Notícias

[vídeo] Tim Cook fala na Conferência D10, do AllThingsD

Todos os anos, o site AllThingsD promove um grande evento onde entrevista celebridades do mundo digital. Steve Jobs participou de algumas edições (baixe os vídeos aqui) e agora é a vez de Tim Cook subir ao palco e responder algumas perguntas.

Tim se mostrou à vontade e bem seguro no palco, revelando curiosidades da Apple mas se recusando a deixar escapar qualquer novidade que esteja por vir no futuro. A seguir, fizemos um resumo dos pontos que ele destacou durante a entrevista.

O Siri irá evoluir nos próximos meses

Já demos uma palhinha aqui sobre isso, com a afirmação que o time de engenheiros da Apple está constantemente melhorando o assistente vocal Siri no iPhone 4S. Ainda em versão “beta”, a função receberá importantes melhoramentos que o deixarão ainda à frente da concorrência.

Eu acho que o Siri nos provou que as pessoas querem se relacionar com o seu telefone. Reconhecimento de voz já existe há algum tempo, mas o que faz o Siri legal é sua personalidade. […] Vocês ficarão contentes com o que estamos trazendo à função. 

Apple e Facebook: ‘Fiquem ligados’

Quando o jornalista Walt Mossberg perguntou sobre o Facebook, Cook disse que a relação entre as duas empresas pode crescer ainda mais. Ele encheu o Facebook de elogios e respondeu um simples “Fiquem ligados” à questão de uma maior integração do serviço no iOS (como acontece hoje com o Twitter).

A morte de Steve Jobs

Falando de Steve Jobs, Tim declara que o dia 5 de outubro de 2011 foi um dos dias mais tristes da vida dele. Mas teve um momento no final do ano passado que ele se deu conta que deveria seguir em frente. Mesmo seguindo a “cultura da empresa” (implementada por Jobs), ele confessa que já aplicou algumas mudanças de filosofia que tem mais a cara dele, como o programa de dividendos para os acionistas e alguns incentivos para funcionários.

Outras coisas que Cook diz ter aprendido com Jobs é que “Foco é a chave” e “Não [apenas] aceitar o bom“, procurando sempre o melhor.

Steve também nos ensinou a olhar para a frente, não para o passado. Quando eu digo que as coisas não vão mudar, eu estou falando sobre a cultura da Apple. Você não pode reproduzi-la. Você não pode obter um relatório de consultor e replicá-la. É algo que está em nosso DNA.

A Apple inventou o tablet moderno

Na entrevista, Cook disse que o iPad não pode ser comparado ao Mac, lançado em 1984.

O tablet é diferente. Ele faz coisas que não tem a ver com o que o PC fazia. Nós não inventamos o mercado de tablets, nós inventamos o tablet moderno.

Mais produtos fabricados nos Estados Unidos

Cook disse que pretende fazer um esforço para que mais e mais produtos da Apple sejam fabricados nos EUA (assunto popular atualmente na crise americana).

Vocês podem apostar que usaremos nossa influência para fazer o máximo possível de coisas nos Estados Unidos.

Brigas de patente são um saco

Seguindo a linha de Steve Jobs, Cook disse que a atual briga de patentes é “a pain in the ass“, no qual nosso editor caretão nos fez traduzir como “um saco”. Tim disse que é bastante desgastante a luta pelos direitos de criação, mas ele não quer que a Apple seja “o desenvolvedor de tecnologias para os outros“. A empresa continuará tentando reprimir as cópias que algumas empresas fazem de sua tecnologia.

Mais segredos e mais transparência

Quando perguntado se a Apple poderia ter menos segredos em relação aos seus produtos, Cook respondeu, sorrindo, que serão ainda mais rígidos nos segredos de futuros produtos. Ao mesmo tempo, ele disse que a empresa será “super transparente” em outras coisas, como as condições de trabalho nas linhas de produção chinesas e nas questões ambientais. E nisso, ele espera que as outras companhias imitem a Apple.

Vendas de Apple TV dobraram no último ano

Quando perguntado sobre a Apple TV, Cook diz que ela foge das características dos produtos Apple, mas que é uma área de intenso interesse para a companhia.

Nós não somos o tipo de empresa que faz ‘passatempos’. A nossa tendência é fazer poucas coisas e, se algo não dá certo e não vira um grande sucesso, nós o tiramos do caminho e dirigimos nossa energia para outra coisa. Com a Apple TV, porém, você vê o que temos feito. Nós estamos trabalhando nisso, não é a “quinta perna do banquinho” [NDE: algo que não tem utilidade]. Não tem o mesmo tamanho de negócios que tem o iPhone, Mac ou iPad, mas no ano passado vendemos um pouco menos de três milhões de TVs da Apple.

O jornalista perguntou sobre a possibilidade da Apple lançar uma TV própria, tão rumorizada ultimamente. Ele disse que há algumas questões a serem respondidas antes da Apple lançar um produto novo:

Podemos controlar a tecnologia? Nós faremos uma contribuição nesta área? Podemos fazer o produto que nós queremos?

Eu faço as mesmas perguntas quando leio rumores sobre um iPhone mais comprido.

Confira o vídeo (em inglês) com o resumo da entrevista:

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados