Notícias

Aviso: Receita Federal está apreendendo iPhones 5 enviados para o Brasil pelos correios

Atenção importadores de iPhone 5: se você é daqueles que compra o aparelho pelo site eBay ou pediu para algum parente o enviar do exterior para o Brasil, muito cuidado: a Receita Federal está confiscando todas as remessas vindas do exterior que contenham o iPhone 5. E tudo dentro da lei.

O motivo é simples e óbvio: o iPhone 5 ainda não foi homologado pela Anatel e não pode ser comercializado e nem mesmo importado no país. E por ser um objeto de valor, nem mesmo se for enviado como presente (gift) ele passa pelo pente fino. O órgão federal é obrigado por lei a apreender o aparelho e destruí-lo. Foi o que viveu nosso leitor Luiz Soares, de Curitiba.

Comprei um iPhone 5 pelo eBay semana passada (23/09) de um vendedor nos EUA. Tive o cuidado de solicitar que me fosse enviado na modalidade não expressa (priority mail) e não EMS, para tentar minimizar as chances de tributação. Mas para a minha infelicidade, não foi a tributação o problema. Por não ser homologado no Brasil, sua importação é proibida e o item foi apreendido e será infelizmente destruído. 

O caso atinge todos os aparelhos que entram em território brasileiro pelos correios. Ainda não ouvimos nenhum caso semelhante ocorrido com quem traz o aparelho na bagagem acompanhada. Até hoje, isso nunca deu problema.

Fica o alerta para quem estava pensando em pedir para alguém no exterior enviar o iPhone 5 comprado em outro país. As chances dele ser apreendido e a pessoa perder o aparelho são muito grandes.

Geralmente a Anatel costuma aprovar novos aparelhos da Apple cerca de 30/45 dias após o lançamento nos Estados Unidos. Muito também depende de quando a Apple deu (ou dará) entrada no pedido junto ao órgão.

Conteúdo original © Blog do iPhone

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Hugo

    Destruídos né? Aham.

    • Marcos

      Eu só acredito vendo.

    • Diego

      É isso aí amigo, provavelmente fique com algum fiscal.

      • Felippe

        E o que acontece caso um estrangeiro cujo país ja tenha o iPhone 5, venha trabalhar ou passar férias no Brasil portando o seu aparelho?
        Vai ser preso? barrado? vão destruir o aparelho dele também?

        • Caio

          Nada, pois não caracteriza importação

          • Felippe

            Preciso arrumar emprego na receita

            • Lucas

              não arrume emprego na receita federal e mate os responsaveís por aquela apreensão.

        • Se este estrangeiro vier pelo correio, poderá ser apreendido e destruído junto com o aparelho… 😛

          • George

            rsrsrsrsrs… Ô maldade…

            • Leonardo

              eu acho é pouco uma resposta dessa! rssssss

          • IMike

            Tum, Tum, Tssss!
            Na mesma praça, no mesmo banco… kkkkkkkkkkkk

      • leo

        Destruido pra eles deve significar: guardado no bolso do fiscal, bando de ladrao filho da ****

        • Tiago

          As destruições de bens apreendidos pela Receita Federal são abertas ao público. Podemos nos dar ao trabalho de confirmar a destruição antes de acusar tais servidores, que estão cumprindo a lei criada por quem elegemos.

          • Lucas

            E Também mata-lôs numas cadeiras elétricas

      • Lucas

        Com milhões de raios e trovões eu acho que seria melhor denunciar o pessoal da Receita Federal para a Polícia Militar para a polícia poder indicí-alos por crime ao patrimônio da Apple e colocar eles numa cadeia sem saída

    • Everaldo

      Sim são todos destruidos! Pegam os aparelho com força bruta socam no fundo do BOLSO com carregador e tudo, é uma imagem muito…

    • Marlon

      Destruido no bolso de algum funcionário !!!

      • marcelo

        essa é a mentalidade da maioria dos brasileiros, achar que todo mundo quer tirar proveito, cuidado com as declarações, pois nem todo mundo é corrupto e oportunista nos orgãos do governo, um dia a mentalidade muda,

        • Jair

          to vendo q vc nao é brasileiro. Ou nunca saiu da sua casa.

          • Carlos

            To vendo que ele é funcionario publico

          • marcelo

            brasileiro sim, igual a vcs não, denunciem, nao tentem fazer o contrabando. qual a diferenca entre um fiscal de se apoderar de um iphone, e vcs que quere contrabandear um? NENHUMA!

            • Rodrigo Salazar

              A diferença é grande. No caso de particular seria o crime de contrabando (pena de 1 a 4 anos) e no caso do fiscal seria de peculato (pena de 2 a 12 anos).

            • Thiago

              Você está certo.

            • Luigi

              Vc ta certo

            • Rodrigo Salazar

              A receita esta equivocada e o procedimento é passível de discussão em juízo.

              Uma coisa é o produto PROIBIDO de entrar em território nacional. A outra é o produto não homologado. Para ser proibido deve ser o mesmo expressamente citado como tal. O produto não homologado nao esta apto a utilização, mas nada diz respeito a sua importação.

              Neste caso a receita esta extrapolando seu papel. Isso deve ser obra de algum delegado federal que quer aparecer, ou garantir interesses de alguém. Tenho para mim que isso é pressão da Apple e/ou das operadoras que lucram muito com a venda.

              Abs

              RSalazar

            • Cristiano Luna

              Entendo seu ponto de vista. Falo que a maioria rouba mesmo e não estão nem aí.
              Não me baseio na minha índole quando falo isso e sim no que já vi. JÁ VI.
              Não é mania de brasileiro achar que tudo aqui é errado. Mania de brasileiro é ver tudo errado e baixar a cabeça. Isso sim tem que mudar.
              Cara que ganha 4 mil por mês andar de Jaguar pode? E ainda diz que são honestos? Pff.

            • Leonardo F. M.

              Tem uma outra diferença. Se eu pagar os impostos de importação não é contrabando!
              Agora, se apoderar, gratuitamente, de algo que não lhe pertence é errado!

            • Vinícius Fogagnoli

              Não seria contrabando, pois contrabando é quando vc traz um item ILICITO de fora do país para dentro, quando vc traz um item para dentro sem informar às autoridades, ou sem homologação, ele entra como DESCAMINHO. Senão o amigo do post que teve seu iphone pego e “destruido” pelos orgaos competentes teria de ser julgado, não acha?

              E achar que realmente as pessoas pegam o iphone e o DESTROEM é MUITA, MAS MUITA inocência.

            • Leonardo Vargas Leffa

              Querer ter um produto antecipadamente PAGANDO por ele corretamente não é contrabando! é um direito que a todo mundo tem..

            • Jair

              Vc fala bonito, mas DUVIDO que vc nunca tenha comprado nada contrabandeado.

            • Jair, não julgue o caráter dos outros pelo seu.

            • Pipo

              Rodrigo Salazar, na verdade o crime seria de descaminho e não de contrabando. A diferença é que o iPhone não é uma mercadoria ilícita ou proibida, como entorpecentes por exemplo, mas sim uma mercadoria lícita, permitida, que entra ilegalmente no país.

            • Marcelo Maciel

              Rodrigo, há portaria proibindo a entrada em território nacional de equipamento nào homologado. Norma penal em branco.

              E as condutas de quem importa e do fiscal que eventualmente se apropria, moralmente, são igualmente reprováveis. A resposta penal ser diferente não significa que uma é menos errada.

            • Abner

              Porque será que não apreendem então os ching-ling ? Porque só os Iphones ? Sério que você realmente acredito nisso, se sim, parabéns, mas o mundo real é muito mais feio.

            • iFumachi

              falou tudo e muito bem!

              Agora, seguindo o raciocínio de alguns, então se o cara rouba arroz e feijão para sobreviver pq colarinhos-branco não podem roubar milhões de reais, não é mesmo?

              Por esse e outros motivos, a quantidade de candidatos à política aumentou muito e a qualidade dos mesmos vêm despencando (sempre acreditei que existem APENAS ALGUNS políticos honestos), e consequentemente a saúde (mental, física, moral, etc) da população é afetada diretamente com isso.

              Se queremos as coisas corretas, devemos faze-las corretamente!
              Por isso sempre me vejo numa situação ruim… Acabo pagando pelos vagabundos que exploram a população sempre com o conhecido “modo brasileiro”.

              O mais engraçado de tudo isso é que somente há nota fiscal paulista, por que não fazem um sistema semelhante a nível federal? Será que a arrecadação não mudaria muito?!

              Se exitem muitas pessoas que ganhavam aproximadamente R$1500,00 por mês e depois de 8 anos acumularam bens que ultrapassam R$ 50 milhões, por que eu, que ganho R$ 2000,00 por mês há mais de 4 anos não tenho sequer uns míseros R$ 2 milhões?

              A lei da física sobre conservação não é obedecida nesses casos.

            • mario

              A diferença é grande. No caso de particular seria o crime de contrabando (pena de 1 a 4 anos) e no caso do fiscal seria de peculato (pena de 2 a 12 anos).

        • Augusto

          quer dizer então, vc tem 10 iphones 5 na mão para DESTRUIR, ou seja, sem restos pra provar que vc pegou mas mesmo assim iria destruir em vez de jogar no bolso e ser feliz? hahaha utópico demais pra acreditar

          • Fernando

            Cada um se baseia nos próprios padrões morais. Eu sou honesto, e sei que não sou o único. Quem acha que todo mundo rouba deve ter lá seus motivos…

            • Lui Alexandre

              Na boa, destruir é muito irracional. Manda a parada de volta então… Fica com o fiscal mesmo sei lá… Agora destruir… pra quê?! –‘

        • Plínio

          Podem me jogar á fogueira, mas concordo com o Marcelo, nem tudo aqui é corrupção.

          • Fernando

            Concordo com vc. Aqui no Brasil não é só corrução , tem também mensalão, fiscal desonesto, políticos corruptos , governo incompetênte, etc etc

            • Francisco Vorcaro

              O que adianta falar que os políticos são corruptos se o seu voto ajudou a eles chegarem lá. O pop ten que parar com essa mania ridícula de falar que os outros só é que são podres. Vota errado, não gosta de falar de política, não gosta de estudar, de informação, reclama de ir as urnas, vota nulo ou em branco = cúmplice. 😉

        • Danilo

          Destruir um iphone 5 só por que a anatel não homologou aqui no brasil ainda não é ser honesto, e sim ser idiota. Você não esta sendo desonesto só por que esta fazendo uma coisa que o governo diz que é ilegal.

          • Vinicius

            Nossa cara, vc é o tipo de brasileiro que me dá vergonha, a lei deve ser obedecida e pronto, fácil assim, mas no teu caso tem que ser esperto, mallandro, fazer as suas próprias leis, que vergonha….

            • leonardo

              desde que a maioria concorde com a lei. A maioria concorda com essa lei?

              Com a razão e contra a lei

              O principio da desobediência civil, criado por Henry Thoureal,
              no século 19, se baseava em que algumas leis poderiam ser desobedecidas, para ele
              se uma lei fosse injusta, deveria ser desobedecida.

              John Rawls filosofo americano no século 20, em sua definição
              de desobediência civil, coloca como sendo um ato publico não violento que visa mudanças
              em uma determinada lei ou ainda em políticas governamentais.

              Isto significa que a pessoa ou o grupo de pessoas que adere
              a esta pratica tem consciência de que esta desobedecendo a uma lei, mas a
              inflige por querer mudá-la, mesmo diante da possível punição.

              Para se expor esta idéia é necessário que a maioria da
              sociedade considere a lei em questão injusta, no presente artigo como exemplo
              de desobediência civil, se encontram na historia o caso de Gandhi, contra a constituição
              inglesa em vigor na África do sul e na Índia, e a legislação racista do sul dos
              Estados Unidos que nas décadas de 50 e 60 foi combatida por Martin Luther King.

              Cientista político Cícero Araújo da universidade de São Paulo
              esclarece que ?civil? vem de civilizado, o que vai ao contrario do armado.

              A desobediência civil só funciona em paises que comprometen-se
              com as leis, não se adequando a ditaduras.

            • Lucas GB
            • Danilo

              é por causa de idiotas como você que esse pais não vai pra frente.
              então quer dizer que leis foram feitas pra se cumprir e pronto?
              então se o governo criar uma lei que diga que você é obrigado a matar pessoas você vai matar por que a lei diz isso? se o governo criar uma lei dizendo que você tem que pagar 1 milhão de reais por ano de imposto voce vai ter que pagar então se não você é desonesto e um não cumpridor da lei? me poupe, estude mais, não seja essa pessoa alienada que concorda com tudo que o governo faz pra te ferrar, e quem sabe assim um dia esse pais mude e se torne de primeiro mundo…

        • willian bispo

          o mais justo seria enviar os aparelhos pra Apple no Brasil, guardar até a homologação e ai então liberar os aparelhos aos novos donos…

          Porém a burrocracia brasileira emperra tudo isso… infelizmente…

          Brasil, o país dos impostos

          • Marcos

            O mais justo seria mesmo mandar o aparelho para a pessoa e cobrar os impostos…. MEU ponto de vista… importar xingling da china PODE? e iphone nao pode?? Se eles inteceptarem TODOS.. digo TODOS os aparelhos que entram ilegalmente aqui… BELEZA… mas porque só com 1?? 2 pesos 2 medidas… isso nao é justo…

        • Eduardo

          Tendemos a pensar que as pessoas agem conforme agimos! O brasileiro importa ILEGALMENTE um celular e por fim imagina que quem o confiscou ficará com o aparelho! Imagino a quantidade de comentários indignados com a atitude da receita! Não sou santo…mas também não sou hipócrita!

          • Tiago Santana

            perfeito

        • MACarrones

          Alguns (poucos) não são corruptos. Infelizmente essa é a realidade…

        • Victor

          Marcelo, me desculpe mas isso é um fato. Pra você ter ideia já soube de esquema pra comprar notebooks apreendidos pela receita pela metade do preço… infelizmente a realidade é essa.

        • Fernando

          Os caras estão tentando sonegar imposto e tem coragem de chamar os fiscais de desonestos. E a resposta é sim. Sou AFRFB.

        • FJP

          Sim, muda sim.
          Daqui há umas quinze gerações…..

        • Fabiano

          kkkkkkkkkkk é cada piada nesses forum ……rsss

        • Marcelo

          Não é achar que todo brasileiro é corrupto. É achar que todo Brasileiro não enxerga o ato como corrupção , se ninguém estiver vendo.

          Você está com a carteira no bolso, se alguém pega é furto. Mas se você a esquece sobre a mesa, quem pega deu sorte!

          Infelizmente, no Brasil, esse tipo de atitude é comum até para os mais honestos. Sempre me impressiono com essas coisas.

        • Stormwatch

          Ao contrário: todos são ladrões, porque roubar é a FUNÇÃO deles! Podem chamar de “imposto”, “tarifa”, “taxa”, ou o que for. O nome mais correto seria: roubo legalizado.

          • Guilherme

            Concordo!

      • Bill

        Trabalho com imp e exp. Conhecemos muito bem como são os “Fiscais”.
        Salários de 9 a 24 mil e mesmo assim as coisas só funcionam pagando “café”

        • Brasil Um País de Tolos

          Boa essa !

        • Saint-Clair Stockler

          E aposto que esse “café” sai BEM caro, hein? =/

        • krikaoli

          Eu tenho amigo que trabalha com importação e infelizmente quem paga o café desembaraça o carro em menos de um mês, quem não paga o café leva em média, no mínimo 10 meses!!!!

          • krikaoli

            Por favor, não gostaria de ter esse post aprovado, é impertinente, nada contribui para os comentários. Acho que passou do limite. Muito obrigado.

    • Danilo Sato

      Com certeza vão para funcionários (ou parentes de funcionários) da Receita. Isso não é novidade pra ninguém! Infelizmente…

    • digoloureiro

      Vai ver o destruido lá no Mercado Livre.

    • Nyna

      Destruído? …. Ah ta! Sei….

    • Jackson

      KKKKK!! até parece que destroem!

    • Caio

      Destruídos? hahahah
      Ótima piada… mas não acredito nisso não!

      Se não pegarem pra eles mesmo, vão é revender…

      Cambada.

    • Krikaoli

      Isso vai para o bolso de alguém. Certeza. Se bobear já está à venda no Mercado Livre.

    • Marcus

      Prezados,

      Gosto muito deste blog e sempre que posso costumo ler os comentários, mas infelizmente os deste post me deixaram extremamente frustrado, que pena que não foram “apreendidos” na moderação. Sou Auditor Fiscal da Receita Federal e já participei de vários processos de apreensão de produtos contrabandeados e posso garantir que todos os que foram apreendidos nessas operações foram sim destruídos. Inclusive produtos muito mais valiosos que um iPhone 5.

      Muitos de vocês estão generalizando uma realidade que infelizmente acontece mas nem todos funcionam na base do “café” como disse o colega acima. A propósito quem paga o “café” é tão corrupto quanto quem o recebe!!!

      Estão falando de uma realidade que nem ao menos conhecem de verdade, apenas supõem. O processo de apreensão é muito mais complexo que pensam e não é tão fácil assim abrir uma caixa e colocar o iPhone no bolso, todo processo é monitorado e são várias as pessoas envolvidas.

      Acho muito curioso como recriminam os fiscais corruptos mas apoiam o também corrupto que quer contrabandear uma aparelho para o país. Não concordo com muitas leis de tributação e também adoraria comprar um iPhone no Brasil pelo preço que é vendido lá fora, mas a lei é para ser obedecida e não é infringindo-a que a situação melhorará. Por favor pensem melhor antes de julgar o trabalho de muitas pessoas honestas que trabalham para o bem do país antes de generalizar por causa das “maçãs podres”.

      Irei me informar sobre o processo de apreensão dos iPhones 5 e assim que tiver alguma notícia trago pra vocês, caso saibam o destino dos mesmo me ajuda na busca.

      iLex, parabéns pelo ótimo blog trazendo cada vez mais informações para todos. Diferente de muitos que vem aqui e são agressivos por se esconderem por trás de um nick de internet fique a vontade para divulgar meu e-mail pessoal que usei neste post, ou me autorizar a divulgá-lo aqui, pois me coloco a disposição tua e de quem tenha dúvidas quanto a processos de importação, apreensão de bens e afins.

      • Jéferson C. Flores

        Falaste muito bem!

        As pessoas supõem demasiadamente a respeito de coisas que desconhecem.

        A Receita Federal pode ter processos falhos? Sim, como qualquer ramo, atividade, nível ou âmbito. Mas generalizar a situação é usar de ignorância para esconder rebeldia.

        Apoio tuas palavras.

      • Luciano

        Parabéns, Marcus.
        Muito bem colocadas suas palavras, e muito boa a oportunidade de ter alguém de dentro da receita para esclarecer nossas dúvidas.
        Desfeito o mal-estar, verifique pra gente se realmente isto está acontecendo, pois afinal, todo telefone que vem de fora é um telefone não homologado pela Anatel. Os Samsungs, Nokias, e Motorolas vendidos na europa e nos EUA podem ser um pouco diferentes dos vendidos aqui, a gente sabe que existem variações nas versões conforme o mercado. O iphone 4S vendido aqui, que é homologado pela Anatel, não é necessariamente igual ao de fora. Logo, TODO telefone comprado fora seria considerado não homologado pela Anatel, não apenas os Apple.
        Agora, isso não quer dizer que é proibido trazê-los de fora. Se for assim, NENHUM telefone pode ser trazido de fora, concorda??
        Há alguma orientação interna da receita nesse sentido?
        Forte abraço!!

        • Marcus

          Prezado Luciano,

          São duas situações diferentes, uma se trata de bem próprio de uso pessoal em bagagem acompanhada quando do retorno do passageiro ao país o que não caracteriza processo de importação tão pouco comercialização, a não ser que esteja trazendo 5 iPhones. Outra é o processo de importação através do envio de bens do exterior que como a venda se encerra no país e neste ponto entra a resolução da ANATEL que proíbe comércio e uso de produtos não homologados, vide links abaixo, caracterizando a entrada ilegal de produto no país sendo o mesmo apreendido, como bem explicou o colega Overlord.

          (http://www.anatel.gov.br/hotsites/AnatelGrandesEventos/pt/equipamentos/equipamentos.html http://www.anatel.gov.br/Portal/verificaDocumentos/documento.asp?numeroPublicacao=239888&assuntoPublicacao=Certifica%E7%E3o%20T%E9cnica&caminhoRel=Cidadao-Informa%E7%F5es%20e%20Consultas-Cartilhas&filtro=1&documentoPath=239888.pdf)

          • Luciano

            Caro Marcus,

            Antes de tudo, obrigado pelo esclarecimento.

            Agora, só para firmar o entendimento, essa prática então se extende a todo e qualquer telefone adquirido lá fora e enviado via correios certo? A interpretação é pela chancela da Anatel no aparelho ou pelo homologação do modelo similar no Brasil?

            Um Celular XYZ poderia ser importado via correios, caso o modelo de mesmo nome e mesma marca tenha sido homologado aqui no brasil? Lembro que o XYZ importado não terá a chancela da anatel no próprio corpo, e apesar do mesmo nome/modelo, ocorrem sim variações entre os modelos de um país para outro.

            Mais uma vez, obrigado.
            Abraço,
            Luciano.

      • krikaoli

        Sua fala é muito boa, pena que na prática as coisas sejam diferentes. Lei existe pra ser cumprida? Conheço muito bem o lema de vocês, aos amigos tudo, ao resto a dura lex. Eu tenho um amigo que faz importação de carro e conheço o modos operandi dos probos fiscais… A realidade é que quem importa um iPhone se dá mal, quem importa uma Ferrari se dá bem. Economia no varejo e gasto no atacado essa fiscalização.

        Sobre a censura, deixa eu te contar uma coisa, conhecedor da lei, não existe censura mais no Brasil. As pessoas tem direito de externar as críticas delas e os receios. Falta de respeito é outra coisa. O debate serve pra melhorar. E se o iPhone do rapaz vai ser destruído mesmo eu te desafio, se for em Brasília ei vou pessoalmente pra acompanhar e faço questão de ser o primeiro a falar, realmente o Brasil é um país sério, mas até lá nos permite exercer uma das poucas coisas que prestam no Brasil, a nossa liberdade de expressão.

        • Marcus

          Prezado Krikaoli,

          Obrigado pelo elogio de minha fala pena não poder dizer o mesmo da sua. Seu discurso é muito curioso e contraditório pois levanta a bandeira da censura e a diferencia de falta de respeito, não só não censurei ninguém como faltastes e muito com respeito para comigo e meus colegas que somos sim, honestos.

          Na minha realidade as leis são sim cumpridas e não poderia ser diferente, alega que todos nós temos esse Modus Operandi quando nem ao menos me conhece, uso um peso e uma medida e independente do que esta sendo importado a regra é somente uma. Mais uma vez a falta de respeito vem a tona com ironias me entitutalndo de “conhecedor da lei” e alega que os censurei, de forma alguma só disse que não podem generalizar e alegar que todos da Receita Federal são corruptos, assim me incluindo, o que inclusive pode caracterizar crime de calúnia, difamação e injúria.

          Quem sou eu para te proibir de se expressar, és totalmente livre para isso, mas só lhe peço respeito pois nem todos são corruptos.

          • krikaoli

            Desculpa a ironia, e qualquer outra frase que possa ter sido interpretada como ofensa. Não podemos generalizar. Gostaria que desconsiderasse a minha primeira manifestação, e que acaso tenha lido lá embaixo o que eu escrevi e também tenha não gostado, gostaria de adiantar que lá embaixo tentei não ser irônico, não ofender e realmente lhe dei os parabéns. Mas endosso a minha crítica para que o senhor e os seus colegas tenham em mente que os senhores trabalham para o povo do Brasil e não para o Estado brasileiro, por tanto faço os meus votos para que sempre que possível ajam com sensibilidade humana nas emblemáticas circustâncias da realidade no qual estamos inseridos, pois se aqui sobram críticas é por que existe uma necessidade de um ajuste. Eu tenho mágoa profunda da Receita. Eu já fui vítima de erro grosseiro de vocês então tenho uma visão muito parcial. Mandei uma placa de vídeo pra consertar pelo SISCOMEX, fiz tudo direito, conforme a “lei”, quando a substituíram nos EUA, pela garantia, ela chegou aqui e a Receita por ter visto 1 dólar no valor de declaração, simbólico, disse que eu estava tentando sonegar, eu tive o bem pedido. Trabalhei um ano pra comprar, dinheiro suado, não 20 mil por mês que você recebe. Liguei na receita falei com vários auditores de viracopos, o que mais ouvi foi só lamento e alguns pedidos de desculpas. O meu amigo auditor disse, cara entrar com pedido administrativo vai levar no mínimo uns dois anos, sem querer te desanimar. Enfim, tanta gente importando a torto e a direito e vocês vem se preocupar com o iPhone 5 de alguém… Sem considerações legais algumas, acho frustrante. E sobre a destruição de mercadoria, gostaria de ter perguntar sobre a transparência disso, a gente pode acompanhar? Existe alguma possibilidade do cidadão pode conhecer esse trabalho? Abraços

          • krikaoli

            Resumindo, desculpe a brincadeira, por qualquer ironia, fui tomado de paixão irracional pela rebeldia da ignorância. Obrigado por dialogar com tanta elegância. Abraços

            • davi

              Ahhh o que uma ameaça de processo não faz…

      • Ítalo Raniere

        Sr Marcus, não conheço os procedimentos da receita e taus. Mas pq eu não posso trazer um iPhone 5 de fora pagando todos os impostos? Isso não seria honesto, afinal não estaria sonegando nada para o Governo.Por favor compartilhe mais do seu conhecimento sobre o assunto. Desde já forte abraço.

        • Luciano

          Também entendo que poderia trazer sim.
          E nenhum telefone lá de fora tem o selo da anatel, ou se pode trazer qualuqer um, ou nenhum.

          • Cassio Rogerio

            Você não pode importar e nem usar nenhum dispositivo eletrônico emissor de ondas de rádio que não seja homologado pela ANATEL no Brasil. Acontece exatamente a mesma coisa nos EUA, mas com a FCC, claro.

            • Stephanie

              Poxa! Então tive sorte porque minha tia enviou um iPod touch 4 no começo do Ano, ela pagou os impostos e tal, aqui no Brasil taxaram 518 reais mas ela q pagou pra mim. E ele não é homologado pela anatel… Tive sorte de nao terem destruido ou é porque o iPod já foi lançado e homologado no Brasil?

        • Marcus

          Prezado Ítalo,

          Acredito ter lhe respondido no comentário ao Luciano.

      • Dinnosan

        Gostei do seu esclarecimento de como funciona ou deveria funcionar as apreensões feita pela receita federal..
        Se puder trazer mais informações a respeito para nós, seria interessante e bem vindo.

        Seria possível explicar por que a receita não apreende as dezenas de milhares de telefones ” Xing Ling” que entram no Brasil e são vendidos livremente em todo o território nacional, sendo que os mesmo não são homologados pela Anatel e portando não poderiam ser comercializados no país..
        Abrss.

      • Cassio Rogerio

        Perfeito, ainda mais que no caso do iPhone 5 LTE USA temos o agravante dele operar em uma faixa do espectro ocupada por outros seerviços no Brasil.

      • marcelo

        Parabéns Marcus.

      • Overlord

        Marcus, parabéns pela lucidez e explicações.

        Realmente, em qualquer profissão temos “maçãs podres”… infelizmente.
        Mas não podemos julgar todos por causa de poucos.

    • Thiago Humble

      aah tá.. vão destruir. Sei…..

    • Thiago Humble

      iLex, minha amiga vai para Miami em novembro e ela vai trazer um pra mim. E se até lá não for homologado será que vai ter problemas para ela passar com o aparelho?
      Voce tem essa informação?

      Thiago Humble

    • Leandro Nascimento

      Ah, tá que vão “destruir” um iPhone…

    • Danilo Lima

      Eu acho é pouco!

    • Murilo Herrmann

      [2]

      Destruído?
      haha… Brasil, Brasil, você e suas piadas.

    • Ronald Golias

      AHAM!
      TÁ!

    • Marcio A

      Eu conheço um fiscal da Receita que tem vários pra vender !!! rs

  • SGoularte

    sim, claro, destruído… acredito ¬¬”

    • daniel

      o povo tem que ser criativo, enche a mala de roupa e coloca o iphone no meio, ou pelo menos coloca um papel falando “aproveita o iphone malandro”

      • Thiago Sousa

        Tem certeza de que leu o artigo?

  • Saulo Amaral

    Por isso, jamais importado…se for o caso ir la e trazer é bem melhor 😉

  • Márcio

    Que frustração para as pessoas que perderam o aparelho hein.

  • Bruno Pereira

    destruí-lo, aham, sei…

  • Marcos

    Duvido que ele seja destruido como foi falado pelo cara na materia.

  • Sonia

    Há ta destruí-lo, conte outra dona Receita Federal!

  • Alexandre Castro

    DESTRUÍDO? Tenho minhas dúvidas…

    Mas a regra não se aplica pra quem viajar do exterior e trazer um né?

    • Diego

      Leia o artigo!!

      • Alexandre Castro

        Já li… Duas vezes. Só me veio a dúvida se alguém aqui nos comentários sabia se a lei incluía trazer na bagagem. Obrigado pela resposta 😛

        • Samir

          Meus pais chegaram ontem dos EUA e trouxeram um iPhone 5 na bagagem DE MÃO. Tiraram da caixa pra nao dar problema, passaram pela alfândega e nao vejo a hora e chegar o fds pra te-lo em mãos!!!

          • Guilherme Bicalho

            Vocês conseguiram comprar o full price em loja física nos EUA? Porque online, só na apple store canadense… alguém poderia dar um dica? Obrigado!

  • Mard

    Parece piada, só BraZil mesmo pra fazer isso.

    • Leonardo Negrisoli

      Não entendi seu comentário.

      Se o aparelho não foi homologado ainda e esse procedimento está dentro da lei, infelizmente está tudo certo.

      Uma pena pra quem perdeu o aparelho, eu estaria me sentindo péssimo.

      • JanjaBoy

        [2]

        • Juliano

          [3]

      • Juliano

        Uma pena ainda maior que “provavelmente” o destino do mesmo não seja o previsto por lei.

  • André Lira

    Duvido que sejam destruídos!

  • Rodrigo

    Sorte do funcionário da Receita que ganhou um iPhone! Devem fazer até sorteio. rs

  • Cacciola

    Mudança de planos……
    Obrigado pela dica.

    • Guilherme Bicalho

      aheuaheuaheuhaeuahe

  • Gilberto Filho

    Ê Brasil…isso é uma vergonha! Do outro lado nos bastidores, os políticos fazem e desfazem e não podemos fazer absolutamente nada…

    • Fabio

      Um dia o povo acorda e se vira contra os politicos

      • deyvisson

        Esse dia pode ser no domingo que vem!!! Basta a cambada de eleitores idiotas pararem de venderem seus votos!!!! E ainda vendem por esmola.
        Se fosse comigo essa questão da Receita Federal destruir meu aparelho, eu iria até o Digníssimo Juiz e pediria o direito de ver o meu Iphone 5 ser destruído na minha frente. Se não vai ser meu, então eu quero ver com meus próprios olhos que ele será destruído. Vai que acontece como o pessoal já disse nos comentários anteriores… vai rolar até sorteio entre os funcionários da Receita Federal…

        • Alisson

          Nem precisa disso…

          Basta 50% +1 voto NULO para a eleição ser anulada e ter outra com novos candidatos.

          • Ricardo William

            Aham… e o facebook vai doar dez centavos pro bebê queimado a cada compartilhamento, né champs? (Y)

          • JanjaBoy

            Anula tanto quanto a existência de Mula-sem-cabeça, Yemanja, Saci perere, Cuca, Perna cabeluda…….

  • Guilherme Bicalho

    iLex, vc diz bagagem acompanhada… vc trouxe os seus na de mão ou despachou? Vou passar por isso agora, se puder dar um help… valeu!

    • Quando você viaja, a bagagem que você leva com você (de porão ou de cabine) é chamada de “bagagem acompanhada”.

      • Guilherme Bicalho

        ok com certeza… vc acha que tanto faz carregar ou despachar? quanto a ser confiscado/tributado…

        • Francisco Junior

          Não sei se entendi sua duvida, mais as bagagens que são despachadas no avião são devolvidas para você antes de você passar na alfândega! Quando passa na alfândega você passa com todas as suas malas!

          • Fabio R.

            E ainda corre o risco de ser roubado por ter a mala aberta… :-/

            • Samir

              Depende do aeroporto q vc chega. Já noticiaram que a receita federal tem uma unidade móvel e fazem um scanner nas malas vindas principalmente dos EUA antes delas chegarem na esteira. Além disso nos EUA elas passam por rx. Por mais que eles sejam honestos, ainda assim nao colocaria meu iPhone na mala.
              Coloca no bolso q e muito, muito mais seguro!!!

        • Mi

          Guilherme, sei que o que vou dizer não responde sua dúvida quanto à tributação. Mas pela segurança, é melhor você levar na bagagem de mão. Afinal, com as malas que são despachadas pode acontecer de tudo. Te digo isso porque minhas malas já chegaram sem alguns pertences, que “misteriosamente” desapareceram. Por experiência própria, para evitar uma dor de cabeça, leve com você 🙂

      • Vinicius Alves

        iLex, onde você trouxe o seu iPhone? No próprio bolso, bagagem de mão ou bagagem de porão? Devo estar indo aos EUA em Novembro e pretendo trazer um iPhone 5, então gostaria de saber qual a melhor forma de trazê-lo sem maiores riscos.

        • Não há diferença: bolso, bagagem de mão e bagagem de porão, TODOS passam pela fiscalização da receita no aeroporto.

          Mas nunca envie nenhum eletrônico ou objeto valioso na bagagem de porão. Nunca.

    • Marcelo Machado

      Simples meu caro. O iPhone vem no bolso da calça, que não passa pelo Rx da alfandega.
      Mala despachada e mala de mão agora passam todos pelo Rx.

    • Marcelo Machado

      Simples meu caro. O iPhone vem no bolso da calça, que não passa pelo Rx da alfandega.
      Mala despachada e mala de mão agora passam todos pelo Rx.

    • Guilherme

      .

      Se for comprar o iPhone só pra vc, sugiro que coloque no bolso. Vc não passará no raio-x da receita.
      (não confundam o raio-x da receita/alfândega com o raio-x de embarque, ok?)
      Se fizer muita questão da caixa, mande-a pelo correio ou traga na bagagem de alguém que for viajar com vc.

      Bom, isso é pra garantir que não terá problemas, apesar de achar que vc pode trazer numa boa.

      .

      • Igor

        Mas não é perfeitamente legal trazer consigo mesmo apenas um celular(independente do modelo)?
        Se a pessoa viajou para os EUA ou qualquer outro pais e volta com apenas um Iphone 5 ela não será tributada, pois um smartphone por pessoa é isento de imposto e tributação(igualmente à camêra e relógio de pulso).
        Me corrijam caso esteja equivocado.

        • Alex Chiaranda

          Igor,

          até onde eu sei é isso mesmo, 1 notebook, 1 tablet, 1 camera e 1 smartphone desde que seja, essa é a parte importante, “DE USO PESSOAL”

          • Alex Chiaranda

            parece que enganei, notebooks e tablets ou computadores não entram nessa lista, apenas celulares, cameras fotograficas

  • Pedro

    E como tu faz para homologar um aparelho no Anatel, se tu não pode importar um para fazer a homologação e eles necessitam testar o aparelho num laboratório certificado? deadlock?

    • Fabio R.

      dããããããã

    • Leonardo Negrisoli

      Oi?

    • DaNiLLo

      Cuma?

    • Junior Max

      dããããã eles trazem escondido no bolso sem a receita saber. hahahahahahha

    • Rodrigo de Souza Nascimento

      oie…oie…oie…

    • Rodrigo Caldas

      AeuheaUHAEUhAEUhAEUhAEUhAEU
      To me acabando de rir com esse comentário! Deadlock total! hUAEuhAEUhAEUhAEUaeh Muito boa!

  • Tiago Ronchi

    Brasil um país medíocre mesmo!
    Dúvido q esses fiscais não tenham ficado com os aparelhos apreendidos e ainda vão negociar por fora…
    Vergonha!

  • Rodrigo

    É, igualzinho a receita federal confisca os XingLings Hiphone5787 da vida. Todos são homologados, né? Palhaçada mesmo!

  • David Weber

    Sem querer ser chato, mas uma pequena correção: destrui-lo é escrito sem acento. O “i” tônico no final das palavras não precisa de acento.

    • Obrigado, David. Já foi arrumado no texto. 🙂

      • Wesley Soares

        Não é querendo ser chato, não, mas o Professor Pasquale ai errou, e destruí-lo tem acento sim. iLex vai ter que recorrigir, de novo! =p

        “Leitora quer saber o porquê dos acentos.

        Em português, as palavras oxítonas só recebem acento gráfico se terminarem em “o”, “e”, “a”: compô-la, propô-lo, recebê-lo, vendê-la, ajudá-lo, procurá-la…

        As oxítonas terminadas em “i” e “u” não recebem acento gráfico: dividi-lo, adquiri-la, servi-los…

        É importante lembrar que deveremos usar o acento agudo, caso as vogais “i” e “u” formem hiato com a vogal anterior: destruí-lo, contruí-la, distribuí-los, atraí-las, possuí-lo…” (Sérgio Nouguerira, em http://g1.globo.com/platb/portugues/2011/05/)

        • Mario Ueno

          Boa, Wesley! Perfeito!!! 🙂

      • Marcos

        Destruí-lo tem acento sim.

        • Dinnosan

          Essas regras de português deveriam ser simplificadas.

    • Zeck

      Sem querer ser chato, meu caro, mas você está enganado: destruí-lo leva acento, sim. Trata-se de um hiato, com a tônica na segunda vogal “i” (vide as palavras baú, aí, chuí, e todas as situações de ênclise de verbos nas condições semelhantes a “destruir”). Do contrário, leríamos “des-TRUI-lo”, quando o certo é ler “des-tru-Í-lo”. A regra que você falou serve para oxítonas terminadas em “u” e “i”., quando não houver hiato. Ex: bauru, ali, aqui, saci, Xingu, bangu.

      Portanto, induziu o iLex ao erro.

      • David Weber

        Verdade, trata-se de um hiato, autorizo o iLex a mudar novamente. Tanto que existem as formas contribui e contribuí. Foi mal aí, iLex.

        • Obrigado. Estava apenas esperando sua autorização para mudar.
          Se tiver outra alteração, me avise, para eu pedir novo requerimento para a diretoria…

          • David Weber

            Kkkkkk Tava esperando um comentário a la iLex, mesmo. Brincando, cara, mais uma vez desculpas. Parabéns pelo excelente blog, a perfeição das ilustrações e dos textos (formatação e escrita) não nega que há um grande fã de Jobs na coordenação.

            • Eu entendi que você forçou a barra e aí entrei no jogo. 😉

  • Diego Resende

    Aqueles xing ling de 4 chips eles não querem “destruir” não né ? que também não são homologados pela Anatel! kkkk

  • RodrigoSamuel

    Depois acham ruim quando chamam o brasileiro de malandro…

    Os policiais ‘esperto’s arrumaram um jeito de antecipar o presente de natal!!!

    Se eu fosse promotor público federal metia o bedelho no meio pra GARANTIR que todo iPhone 5 apreendido seja realmente destruído. Se não vai ser do legítimo dono, então não será de ninguém, muito menos da malandragem….

    Sorte deles que eu não sou promotor.

  • Vinicius Iago Vignol

    Aham, destruir, tá bom. Parece verídico, como são honestos.

  • zigfrid

    Engraçado, muito engraçado, pra não dizer a maior palhaçada que vejo, então a gente compra um aparelho que é bom, que qdo é feito homologação o mesmo entra sem problema.

    Dona receita federal, ao invés, de fazer isso com um(s) aparelho(s) que por sinal são feitos dentro de normas bem estruturadas, que tal fazer um pente fino nesses aparelhos xingling, nem é a questão de ser hiphone ou cópia descarada, mas sim porque os mesmo não tem homologação e provável que os níveis de radiação passam do saudável.

    Engraçado que muitas vezes estou vendo até esses aparelhos, piratas até em lojas oficiais das operadoras.

  • Dexter

    Eu citei isso num outro lugar e me chamaram de idiota rsrsrs, está aí a prova, e sobre destruírem ou não, também tem como solicitar o andamento disto, ou se for o caso até mesmo entrar com uma ação contra a RF, já vi casos “parecido” que foi solicitado então que o objeto fosse enviado de volta para o remetente, mas isso é mais complexo e não sei dizer exatamente como fazer isso (não é minha área mas já vi fazerem).

    • RodrigoSamuel

      Hahahaha… boa ideia!

      Atenção todas as vítimas de mais essa falcatrua Made in Brazil.

      Registrem reclamação na agência da Receita Federal mais próxima da sua residência e solicitem que o aparelho apreendido seja devolvido ao remetente. Se não aceitarem registrar seu pedido ou se registrarem e não derem adamento, entre com ação na justiça.

      Quero só ver a cara dos ‘espertos’ quando chegar a setença do juiz mandando devolver o aparelho ao remetente e o mesmo estiver no bolso do policial… kkkk…

      Até porque, se o aparelho for devolvido ao remetente e este for um vendedor do eBay, por exemplo, você poderá solicitar o dinheiro do volta. 😉 Como eles são AMERICANOS, eles devolvem o seu dinheiro…

      • RodrigoSamuel

        oops! Errei: “…no bolso do fiscal…” e não do policial.

      • Wesley Soares

        Cara, eu estava lendo aqui, pesquisei um pouco sobre o que acontece no caso de um produto se pego pela Receita Federal sem os tributos devidamente pagos, o que aconteceu no caso do posto.

        A notícia é ruim, a pena para isso é a decretação de perdimento, conforme o art. 23, §1º, do Decreto Lei nº. 1.455/76:

        “Art 23. Consideram-se dano ao Erário as infrações relativas às mercadorias:
        (Omissis)
        §1º – O dano ao erário decorrente das infrações previstas no caput deste artigo será punido com a pena de perdimento das mercadorias.”

        Ou seja, não tem essa de pedir pra devolver o produto pra quem enviou, pois você não tem mais nem a posse, nem propriedade do bem, ele agora irá ser do Ministério da Fazenda.
        É interessante que isso protege e muito os interesses alfandegários brasileiros, restringindo a entrada de produtos com características e preços totalmente desleais ao mercado interno.
        De outra forma, o que o auditor fiscal irá fazer com o produto é problema dele, pois temos tipificado o crime de peculato, art. 312, do Código Penal, e qualquer um aqui poderá denunciar este crime ao Ministério Público de sua cidade.

        “Art. 312 – Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio:
        Pena – reclusão, de 2 (dois) a 12 (doze) anos, e multa.”

        Não vamos ficar lamentando que o Brasil é um país corrupto, vamos dar uma resposta, e por favor, não nos igualar à eles.

      • ALEXEI

        disse BONITO!.. é isso ai.

        Americanos devolvem SIM o dinheiro, ja fui reembolsado algumas vezes sem problemas. So aqui que é tudo nas coxas..

      • JanjaBoy

        Deixa de ser ingênuo que tem muito americano safado. E nem só de americano vive o eBay. 😉

      • Dexter

        Umas das coisas que a PF mais faz é prender fiscal por esses motivos, vcs não tem idéia de quantas vezes a justiça determina que X objeto seja entregue e não se encontra mais o tal objeto em questão. O que pega é que esse tipo de apreensão eles alegam que é de um objeto ilícito ou proibido, mas no fundo (no teor do assunto) não é. Eu adoro esses agentes da RF, quando surge algo com eles, eu tenho o maior prazer de “fazer hora extra” rsrsrs.

  • Bruno Lopes

    iLex, vc cometeu um errinho no penúltimo parágrafo, ‘As chances dele ser apreendido e a pessoa perder o aparelho é muito grande.’ seria ‘são’ no lugar de ‘é’!

    • Renato Faria

      iLex,

      Acho que vc deveria criar uma página de comentários paralela chamada de “Seção Prof. Pasquale”.

      Me desculpem os mais “Caxias” em relação à nossa língua portuguesa, mas acho válido somente chamar a atenção de erros que alterem a compreensão do texto, por exemplo, trocar a palavra “sim” pela palavra “não”, ou algum caso de erro crasso (que, diga-se de passagem, nunca vi no blog) do tipo “aiFone”, aí acho válido chamar a atenção. Do contrário acaba ficando algo chato e bem perto da famosa “trollada”. E o pior é que, o quase sempre paciente iLex sempre agradece as correções dos caras que leêm o texto com a gramática embaixo do braço.

      Enfim, é isso.

      Abs

      • Dinnosan

        Boa idéia.

    • marcelo

      blog do iphone, ou blog da lingua(com trema ou sem trema) portuguesa?

    • Renato Faria

      iLex,

      Acho que vc deveria criar uma página de comentários paralela chamada de “Seção Prof. Pasquale”.

      Me desculpem os mais “Caxias” em relação à nossa língua portuguesa, mas acho válido somente chamar a atenção de erros que alterem a compreensão do texto, por exemplo, trocar a palavra “sim” pela palavra “não”, ou algum caso de erro crasso (que, diga-se de passagem, nunca vi no blog) do tipo “aiFone”, aí acho válido chamar a atenção. Do contrário acaba ficando algo chato e bem perto da famosa “trollada”. E o pior é que, o quase sempre paciente iLex sempre agradece as correções dos caras que leêm o texto com a gramática embaixo do braço.

      Enfim, é isso.

      Abs

      • Renato, é feio texto mal escrito. Eu acho bom indicarem quando há tropeços no texto, pois sempre é uma melhoria. 😉

        • David Weber

          Para o pessoal que não gosta de correções de português: escrever bem é essencial. Do recado à mulher que se deseja conquistar ao currículo de entrevista de emprego, passando pelas redações de concursos. No jornalismo, então, nem se fala. Não gostou da correção, pula e vai ao próximo comentário. Portanto, chamo a atenção para mais um pequeno deslize do texto para me redimir do meu vacilo anterior: o sujeito de uma oração nunca deve vir preposicionado, segundo a norma culta. Portanto, o certo seria “de ele ser apreendido”, e não “dele ser apreendido”. Não muda em nada a compreensão do texto, mas soa mais bonito. Agora ponho uma referência, iLex: http://g1.globo.com/platb/portugues/2010/10/20/temas-polemicos-6/ seção 3.
          Abraços!

      • Flavio

        “É isso ai cara, o impurtanti mesmo é nóis passa a mensagem, si tá erradu ou naum os otrus num tem que fika corigindo.”

        Um texto assim ia ficar lindo no post.

        • Renato Faria

          Poxa Flávio, meu comentário nem tem tantas linhas assim e vc não leu! Que coisa O_o

  • Marcelo Augusto

    É a PF fazendo o natal de suas famílias. Eu passei com o meu no bolso da minha blusa de frio e nem me pediram pra abrir a mala.

  • Copeta

    Isso não foi justo, todos os anos foram normais, porque logo esse vai ser diferente? Nossa esperar que seja vendido aqui no Brasil para poder conseguir o aparelho já que pode pedir a o amigo que mora fora
    Que coisa chata em Brasil… Só podia ser aqui mesmo.

  • Alexandre Duarte

    Foi só eu quem leu a parte do “é obrigado por lei a apreender o aparelho e destruí-lo” e imaginou os agentes da Receita ao redor de uma fogueira jogando iPhones 5 no fogo e gritando maleficamente “MUAHAHAHAHA”?!?!
    iPhones 5 destruídos… Só no Brasil…
    Alguém espalha essa notícia mundo afora…

  • Cleberson Pertile

    Qual a diferença entre um iPhone 5 enviado pelos Correios e um trazido por uma pessoa?

    Eita empresinha tosca hein?

  • Flávio

    Galera quero pedir uma ajuda a vcs, meu iPhone 4s Ta sem som, não aperce nem a barra de som no YouTube nem no player de música, e aconteceu do nada, alguém pode de uma força? Desde já obrigado.
    Desculpa escrever em um tópico que não tem nada a ver!

  • Giulemos

    Destruido só se for por mau uso de algum fiscal da receita federal…

  • Danilo Besteti

    Destruir é sacanagem

  • Luciana

    Brasileiro é engraçado, né…
    Quando não cumprem a lei “nossa, que país de merda”, quando cumprem mas não te favorece “nossa, que país de merda”…

    • Ricardo

      Nossa, descobrimos pra quem foram os aparelhos interceptados!!!
      Tá vendendo por quanto ?

    • RodrigoSamuel

      E quando cumprem com vistas a tirar vantagem pessoal, a gente levanta e bate palma, #SUALINDA?

      Como já disseram aí pra cima, por que nós não vemos apreensão desses xing-lings que infestam o país e são a principal ferramenta de tortura dos DJ’s de ônibus? Quer dizer que quando é xing-ling não precisa cumprir a lei, mas quando é iPhone sim?

      Taí, é primeira vez que eu vejo os ricos e não os porbres se fude**o neste país!

      Graças a você, acabei de mudar de ideia quanto a esta situação. Dá-le Leão! Cata os iPhone da ricaida!!!!

      Muito obrigado!

      • Luciana

        RicardoSamuel, pelo seu comentário nervosinho, dá pra perceber que você é uma pessoa preconceituosa e hipócrita. Mas tudo bem, tem mais um monte de comentário assim nesse post.
        Os xing-lings são tudo contrabando.. Ninguém te contou? Ou você achava que eles entravam na legalidade na Brasil?
        Sobre o comentário de fund** gente rica, você acha que quem tem dinheiro tá comprando pelo ebay? Ou já compraram no exterior ou estão esperando chegar aqui e comprar pelo valor que as operadoras cobrarem… Simples.
        Quanto aos fiscais da RF, você tem como provar que os caras não estão cumprindo a lei com vistas a vantagem pessoal? Você já viu algum deles apreendendo o iPhone e botando no bolso? Por favor me mande! Quero ver.

        • RodrigoSamuel

          Moça (se é que você é mulher mesmo) você é ótima! Se não for psicóloga(o), leva jeito viu?

          Já me fez mudar de ideia quando à apreensão de iPhones e agora me fez ver que sou preconceituoso e hipócrita!!!

          Sou preconceituoso porque com base nas cotidianas denúncias de corrupção de servidores e empregados públicos já pré-defini que todo funcionário público é malandro, e ele que me prove o contrário!

          E sou hipócrita porque, ora, vejam só! EU SOU UM SERVIDOR PÚBLICO! Pois é.

          E você constatou isso apenas lendo meu comentário “nervosinho”! Incrível!!

          Vou ter que repetir o que disse no início: você é ótima(o)!!!

          Agora aos esclarecimentos:

          * Infelizmente eu tenho pré-definido que funcionários públicos de determinadas áreas tem, sim, grandissíssimas (Patrícia Poeta MODE ON) chances de serem corruptos e malandros, cito como exemplos as áreas relacionadas com fiscalização, compras e contratos (licitações), não se restringindo apenas a estas. Mas não siginifica que eu pense que TODOS os servidores destas áreas sejam corruptos, sempre há exceções. ¬¬

          * E tenha dó, sua(seu) do contra! Tá na cara que esse acontecido é malandragem de algum esperto lá de dentro. Ou você acredita em papai noel e coelhinho da páscoa? Vai lá ler o post que o Blog publicou hoje sobre o assunto. Leia lá a justificativa esfarrapada que a RF deu sobre o assunto. Nem competência pra dar desculpa convincente eles têm. Aliás, este é outro problema do setor público, está abarrotado de incompetentes!

          * E pra finalizar quero frisar que:
          – Eu não estou revoltado com o fato da lei estar sendo cumprida, jamais! Estou revoltado com a cara de pau de algum fiscal da receita que resolveu embolsar, literalmente, um iPhone 5 que tava passando ali no raio-x de algum CTCE dos Correios. E com o fato de que isso deve acontecer corriqueiramente, porque eu já ouvi e conheci pessoas que tiveram suas encomendas internacionais extraviadas sem explicação. Isso pode indicar que a malandragem já foi “institucionalizada” no setor de fiscalização da Receita Federal.

          • Luciana

            Nossa, quanto mimimi.. Agora eu que fiquei na dúvida se você é homem ou mulher…
            Cara, não vou mais esticar o assunto mas não é ser do contra, se nessa matéria está escrito que a apreensão está dentro da lei, que o caso do leitor talvez tenha sido algo isolado e, como ele mesmo disse na outra matéria, que em nenhum momento achou que o fiscal agiu de má fé – ao contrario, talvez tenha sido mesmo ao pé da letra-, quem você pensa que é pra querer apontar o dedo e falar que os fiscais estão roubando? Se nem o leitor que foi o maior prejudicado na história pensa isso???

      • Luciana

        Ops, RodrigoSamuel… Desculpe por errar seu nome.

    • Sandro Medeiros

      Perfeito Luciana…..

    • Raphael

      Luciana. O problema não é cumprir a lei, e sim dizer que está cumprindo a lei e na verdade está enganando a lei e o comprador.

    • clístenisCanuto

      Não é q não estejamos felizes com o cumprimento da lei e sim por TER CERTEZA QUE NÃO IRÃO DESTRUIR NENHUM IPHONE 5!
      O ideal era acompanhar a “destruição” do aparelho mas COM CERTEZA não permitiriam pois o mesmo não será destruído e sim presenteado, negociado ou utilizado para próprio uso? rss

  • Guilherme

    ILex, vc poderia nos dizer qual lei que diz isso? Estou custando a acreditar q realmente exista uma lei permitindo a destruição de itens não homologados pela anatel.
    Valeu.

  • André Lyrio

    NOVIDADE!!!! (COM MUITA IRONIA!!!!). Enquanto esse povo for retardado o governo vai espoliar até onde puder para bancar os marajás.

  • Homero

    Bela dica BDI, tinha pedido um amigo pra mandar um pra mim dos USA vou cancelar.
    Não quero doar o meu pra Receita Federal.
    Acho que quem pretende comprar do Mercado Livre pode também estar correndo perigo.
    Abraços.

  • Antunes

    Isso é para o brasileiro “experto”, não é?

  • Pedro Augusto

    Que povo fresco! A solução é fácil! Eles reduzem os impostos, e ninguém precisará trazer de fora! Simples assim u.u

    • Vítor

      Verdade!! Tudo culpa dos impostos do Brasil e eles ainda supostamente quebram os iPhones importados.. anem né Brasil ??

  • André

    Destruído foi piada!!! Não aqui nesse país tupiniquim… Alguém embolsa isso bonito e sem dor na consciência e tira onda que não pagou um centavo pelo novo iPhone 5.

  • Rodrigo

    Calma lá. Apreensão não significa destruição de mercadoria. Tem um prazo pra destruição se não me engano.

  • CAIO

    Então porque nunca vi um Hiphone ou celular mp10 vindo da china sendo confiscado por não possuir tal homologação?

  • Bearcareca

    Bom como eu não estou com pressa de fazer o upgrade no eu iPhone até o momento o iPhone 4S me deixa super satisfeito então, não terei essa dor de cabeça. Mas aos que fizeram a importação e não conseguiram receber o aparelho é muita sacanagem do governo, eles jamais irão destruir o iPhone 5 eles irão é usar o aparelho com certeza, os fiscais devem estar é curtindo o novo aparelho.

    O melhor é esperar a Anatel liberar o aparelho ou você vai até Nova Iorque e ou outro lugar do mundo que tenha uma Apple Store física e compre o seu iPhone 5 e seja feliz.

    Estava fazendo uma pesquisa com a TAM, ida e volta via São Paulo – Guarulhos para Nova Iorque chegando via John Kennedy ficando apenas 3 noites só a passagem de avião fica em R$2,500,00 e aí você terá o custo do iPhone 5 desbloqueado + hospedagem em um hotel básico.

    Se você puder fazer isso, melhor fazer porque o preço dele no Brasil não deve ser menos que R$ 2,500,00 o modelo de 16GB. Façam as contas.

    iLex poderia nos indicar um hotel para se hospedar nos EUA?

    • Pedro

      Tripadvisor.com

  • PH

    Eu comprei o meu no ebay do Canada, mandei por Fedex e chegou perfeitamente (e tributado obviamente), custou uma fortuna.

    A verdade é uma só, muitas pessoas declaram valores inferiores ao valor real, isso além de ser crime, confisca mtos produtos. Mandar como presente “gift”é coisa de amador.

    Agora eu nunca tinha ouvido falar essa da homologação. Novidade para mim.

  • wperucci

    É sempre assim, a polícia federal só pega quem tem pouco din din, quero ver pegar quem tem muito.

    A anatel não aprovou ainda pq a Apple ainda não fez a contribuição anual.

    Quem lembra a musica do indio do Gabriel o Pensador, é a mesma coisa que vamos viver, depois que liberar dá para comprar do pessoal que trabalha na receita….

  • Patrick Allen

    iLex, quando a versão mobile do blog vai voltar a funcionar???
    Senão fosse o recurso “Leitor” do Safari teríamos q ficar sofrendo com a versão desktop em nossos iphones/ipods.

  • Fernando Varaschin

    aaaaaaaaaaaaaaaaapaputaqueopariu! Bodega de país!

  • Leandro

    Cara.. desculpe as palavras.. mas é muita burrice mesmo fazer isso!
    Se fosse fácil todo mundo fazia meu chapa.
    Sinto muito pela sua perda… é tenso.

    E digo mais. nenhum desses vão ser destruídos.. OBVIO!

  • Augusto banny

    Destruir…..
    Feliz Dia das crianças filho, olha o iPhone novo que o papai apreendeu hoje /

  • JpViana

    Você pode apostar que os funcionários que forem destruir o iphone 5, vão estar de celular novo. Sim vão dizer que tão destruindo. mais na verdade tão pegando pra eles mesmo. Brasil infelizmente é assim

  • Daniel

    Isso acontece só com o iPhone 5? Ou se eu comprar o iPod 5 no eBay pode ser que vá acontecer isso também? Ah não…

  • Marcos – Ctba

    Interessante o fato de todos acusarem a Receita Federal de agir de acordo com os interesses dela e ainda acusarem de modo franco e aberto que o aparelho não será destruído. O mais curioso é que comprar um produto no exterior e não querer pagar imposto é visto como algo positivo. Sinceramente, é por essas e outras razões que este país não tem desenvolvimento social e cultural. O brasileiro só possui um ponto de vista, e este por sinal é totalmente egocêntrico. Quanto ao discurso que a carga tributária é absurda e corrói a renda é necessário fazer uma reflexão de como o país é paternalista. Além disso, sonegar impostos é algo grave, mas, muitos se orgulham em dizer que deram o famoso “jeitinho”. Falta muito para este país ser algo além de um mera promessa de futuro. Falta caráter e honestidade, falta ética e visão social. Conviver em sociedade requer arcar com os bônus e o ônus.

    Atentem, meu discurso não é para o politicamente correto, é sim em relação a respeitar leis e regulamentos. Se essas não são adequadas ou ofendem a eficiência, cobrem de seus representantes.

    • Este comportamento talvez aconteça porque o povo não vê o retorno dos impostos que paga.
      Na França, onde também se paga muito imposto, mas se vê os benefícios que voltam para o cidadão (principalmente na saúde, segurança e educação), a coisa é diferente.

      • Alisson Pirola

        Não digo mais nada…. o iLex já resumiu tudo!

      • Marcos – Ctba

        Ilex, concordo quando você diz que o povo não vê o retorno dos impostos, mas, quer dizer que devido a isso sonegar é algo válido? Realmente não vou mudar meu discurso. Se há problemas na estrutura e eficiência estatal o melhor então para a maioria é dar o jeitinho e “foder” com o governo – típico pensamento de um brasileiro. Dois erros não fazem um acerto.

        • “quer dizer que devido a isso sonegar é algo válido?”

          Claro que não. Eu nunca disse isso.

    • Filipe Lima

      Pagamos impostos absurdos, compramos o iPhone mais caro do mundo, os carros mais caros do mundo, sem contar no resto das coisas carissimas neste país, pra termos essa maquina publica engessada que so olha pro proprio umbigo, pra termos estradas em pessimo estado, pra termos hospitais as moscas, e principalmente pra pagarem votos pr a deputados, senadores e ministros seguirem o que mandam os caras la de cima!! Na boa, imposto no Brasil eh uma piada!!

    • Dinnosan

      Nos sentimos revoltados quando vemo sque um desembargador do estado recebe quase R$ 500.000 por mês e acha que está tudo dentro da lei; ascensorista do congresso recebendo salário de quase R$ 10.000, tudomisso sem falar nos salários dos políticos e os desvios que quando descobertos, nunca são devolvidos para os cofres públicos , olhe aí o mensalão como prova disso.

  • mestre dos sites

    ate parece q destroem…os filhos dos fiscais devem tar rindo de iphone5 novo

  • Victor

    Eu acho que ele deveria entrar com recurso administrativo e depois, se for o caso, um mandado de segurança. Isso vai retardar a suposta destruição e no fim do procedimento o iPhone possivelmente já estará homologado pela ANATEL. Quem sabe aí ele pode pedir liberação da importação.

  • Murilo Arantes

    Ah tá, destruído!!!
    hahahaha

  • Walmir

    Eu estou nesse momento nos Estados Unidos, mais precisamente em Atlanta, GA, e não encontro em nenhuma loja o tal Iphone 5 full price.
    Acredito que ou eles nao tenham mesmo, ou os vendedores nao querem vende-lo sem o plano, pois devem ganhar mais fazendo desse modo.
    O fato é que não esta facil de encontrar o 5, e já estou me conformando em voltar ao Brasil sem compra-lo.
    Outra coisa… hoje vi na tv que surgiu mais um glitch do iPhone 5. Usuarios da Verizon estão reclamando que seus celulares Iphone 5 esta consumindo mais dados que o normal. A Apple ainda nao se manifestou.

  • Guilherme

    .

    Estranho, pq a homologação não é necessária para USO no país.
    Se o produto não for proibido, não há que se falar em restrição de importação.
    No máximo, o DESCAMINHO, quando o produto é permitido no país, porém não é comercializado.
    Mas acho que não se qualifica um iPhone5 por ser o modelo “X” do aparelho. Qualifica-se como um “aparelho de celular”, sendo seu uso permitido no Brasil.
    Assim não fosse, os fiscais teriam que apreender os aparelho trazidos pelos próprios compradores tbm, sob o mesmo argumento, o que, certamente, não é feito. No máximo cobra-se uma taxa, já que o valor ultrapassa o limite permitido (cota).

    Pra mim, isso é má-fé dos fiscais da receita.

    .

  • TiãoGavião

    Por isso que gosto de comprar no Brasil, independente do preço ou quando viajo trazer no bolso.
    Sinto muito pelo amigo, mas faz parte o risco e o prejuízo 😉

  • Cleudys Bertelli Junior

    Cadastra o IMEI como aparelho roubado e ninguém mais usa.

  • Leonardo Negrisoli

    Não sei porque tem tanta gente xingando o Brasil….
    Realmente é uma pena o amigo ter perdido o iPhone dele, mas se isso está na lei, não podemos brigar com isso.

    As pessoas tem só que ter cuidado com o que compram no exterior.

  • Vítor

    vou comprar o iPhone 5 em Janeiro, até lá já devem ter homologado, vou trazer na bagagem de mão ai não vai ter problema algum, né?

  • Leo Rolim

    Interessante, enquanto isso existe uma galera (incluindo eu) que já comprou em lojas chinesas Tablets e “Android Players” que em alguns casos passam pela mão da RFB com direito a tributação, mas sem essa de não poder entrar no país por falta de homologação.

  • Dúvida

    Eu estou de olho no novo iPod touch, e gostaria de importa-lo o mais rápido possível, mas gostaria de saber se ele vai estar homologado e quando. Será que alguém sabe? Outra pergunta minha é que dia (exato) o iPod touch 5 venderá? As últimas gerações do iPod touch foram homologadas? Quando e quanto tempo depois do inicio de vendas do produto? Qualquer informação é bem-vinda.

    • Bárbara

      Se não me engano, homologação é somente para aparelhos telefônicos, não servindo para o iPod Touch.
      Corrijam-me caso esteja errada.

      • O transmissor Wi-Fi deve ser homologado.

        • Bárbara

          Obrigada por tirar minha dúvida, iLex! 😀

  • MafiosaBe

    Isso eu já sabia… pow gente, se o aparelho não foi homologado, é ÓBVIO que não é possível comercialização e importação p BR é proibida, vcs acham que logo a receita federal deixaria escapar essa? OF COURSE NOT!
    Pressa, inimiga da perfeição, e dos bolsos também.

  • Auditor

    Quem são vocês para duvidarem da honestidade dos funcionários da Receita ou dos Correios?

    Quando é feita uma apreensão, é lavrado um auto de perdimento e é encaminhado para os depósitos da Receita. Lá está o nome do servidor que lavrou o auto. Se o produto apreendido some, antes de chegar ao depósito, quem vocês acham que serão responsabilizados? Quem se arriscaria a ser processado e demitido por justa causa por um telefone.

    A psicologia é a seguinte, quem rouba ou não é honesto, acha que todo mundo é ladrão e desonesto.

    • Ozires

      Concordo,

      no funcionalismo público assim como em qualquer outro segmento da sociedade existem pessoas desonestas, mas isto não quer dizer que todos sejam desonestos!!

      Sou servidor da RFB e participo da comissão de destruição de bens apreendidos, nunca presenciei qualquer ilegalidade… existem regras rígidas e o MP e a PF marcam em cima também!!

      Infelizmente é muito difícil mudar essa imagem que os servidores públicos possuem.

      • TiãoGavião

        Concordo!!
        Temos que parar de generalizar as coisas no Brasil. 😉

  • iRon

    Tem bons e maus profissionais em qualquer lugar. Mas que tem gente com inveja do fiscal desonesto tem.

  • William

    Infelizmente lei é lei, então se é realmente proibido, que se cumpra a lei. Claro que se fosse um filho ou parente de político, essa lei não seria aplicado, mas como se trata do povão em sí, então pente fino tá comendo solto. Agora cá entre nós, vai me dizer que alguém aqui acredita que esses aparelhos irão ser destruídos mesmo? O que vai ter de filho(a) de fiscal da receita pagando de gatinho(a) com iPhone 5 no bolso não está escrito.

  • Nexo

    Esse país parece a antiga União Soviética. Produtos de uso pessoal no exterior são vendidos a peso de ouro aqui. E os coitados dos federais tem que fazer esse papel ridículo de confiscar bugigangas.

  • Jp Ramirez

    A que chato, imagina pagar 1000 reais por um iphone 5 e ele for destruído, que desperdício de dinheiro!
    Pedi o iphone 5 para minha tia, mas acabei mudando de idéia, mesmo não sabendo desse problema. Acabei pedindo Iphone 4s branco 16gb.

  • Marcelo Rodrigo

    Devidamente destruído … o recibo né?

  • Gabriel

    nao é o fato de ele nao ser homologado que ele pode ser apreendido.. tem algo errado ai..

  • Alisson

    Eu sempre comprei e continuarei comprando TODOS os meu IPHONES no Brasil.

    No meu atual 4s (32gb) e no da minha esposa (4s com 16gb) paguei respectivamente R$ 1.349,00 e R$ 1.049,00 renovando meu plano de minutos na Vivo por 1 ano.

    Muito mais barato do que comprar fora ou ainda comprar uma passagem para ir lá fora comprar um iPhone (Meu Deus do céu… Só rindo)…

    Portanto fica a dica… Quem tem plano de minutos RENOVE que fica BEM MAIS barato.

    • Renato Faria

      Então… viajar só prá comprar o iPhone realmente não faz muito sentido, mas porque não juntar o útil ao agradável, vá viajar para uma das cidades onde o iPhone é lançado antes, conhecer lugares novos, outra cultura… isso é bem bacana… e de quebra passe uma Apple Store e traz logo um iPhone, um MacBook Air, um monte de acessórios e fora as roupas! rsrs… depois vc coloca na ponta do lápis, o que gastaria lá fora e o que gastaria no Brasil comprando as mesmas coisas… tcharam!!!! O passeio ficou praticamente de graça!

      Só o iLex é rico e viaja só prá comprar o iPhone no dia do lançamento 😛 rs

  • Thiago Fascinni

    Nao tem nada a ver isso, eu comprei 2 iPhone 5 e mandei para o Brazil e chegou normalmente via correio.

  • Thiago

    O uso de aparelho não homologado é punível com multa de R$100,00 a R$3.000.000,00 e lacração/apreensão do aparelho.

  • gamereview

    acho que os fiscais estão atualizando seus iphones…

  • Anderson

    É contra a lei importar o iPhone 5? É. Então, assunto encerrado.

    • Victor

      “Se uma lei é injusta, um homem não apenas está certo em desobedecê-la, como ele tem a obrigação de fazê-lo.” Thomas Jefferson

  • HEBERT JORGE

    [2] Destruídos né? Aham.

  • Thomas

    Essa semana eu vi um rapaz saindo de uma agencia do correio com um iPhone 5 na mão, com uma embalagem do correios… E por sinal, era o iPhone preto, achei muito bonito!

  • Isa

    Se é destruido ou não eu não sei..
    Sei que quando era criança o pai de uma as minhas amigas trabalhava na Receita e todo dia ela recebia “pesentes”. Na época todo mundo criança.. Eram bichinhos virtuais, barbies de colecionador entre tantas outras tranquerdas que não tinham chego no Brasil.
    Mas hoje ela cresceu né! Muito mais adequado um Iphone.

  • li

    ta certooo.. pelos produtos vendidos no brasil,a gente paga muito caro por eles,e ta certo confiscar.. vai que teja algo errado? e ai como fica? mas essa de destruílo,como? no bolso de algum fiscal? essa é boa..

  • Bruno

    Tirando toda corrupção não acho de todo errado esse lado da fiscalização.

    Okay, o iPhone é conhecido e tals… Mas ja pensou se qualquer tipo de aparelho que transmite ondas de radio, nao testado pelas autoridades competentes, chegasse no país pelo correio?

    Nao duvido que nos EUA seja diferente…. É que lá realmente os aparelhos sao destruidos!

  • Robson

    Também duvido que seja para destruir, se o problema fosse homologação iriam apreender também os milhares de telefones chineses que são vendidos em todo o Brasil, toda feira de “importados” é repleta de modelos “xing-ling” e nenhum deles é homologado.

  • Julio Cesar

    O meu tablet ching ling comprado no Dealextreme passou pela alfandega que foi uma beleza e duvido muito que ele seja homologado, e sei que eles conferiram o produto pois ele foi sobretaxado em 60% mais apreender nada.
    Ai vem a dúvida… Qual será o destino o iPhone 5 mesmo? kkk

  • iLuk

    ENQUANTO NAO CHEGA O IPHONE5 NO BRASIL, OS FUNCIONARIOS DA RECEITA QUEREM PEGAR ALGUNS NA FAIXA….INFELIZMENTE NO BRASIL É ASSIM…

  • Carolina

    E destruir XING LING que é bom, ninguém quer.
    Desculpa pessoal, se a lei está sendo cumprida com o Iphone, ótimo! Mas deveria ser também com tantos outros aparelhos. Coerência pra quê né.

    • iRon

      2 pesos e 2 medidas, assim é o Iphone e seus concorrentes, rsrsrs.

  • Carlos Roberto Grothoff

    Eu QUASE cometi essa burrada importando pelo Ebay UK. Mas daí na última hora apitou um sinalzinho e eu desisti da compra, haha.

  • Jonathan

    Já tive problemas com a TNT nesse sentido, e ela acabou pagando erroneamente multas e tributos sem falar comigo. Nao pude pagar e ela ficou com o bem, e para minha surpresa eles sequer vão usar o MacBook, vão destruir no fim do ano, mesmo tendo ficado com eles. Apenas lamento pelo nosso sistema tributário e burocracia governamental.

  • Lucas

    MAs iai .. uns falam q compraram.. mas o do exemplo perdeu.. um amigo ja adquiriu o meu no canada.. mando ele enviar ou nao ?? =(((

  • Paulo

    Nossa que pena…

  • Matan

    Alô Receita Federal !
    Quer trabalhar mesmo vei ? Dá um pulinho aki na Sta Efigênia e pega todos os xingelings Hiphone que tem la de 2, 3 ,4 chips ,chama a Globo , faz uma propaganda bacana, fala que vcs estão pagando os dias parados de greve , e de quebra tb ta destruindo os Iphone 5 sem homologação pela Anatel que chega pelo correio, kkkk
    E manda o recado
    Tá vendo Dilma , nois trabaia kkk
    Ah vá ?

  • Alexandre Hol

    Porque nao esperam a homologacao e entregam aos devidos donos?

  • Fernand:o_O

    Para quem “ganha a vida” postando comentários na Internet, nada do que for noticiado será satisfatório. A notícia expõe que a Receita destroi os aparelhos. Ninguém acredita. Se a Receita fizer um vídeo com o trator passando em cima dos iPhones, aí vai todo mundo ficar indignado, dizendo que é absurdo, e isso e aquilo. É impossível ler uma notícia e acreditar, não é? Principalmente quando nos “colocamos no lugar” do fiscal. Aposto que o pensamento é esse: “Ah! Se eu fosse fiscal e pegasse um iPhone 5, ia ficar com ele para mim.” . Assim fica difícil mesmo…

  • otario

    Minha namorada (a otaria) trabalha em um escritorio q fica em uma luxuosa cobertura em um bairro nobre. A algum tempo, criou-se um ninho de pombos no forro da cobertura exatamente EM CIMA da mesa dela. Resumindo: segundo a lei ela (ou a empresa ou qualquer pessoa) nao pode matar os pombos pq sao animais silvestres, mas os pombos podem matar ela sem problema. Moral da historia: este eh soh mais um exemplo de que leis e merda muitas vezes tem o mesmo aspecto e cheiro.

  • Antonio Marques

    Palhaçada

  • Marcus Malacarne

    Não sei se eu que sou muito desconfiado, mas eu acho que não confiaria em comprar um iPhone no exterior e pedir para entregar aqui no Brasil. Indo lá buscar pessoalmente até vai, mas mandar entregar aqui não confiaria…. E se fosse buscar, provavelmente viria sem caixa, e dentro do meu bolso.

  • Daniel Weslley

    Não homologado no Brasil?
    E os Zilhões de ching-lings que tem na 25 de março (rua de comércio popular aqui em SP)? São homologados?
    Cadê então o PODER da fiscalização?

  • Luciano

    Nossa agora fiquei cabreiro, meu patrão esta indo pra nova iorque e vai me trazer o iphone 5, to com medo de chegar na alfandega e ter o aparelho apreendido, imagina perder uma grana dessas ta loco, poxa e agora continuo e peço pra ele trazer ou espero chegar brasil duvida, embora todos que eu sei que trouxe de la depois da viagem nunca teve apreendido, meu primo veio passar uns dia no brasil e ele mora no japão ele trouxe de la 2 ipads 5 ipod touch para familiares e amigos, e não barraram caraca, so que faltava esperar chegar o iphone no brasil e ter que pagar o roubo que eles cobram aqui

  • Giulliano Adami

    Destruído? Como diria o padre quemedo: “Isso not ecsiste”

  • Geraldo

    Esse país não quer perder nada.

  • Inich

    Esse negocio de ser destruído com certeza é balela, o aparelho deve ir pros depósitos e ser leiloado.

  • Robert Victor

    Material para um “Will It Blend?” Brasil…

  • Vitor Aurélio

    Vi o pessoal falando sobre trazer iPhone 5 dos EUA na bagagem de mão, na calça etc. Já está disponível pra venda o iPhone 5 desbloqueado?

    • Bárbara

      No Canadá sim.

  • Luiz Paulo

    Ê Carai!

  • Otavio

    Do jeito que funciona tudo ligado a importação ou serviço de entrega no nosso Pais, dúvido muito que esse iPhone será destruido.

  • Portilho

    To agora na porta da apple e a fila ta aumentando. Vão liberar os iphones as 08:00hs. 02 para cada pessoa.

  • Gil Mendes

    Em primeiro lugar eu até gostava de ver o aparelho destruído, contem outra que essa já não pega.
    Em segundo estas leis de importação que são aplicadas nos países são uma autentica treta, eu não sou brasileiro, sou português e passo-me com essas coisas.

  • Guilherme Bicalho

    Vocês conseguiram comprar o fullprice emloja física nos EUA? Porque online, só na apple store canadense… alguém poderia dar um dica? Obrigado!

  • Rui

    Duvido que vao ser destruidos, senao for pro bolso de alguem vai ser vendido por fora ou leiloado . Que vergonha meu Brasil 🙁

  • Claudio Bauer

    Seria mais transparente a Receita Federal apreender o aparelho comunicando ao dono que o mesmo será liberado após a homologação pela Anatel.

  • Felipe Maraschin

    Mesmo que a Anatel ainda não tenha homologado a função de telefone, o Iphone 5 ainda poderia ser utilizado como um Ipod. Se eu importar um aparelho pagando os impostos devidos não concordo que ele seja apreendido por que UMA PARTE de suas funções ainda não foram testadas. Cabe ao comprador aceitar o risco por comprar um produto não testado e não reclamar se o mesmo não funcionar perfeitamente.

    Sobre o contrabando, esse é muito polêmico. Por mais que eu acredite que os impostos são importantes, acho que o valor cobrado é exorbitante e fora do limite do racional. Se carga tributária fosse menor, com certeza não precisaríamos contrabandear.

    Não concordo com a conduta da Receita Federal neste caso e acho SIM que esses telefones vão parar no bolso de algum fiscal ou parente do mesmo, mas nunca irão para destruição. Infelizmente essa é a realidade para a grande maioria do povo brasileiro. Não é só a receita que é desonesta, também podemos adicionar a polícia, o governo, a população… Isso é reflexo do POVO. O BRASILEIRO infelizmente não honesto… O jeitinho brasileiro nada mais é do que burlar as leis e regras para poder se dar bem.

  • Tekiatu

    No lugar do leitor eu estaria morto!

  • Ivan Augusto

    Muito estranho isso… Se estou comprando o produto para uso pessoal, a polícia federal, o papa, a nasa, o Obama ou a Dilma, seja quem for, não tem nada a ver com isso… Se ele não é homologado aqui no Brasil, significa que eu não posso importá-lo para fins lucrativos, ou seja, não posso comercializá-lo, isso sim é ilegal, mas para uso pessoal, ninguém pode me proibir de comprá-lo e levá-lo para onde eu quiser, com ou sem caixa, na mão ou na mala, pelo mundo inteiro, é simples, numa hipótese, eu moro nos EUA, vim passar férias no Brasil, trouxe meu iPhone 5, numa viagem longa dessas, de avião, não quero vim com meu celular no bolso (é uma opção minha), guardo-o na caixa e coloco na minha mala… Com que direito a Polícia Federal vai confiscá-lo?! É meu, eu paguei por ele, se aqui no Brasil ele se tornará um enorme vegetal, pq não funciona ou sei lá, o problema é meu… a história já muda se eu tiver a intenção de revendê-lo, aí sim a Polícia Federal tem todo o direito de confiscá-lo, mas para isso, ela precisa comprovar a atitude ilícita, afinal, ninguém é culpado até que se prove o contrário, ou seja, a Polícia Federal tem que provar que vc estava com essa intenção, com essa vontade, caso contrário, ela nada pode fazer. A última hipótese em que ela pode confiscá-lo, é numa possível importação, onde eu não paguei o valor dos tributos, os tais 60% em cima do valor do produto, isso sim é lei (injusta ou não, é outra história), aí ela tem todo o direito de confiscá-lo, numa hipótese dessa, acontece muitas vezes, do cidadão comprar o aparelho fora por x dolares, não inclusos os impostos (ou mesmo que incluso, as vezes o vendedor no EUA não paga os impostos), e a Polícia Federal apreendê-lo pela falta de pagamento destes, mas é obrigada a liberá-lo quando do pagamento, ou seja, comprei um produto por $299, ao chegar no Br, a PF apreende pois não há pagamento de impostos, me dirijo até a alfandega e realizo o pagamento dos $179.4 (60%) e de todos os outros encargos, afinal, é como um carro, cada dia que ele fica no pátio, tem um custo a mais a ser pago, mediante isso a PF é obrigada a liberá-lo, volto a dizer, o aparelho é meu, o dinheiro gasto foi meu, contanto que eu não tenha intenções de revendê-lo eu posso fazer o que eu quiser com ele (exceto revendê-lo) e ninguém pode me julgar por isso. Por hora, o que posso dizer é isso… Mas, como advogado, vou buscar na lei alguma coisa que ilustre legalmente tudo isso que digo, e volto para compartilhar com vcs. Nesse intervá-lo, vc que comprou, e de repente sofreu com isso, dirija-se até a PF onde o aparelho foi confiscado, e explique o caso, se achar necessário, procure um advogado antes, para saber melhor como proceder, como disse, essa é minha forma de entender como advogado, eu brigaria por isso… Pediria para a PF me mostrar um documento da Anatel, ou de quem quer que seja, com aspecto legal, onde diz que aparelhos não homologados e para uso pessoal são ilegais e devem ser destruídos, existindo tal documento (que acredito não existir) aí sim, não há nada que possa ser feito. Mas, como já disse anteriormente, vou buscar algo melhor na lei para trazer melhor fundamentado. Por hora é isso ae.

    • Luiz Eduardo

      Concordo! A retenção do equipamento nada tem a ver com a homologação (apenas no caso bem descrito por você de compra para revenda – o que não pode ser feito no Brasil sem a homologação). Se fosse desta forma, nada poderia ser importado se não existisse (ou estivesse homologado) anteriormente no Brasil. Por exemplo, várias empresas importam equipamentos que não existem para venda no Brasil (para uso próprio) e nem por isso a Receita pode apreendê-los.

  • cassio

    q otima maneira o pessoal da RF “conseguir” um iPhone 5. essa é a merda de um produto fazer fama e ser objeto de desejo de muitos……. qtos produtos passam pelos correios e nem celo da NIC ou Anatel tem…..

    bando de pilantras.

  • Ronaldo

    Por se tratar de um produto legal, trata-se de descaminho…
    É nessa hora que vemos como o brasileiro é atrasado ou desonesto… As pessoas julgam a atitude do fiscal e coisa e tal, não vi ninguém condenar a atitude de descaminho do rapaz que estava importando… Brasileiro sempre adora dar um jeitinho em tudo…

    • Marcos

      Na verdade nao ocorreu o descaminho pois o envio é legal.

  • Ronaldo

    Por se tratar de um produto legal, trata-se de descaminho…
    É nessa hora que vemos como o brasileiro é atrasado ou desonesto… As pessoas julgam a atitude do fiscal e coisa e tal, não vi ninguém condenar a atitude de descaminho do rapaz que estava importando… Brasileiro sempre adora dar um jeitinho em tudo… E outra, estou fazendo concurso publico, sabe quanto ganha um fiscal e um auditor da receita? O salário deles compra uns 10 iphones mensalmente! Eles estao certos! Nao pode o brasileiro não deve dar seu jeitinho!

  • Marlon

    Como muitos dos outros que aqui comentaram tampouco concordo com o fato de tentar burlar a lei.
    Entretanto reconheço o padrão do brasileiro de tentar levar vantagem e tenho duas sugestões:
    – Como é um equipamento caro e que deveria ser testado antes do envio para garantir que está funcionando, peçam para o vendedor habilitar o iOS e “Find my iPhone” (pode ser trocando sua senha do iCloud, repassando para ele configurar e depois mudando novamente). Isso vai te permitir saber se ele está ligado e onde.
    – Requerer o # IMEI do aparelho e, quando do perdimento, pedir desbloqueio na ANATEL.
    Vamos, com isso, ajudar a moralizar nossa Receita Federal.

  • Cleber

    A Receita Federal está sempre querendo se mostrar. Daqui a pouco aparece o filho de algum funcionário vendendo no ML.

  • Luciano kartcher

    Estranho, pq eu comprei o meu no Canadá semana passada e mesmo caindo na fiscalização da receita federal em são Paulo consegui passar com ele, afinal a lei eh clara e hoje eh permitido a entrada de 1 aparelho celular por passageiro!

    Acho que o motivo da apreensão nao foi bem a homologação da Anatel

    • Você trouxe com você ou entendi errado?

      • Luciano kartcher

        Sim iLex, trouxe comigo no bolso!
        Cheguei aqui fiz a declaração de importação e pronto!
        Mas eh claro que existem fiscais e fiscais! Sempre antes de ir para o exterior eu passo na delegacia da receita federal e depois na fiscalização da alfândega, se elas forem divergentes eu nao trago o produto!

        • Então, Luciano, você interpretou muito mal o texto. Aconselho relê-lo com mais calma, porque ele faz claramente a distinção de “enviado pelo correio” e “trazido em uma viagem”.

  • Alfredo

    Duas opinioes:

    1- infelizmente o Brasil e um pais hipocrita, com leis podres e que tendem a beneficiar os mais abastados e poderosos. Apreender iPhones 5 por ainda nao serem homologados `e simplesmente um desproposito, mesmo se dentro da lei, ao mesmo tempo que vemos a mesma justica fazer vistas grossas para corruptos que roubam milhoes dos cofres publicos.

    2- Se apreendem meu celular, eu simplesmente pego ele e pisoteio ate “sangrar”. Se eu nao posso ficar com ele, ninguem ficara.

    • @Rivoquadril

      Pois faça, adoraria ver você sendo preso por causa de birra de menino de 12 anos.

  • Leda

    O problema não é com a receita federal, nem com os fiscais.

    A questão é: pq nosso iphone é mais caro do mundo???? Somos o país mais rico do mundo, por acaso? Pq nossos carros são tão absurdamente caros que viramos piada no exterior? Caramba, nós devemos ser muito ricos mesmo…

    As pessoas trazem bens de consumo dos EUA pq o preço lá é justo. Não se trata de ser desonesto, trata-se de valorizar o dinheiro que vc lutou muito para ter.

    Como se resolvem as coisas no Brasil: proibindo. O país da probição. Proibimos a melatonina para as indústrias farmacêuticas lucrarem com os tarja preta. Não conseguimos regulamentar o uso de algum produto ou recurso natual? Proibimos.

    Vc tem que se sujeitar a pagar o iphone mais caro do mundo. Pronto. Aceite. Vai fazer o que? Passeata na Av. Paulista? Vc, classe média, que tá se matando de trabalhar p/ comprar sua próxima carroça a preço de ouro?

    E digo mais: o problema não é apenas com os impostos. Nenhuma empresa estrageira lucra tanto como aqui no Brasil (isso se aplica às nacionais tb). Os impostos são absurdos? São sim, mas como disse o iLex, se fossem revertidos em favor da população, não acharíamos tão ruim. Mas pq temos de pagar tão caro para ter as mesmas coisas que as pessoas do resto do mundo conseguem comprar por muito menos?

    A despeito de existência de corrupção na receita federal e em tantos outros órgãos, acredito que a marioria dos fiscais seja honesta, sim. A questão não é quem vai ficar com o iphone, a questão é que se o preço dele fosse JUSTO aqui nesse país, as pessoas não PRECISARIAM comprar fora.

    Vc já foi ao exterior? Já fez umas compras? E agora, ainda compra por aqui? Em terras brasilis?

    Eu não sou desonesta. Declaro cada centavo do que ganho. Pago o que devo. Não acho que sonegar é caminho para mudar alguma coisa. Mas eu trabalho muito, pra caramba mesmo. E, sempre que eu puder, vou deixar de comprar qualquer coisa aqui no Brasil. Talvez um dia as vendas caiam a ponto de alguma coisa mudar, esse é meu protesto.

    • Alexandre Hol

      Acho que vc falou tudo.

    • krikaoli

      Gostaria muito de um botão de curtir. Se a gente pelo menos tivesse algum benefício do que paga. Estudo particular, hospital particular, serviço de segurança privado, sempre alinhando o carro por causa de asfalto ruim, transporte público ineficiente (Brasília deve ser um dos piores do Brasil). Tanta mazela o mínimo que eu quero é que a Receita me deixe ficar com o meu iPhone 5!

  • EDINHO

    Isso quer dizer que:
    Neste natal alguns vão chorar outros vão rir muito (Familiares de vocês sabem quem)

  • reno

    Não tenho dúvidas que nenhum Iphone até o momento foi destruído.

  • Edguitarra

    Destruído? hahaha

  • Trovalds

    Tem mais é que apreender mesmo. Todo mundo reclama que funcionário da receita é corrupto e o escambau mas na hora de “importar” o iPhone 5 cadê que alguém fez tudo pelos trâmites corretos? Só pra enumerar:

    – Nos EUA ainda não estão à venda os iPhones 5 desbloqueados de fábrica, então qualquer aparelho vendo nos eBay da vida ditos “americanos” já estão, de alguma forma, driblando a legislação local e quebrando um contrato que exige que você fique 2 anos atrelado a um plano de operadora de lá. A partir do momento que você concorda em ter um aparelho que vai ser obtido nessas condições, você vai ser cúmplice de uma “quebra de contrato”, pra dizer o mínimo;

    – No Canadá, onde já é vendido o aparelho desbloqueado, o valor do aparelho MAIS barato sai por C$ 699, o que fere as regras de importação da RF, que EXIGE uma DSI no caso de importação de produtos acima de US$ 500. Leia a respeito aqui

    Então, antes de apontar o dedo e dizer que só tem corrupto na RF, olhem pros seus próprios umbigos. Você está CONSCIENTEMENTE praticando um ato ilícito e ainda quer colocar a culpa nos outros. Que eles podem não ser funcionários exemplares, até concordo. MAS e você que reclama mas continua praticando seus ilícitos no dia a dia? Na boa? Vão chorar na cama que é lugar quente.

  • Fernando

    Aqui na minha cidade já apareceu uma loja vendendo o iphone 5 no valor absurdo de 4 mil reais…..e muita gente interessada………….

  • Geraldo Costa

    Voltei de New York domingo passado. Trouxe o iPhone 5 no bolso sem problemas.

  • Duke

    Engraçado isso… e todos os telefones do compredachina são homologados pela Anatel ? 2 Chips, 3 Chips, uma porrada de xing ling… So nesse país mesmo, todos sao tratados cmo contrabandistas, voce chegando de viagem parece q fez algo errado, so falta mandar tira roupa, sao uns bandidos, vao pegar quem faz outro tipo de comercio, 1 telefone nao vai causar nada pra economia. Mas os milhoes dos corruptos sim.

  • Davison

    Gostei muito dessa discussão. Embora você quer comprar um iphone por R$ 1.200 ou a U$ 199,00 no plano, tenho toda certeza que todos brasileiros gostaria de ter um iphone5. Vamos comprar votos quem sabe eles liberam o nosso brinquedinho?

  • krikaoli

    O Dexter, o Victor e o Augusto fizeram comentários bem interessantes. Não estou familiarizado com esse procedimento de destruição, mas o dono do iPhone 5 deveria entrar com um pedido administrativo, o tempo de analisarem impedirá o iPhone 5 de ser destruído. Espero que leve não muito tempo, pois se for levar o tempo de praxe, lá da Receita Federal, você deverá estar recebendo o produto de volta na época do lançamento do iPhone 6 ou 5S. Acho que pelo valor que você pagou seria bem coerente tentar reaver o produto, pois conforme um dos subscritores bem disse, talvez esse não seja caso para “destruição” do iPhone 5.

    Gostaria de parabenizar o blog pela postura imparcial, algo quase impossível num debate como esse. E agradecer mais, por não ter cedido ao pedido absurdo de censurar a liberdade dos leitores de se expressar. Senhor Auditor, a indignação e a incredulidade das pessoas aqui decorrem da realidade, por isso não as censure. Mais uma vez lanço o desafio para que eu possa acompanhar a destruição de qualquer iPhone 5 na esfera da Receita Federal em Brasília, vou fotografar tudo. Me colocar à diaposição para escreve uma matéria por conta própria sobre o assunto.

    Ps: Cadê a Receita Federal agindo contra a Feira do Paraguai em Brasília, local notório de venda de descaminhos e falsificados?

    O meu tio era auditor da Receita, ele era honesto e por isso, por ser honesto, e não compactuar com colegas corruptos saiu da Receita. O meu outro tio era auditor da Eletronorte , esse foi mais coitado ainda, bateu de frente com o gente do Sarney, resultado ele não resolveu a bagunça, mas teve infarte. O meu irmão foi o responsável por investigar o Cacciola, banqueiro corrupto, foi ele também que combinou a prisão do Cacciola, apesar da PF ter ficado com os louros. Eu lido diariamente ajudando pessoas que tem dinheiro apropriado por maus profissionais. Podia dar outros exemplos, mas o que quero dizer é que eu me sinto a vontade pra criticar. Toda a profissão tem maus profissionais, mas a Receita além de ter maus profissionais é uma máquina mortífera de lesar o cofre do cidadão simples, enquanto quem verdadeiramente tem riqueza pouco é feito, pois ele paga o cafezinho ou simplesmente conta com vantagens lícitas em relação a grande parcela da população.

    Enfim te fiz um desafio e não me escondo por detrás de um nick, quero presenciar a destruição do iPhone 5 e registrar tudo, se possível.

    Grande abraço e fico feliz por você ser um dos honestos.

    Ps: lembrando que na Copa do Mundo a Receita Federal liberou um avião carregado de descaminho, cheio de produtos eletrônicos. Ninguém foi punido.

    • krikaoli

      Por favor, me desculpem os inúmeros erros de português, mas digitei tudo no iPhone e digamos, no calor do debate. Será que alguém lembrou do escândalo do avião dos jogadores da Copa do Mundo carregado de descaminho?! Abraço de novo!

  • Henrique

    Que excesso de zelo. Isso quer dizer que os aparelhos de telefone sem fio estão sujeitos a apreensão também, eles não têm selo da Anatel. Como custam pouco ninguém quer apreende-los ? Monitorar a evolução do patrimônio de políticos corruptos a Receita não consegue, têm que levar nosso iphone ? Piada de Brasil !

  • Eduardo

    Perai, tem gente reclamando dos “desonesto” da receita , sendo que vocês tão tentando colocar produto ilegal no país???????

    Piada esses brasileiros. !!!!!!!

  • Gunter Braga

    Não entendo o poque de destruir os aparelhos, acho isso muito errado pois deveria devolver para o destinatário e o mesmo pagando as despesas de envio.

  • Fernando Denardin

    Todos fiscais da receita já devem tá com iPhone 5 no bolso!!!! HaHa!

  • Marcos

    O mais justo seria mesmo mandar o aparelho para a pessoa e cobrar os impostos…. MEU ponto de vista… importar xingling da china PODE? e iphone nao pode?? Se eles inteceptarem TODOS.. digo TODOS os aparelhos que entram ilegalmente aqui… BELEZA… mas porque só com 1?? 2 pesos 2 medidas… isso nao é justo…

  • Ivan Augusto

    iLex, como disse pela manhã, fui buscar parâmetros legais que justifiquem a atitude da PF, em uma rápida olhada no Decreto-Lei nº 6759 de 5 de fevereiro de 2009, encontrei no Capítulo II – Do Perdimento da Mercadoria, em seu artigo 689:

    “Art. 689. Aplica-se a pena de perdimento da mercadoria nas seguintes hipóteses, por configurarem dano ao Erário:

    […]

    XX – importada ao desamparo de licença de importação ou documento de efeito equivalente, quando a sua emissão estiver vedada ou suspensa, na forma da legislação específica;

    […]”

    A questão é a irregularidade na importação visto que o documento que autoriza tal prática é emitido única e exclusivamente pela Anatel, portanto ao bem é aplicada a pena de perdimento. Podemos ver aqui que não importa o destino do produto, seja para uso pessoal ou para revenda, a Anatel proibe a circulação do produto em território nacional.

    Na verdade, a questão não se trata de proibição, se trata, talvez, de uma defasagem no sistema como um todo, a Apple não divulgou quando e nem se vai vender o iPhone 5 no Brasil (embora sabemos que sim, será vendido, e muito provavelmente perto do natal), portanto não enviou documento algum à Anatel, deixando esta última impossibilitada de de homologá-lo, acredito que quando a Apple solicitar a homologação do produto, a Anatel providenciará à emissão do documento, e assim poderá ser vendido ou importado em solo nacional.

    Quanto ao destino dos produtos apreendidos, no mesmo Decreto-Lei, no Título III – Do Controle Administrativo Específico, Capítulo I – Da Destinação de Mercadorias, em seu artigo 803:

    “Art. 803. As mercadorias apreendidas, objeto de pena de perdimento aplicada em decisão final administrativa, ainda que relativas a processos pendentes de apreciação judicial, inclusive as que estiverem à disposição da Justiça como corpo de delito, produto ou objeto de crime, salvo determinação em contrário, em cada caso, de autoridade judiciária, serão destinadas da seguinte forma:

    I – por alienação:

    a) a pessoas jurídicas, mediante leilão; ou

    b) a pessoas físicas, mediante leilão, vedada sua destinação comercial;

    II – por incorporação:

    a) a órgãos da administração pública; ou

    b) a entidades sem fins lucrativos; ou

    III – por destruição ou inutilização, quando assim recomendar o interesse da administração.”

    Ou seja, como vemos no inciso III supracitado, o produto pode sim ser destruído ou inutilizado, a grande questão, é que tal decisão é norteada pelo interesse da administração, ou seja, o produto pode, não necessariamente ser desctruído. Uma questão que me atormenta a esse respeito é que o bem fica apreendido, e nenhum de nós sabe quando ele será destinado e qual destino tomará, digamos que nesse meio tempo, a Anatel homologue o produto, e assim torna-se lícita a sua veiculação em solo nacional, será que consigo o aparelho de volta? No caso da alienação, sei que há uma indenização cujo proprietário do bem pode pleitear em juízo contra o Estado.

    Sei que há um tipo de indenização que posso pleitear em juízo contra o Estado, mas sinceramente, não li as hipóteses em que posso pleitear a indenização, mas acredito que no exemplo que cito acima não caiba nem indenização. Sinceramente não sei, teria que ler sobre para saber as hipóteses.

    Uma outra questão intrigante é que numa rápida busca no Google, outros portais tecnológicos postaram a mesma notícia, e tanto lá quanto aqui, há leitores que disseram que entraram no país com o telefone no bolso. É quase uma questão de “dois pesos e duas medidas”, qual a diferença entre eu entrar com um produto no bolso e importá-lo de fora? Da mesma forma ele não é homologado e a questão aqui não é a finalidade que darei ao produto, portanto, a PF deveria apreender ou liberar todos os produtos nessas condições.

    Conclusão, a PF tem embasamente legal para apreender e detruír os aparelhos. Porém, há brexas na lei que permitem que o procedimento seja feito. Por exemplo, nos portais por onde passei lendo as notícias e comentários, as pessoas disseram que importaram seus aparelhos SEM CAIXA, LIGADOS (“find my phone” ativado) e por correio, 90% dos que disseram ter feito isso, disseram ter recebido seus aparelhos sem maiores problemas. Houve um que me chamou bastante atenção, pois além da ausência da caixa e do produto ligado (“find my phone” ligado) ele combinou com o vendedor de este enviar junto um tipo de bilhete, dando a entender que o proprietário teria esquecido o aprelho em uma eventual visita nas últimas semanas, e que por isso estava enviando por correio, óbviamente, tal atitude foi combinada com o vendedor, e o leitor recebeu o aparelho, também, sem maiores problemas.

    Como advogado, recomendo segurar a ansiedade e comprá-lo em dezembro quando chegar ao país. Vale a pena esperar por não ter dor de cabeça. E aí, vc poderá comprá-lo aqui ou em qualquer lugar do mundo.

    Espero ter ajudado, e esclarecido as dúvidas dos leitores. Caso haja algum advogado ou especialista no assunto que também acompanha o blog, por favor me corrija se eu estiver errado.

    Um abraço.

    PS. Desculpa pelo tamanho do post. rs

    • Francisco D’Anconia

      Cara, não é brecha na lei, é CRIME.

      E a PF não apreende nadinha, a autoridade aduaneira é a Receita Federal.

  • manuel s

    olá , para o cara que comprou , fica a dica , ligue para o comprador ou mande um e-mail , explique a situação , e bloqueie o aparelho pelo imei , dessa forma , ninguém vai usar seu iphone como celular , agindo dessa forma até que o iphone seja homologado no brasil .

  • VimpriO

    Vou comprar um e ativar o restreamento dele. Se não passar na receita e ele for “destruído”.

    Vou bater lá na casa desse vagabundo!

  • Caio Augusto
    • krikaoli

      Sempre atual, William Shakespeare, Hamlet, “Há algo de podre no reino da Dinamarca”. ILex meu 4S está começando a não conseguir mais abrir de tantos comments. E o seu 5?!

      • É só reabilitar a versão móvel que as reclamações recomeçam…

        • krikaoli

          Justiça seja feita, pra ler as matérias a versão móvel rox, mas os comentários pesam, quando acima de 250. O que mais gosto mesmo é a função “leitor”. Mas vc me deu uma idéia, vou desabilitar a função móvel. Abc

  • serjão

    Pra quem tem dúvidas sobre o procedimento dos fiscais da receita é só entrar no site da tranparência federal e olhar o numero impressionante de fiscais da receita e policiais federais demitidos do serviço publico. transparencia.gov.br/servidores

  • Leda

    Quer dizer que o iphone 5 não foi homologado ainda, né? Pois é… Então pq as operadoras já estão vendendo o nanochip p/ ele?

    E inisisto: as pessoas compram iPhone nos EUA não é pq são desonestas. Desonesto é o preço do iphone no Brasil.

  • marcelo

    Aproveitem o domingo 07 de outubro para tentar o começo da mudança. o voto é a ferramenta ideal para isso.

  • luciano

    bom pelo que li na receita, celulares não se encaixam a cota de 500 dolares, ele agora é limitado a 1 por pessoa como iso pessoal, se eu estiver errado alguem me corrija

  • Abner Seixas

    Olá iLex!

    Olhe só a Receita Federal se pronunciou sobre o assunto pro Olhar Digital.
    Segundo o Olhar Digital, que entrou em contato com a Receita Federal, os aparelhos não estão sendo barrados por falta de homologação, mas sim como medida contra a entrada de produtos falsos no país. Por terem origem na China, a Receita Federal costuma duvidar da procedência verdadeira dos aparelhos e os apreende. Segundo o órgão, quando a demanda é alta, representantes do fabricante – no caso, a Apple – verificam a “carga” e, comprovado que o aparelho é original, ele é então devolvido ao dono.

    Agora será q isso aconteceu ou vai acontecer com o Luiz Soares?

  • Gabriel de Souza

    Pelo o que eu fiquei sabendo em outros sites eram só iPhones 5 falsificados ‘-‘

  • Rodrigo

    Enquanto vocês brigam, os fiscais estão ocupados usando o novo iphone

  • Cleber Menuci

    S!,

    Resumindo, quando EU estou roubando, cometendo um crime, um descaminho, um contrabando e outros ai citados, pode, quando alguém aplica a lei no MEU a coisa ferve.

    Quer um pais de primeiro mundo? Comece por você. Por nós!

  • Ana

    Alguem comprou o iphone 5 na inglaterra e esta usando no Brasil? Ele funciona no Brasil?
    Por favor alguem pode me responder, se esta usando um iphone 5 comprado na Inglaterra?

  • Anderson

    Acho que não passou dos limites, tem que ir alem.

  • Luana

    Mas o iPhone 5 funciona aqui iLex ?

  • Matheus

    Se caso o indivíduo comprar o iPhone avista , e ele for destruído aqui no Brasil , como é feito para a devolução do dinheiro perdido?

  • Evandro

    Agora quem acredita que serão mesmo destruidos esses aparelhos.

  • Enzo

    o iPhone ja foi homologado pela Anatel, mais ainda estao pegando iphones 5 no correio??

  • Gabriel

    E agora? 1 ano após.. será que ainda não é válido importar o iPhone 5 para o Brasil? Medo de ser taxado!

  • keila main

    é só o 5s ? ou os outros tambem ? ex: I phone 4