso que hoje qualquer um pode baixar gratuitamente o aplicativo na App Store.

Mas passado mais de um ano e meio desta mudança, até hoje não ouvimos falar de nenhum caso de usuários que tiveram que começar a pagar, e todo mundo continua usando normalmente o serviço. O que aconteceu?

Até hoje, se alguém inscreve um novo número ao serviço, recebe a mensagem de que ele será gratuito somente no primeiro ano e depois passará a ser pago. Mas esta cobrança, de fato, não acontece.

É bem verdade que, após isso, o serviço foi comprado pelo Facebook, e passar a cobrar pelo aplicativo de comunicação instantânea mais popular do mundo poderia ocasionar a fuga em massa de usuários. Quem irá querer abrir mão de 700 milhões de usuários ativos?

Mas eles esqueceram de alterar as informações no aplicativo e até mesmo na página de suporte do serviço, e quem lê continua achando que terá que pagar.

E você, conhece alguém que esteja pagando isso?

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados