Notícias

Cerca de 2/3 das buscas do Google feitas em dispositivos móveis vem do iOS

O Google sempre anuncia aos quatro ventos que seu sistema operacional móvel, o Android, está prestes a dominar o mercado, representando a maioria dos dispositivos móveis atualmente, inclusive no número de ativações diárias. Seria até lógico, pois com o sistema rodando em aparelhos bem mais baratos (ou até mesmo tablets tupi-guaranis) é muito mais acessível a mercados com menos poder aquisitivo.

Porém, a realidade pode ser bem outra, desiludindo a quem já cantava vitória pelo robozinho verde ser encontrado em qualquer camelô. Uma empregada do Google deu hoje uma declaração interessante em seu testemunho em um processo judiciário: dois terços das buscas feitas por dispositivos móveis são feitas com dispositivos iOS (iPhone, iPod touch ou iPad). Por ser um testemunho sobre juramento, ela não pode mentir sobre o que diz.

Ou os usuários de Android não usam o… Google (!!!)… ou há algo de errado nos números que as equipes de marketing divulgam.

Cada um tire sua própria conclusão.

via 9to5Mac

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Gabriel Ericeira

    Os usuários da Apple mostrando seu poder 🙂

    • O Android é um sistema bonito, com um visual ótimo, mais isso deixa ele lerdo, “pesado” e instável. O pessoal que tem Android não acessa a internet por um simples motivo, como o Android roda em qualquer aparelho eles(as fabricantes dos celulares) esquecerem e ver a questão da bateria, eu tenho amigos que não usam a internet 3G porque a bateria acaba em questão de horas. Quem tem iPhone/iPod/iPad não tem esse problema 😛

      • bixi

        gostava de saber onde é que viste isso que o deixa lerdo, pesado e instável. no caso da internet do android conheço muita gente que usa net nele. aí tu enganas-te

        • Ciro Espítama

          Concordo com o colega acima. A minha esposa tem um Galaxy Ace, cuja bateria dura um pouco mais da metade que a do meu iPhone. E tem também a questão de quem compra um Android “genérico” e não assina pacotes de Internet.

    • Eduardo benigno

      Desculpa fugir um pouco do assunto mas tem haver com apps, trata-se do app do facebook para iphone, uso o ios5 como desenvolvedor e o aplicativo não está funcionando, trava toda hora. Alguem pode me dizer o que está havendo?

  • Jean

    Normal… rs

  • SandraMarize

    Legal o post iLex.
    A matéria apenas confirma o que podemos perceber no dia a dia.. Cada vez mais as pessoas se rendem a facilidade do sistema IOS e de seus gadgets..

  • Ruan Bernardo

    Sempre desconfiei da suposta “dominação” do robozinho verde! Agora,tenho certeza! 😉

  • Bruno Maciel

    O que acho é que vários aparelhos rodam Android, em sua maioria aparelhos baratos. Com isso a pessoa não está comprando um smartphone, apenas um aparelho que faz muitas coisas como há 5 anos, onde tem um bloco de notas, coloca suas músicas, etc… mas não se importa com aplicativos, internet, etc. Tanto que até em número de navegação é menor no Android ao do iOS.

    • Daniel

      Concordo. Outro ponto importante é que esses números incluem o iPad, que é muito mais propício a navegar na internet (usuários de celular tendem a usar mais apps para o cotidiano que o browser), e não é segredo algum que o Android está sendo esmagado nesse segmento.

      • Exatamente. O Android está crescendo em market share, mas a maioria dessas pessoas que estão comprando não são fãs de Android, Linux ou internet. São usuários comuns que querem um smartphone só pra ter uma tela de toque e um ou outro benefício, raramente usando a internet. 70% dos usuários de Android que conheço são assim. Não que isso seja um defeito: é apenas o perfil dos usuários. É tanto que outra pesquisa revelou que a maioria dos usuários praticamente não instala apps!

        • Gregorio

          Concordo com essa análise, e ainda acho que, mesmo com o market share do Android crescendo, ainda há mais dispositivos, em números absolutos, rodando iOS do que Android. Para ser sincero, não vejo surpresa nesses números, apesar de a estatística ser interessante.

  • Carlos Eduardo Nunes

    iLex, como você mesmo citou, o Android vem embarcado em aparelhos mais baratos, então será que todas estas ativações de Androids consideram que uma boa parcelas dos seus usuários NÃO vão contratar um plano de dados 3G ou que NÃO tem acesso fácil a WiFi seja em casa ou no trabalho? Vamos lembrar que o Brasil não é um país, digamos acessível.

    É claro que não posso usar como critério estatístico, mas já conversei com algumas pessoas que tem Androids e a maioria não tinham a menor idéia de que era possível acessar internet, email, skype entre outros através dos seus celulares, com Android

    Não sei o resto do povo que acompanha o blog, mas eu conheço pouquíssimas pessoas que tem celular com Android porque realmente acham ele melhor e conseguem argumentar porque na opnião deles o Android é melhor que o iOS, já a grande maioria das pessoas que conheço que tem celulares com Android simplesmente acham que tem um celular como um Nokia, Samsung, Sony sem se importar com o SO que roda no aparelho.

    Posso estar totalmente enganado, mas a minha percepção é que no Brasil a maioria esmagadora das ativações de Android ocorrem porque a operadora forneceu o celular gratuitamente ou por um preço simbólico quando o usuário assinou o contrato.

    • Cristiane

      A primeira coisa que me veio à cabeça ao ler o artigo foi exatamente isso: quem opta por um celular mais barato também não vai pagar um plano de dados.
      Também tem a questão, como já citei em outro post, sobre a facilidade em usar uma função no aparelho. Acredito que muita gente não use a internet móvel simplesmente porque não consegue fazê-lo.

      • Leandro.ES

        É isso que penso também! Na verdade, eu tenho certeza! Conheço muita gente que tem iPhone e iPad (iPod nem tanto) e TODAS essas pessoas possuem plano de dados. Usuários de iPhone já têm a facilidade de, na própria linha, ter a conexão 3G resolvida facilmente num plano de dados (eu por exemplo) ou utilizando diretamente uma rede wi-fi. Quanto aos usuários de iPad, acontece o mesmo, principalmente iPad2, já estão optando diretamente pelos modelos com 3G justamente para terem a facilidade de pegar um chip na operadora e utilizar a internet, dando adeus àqueles “modems malditos” (kkk). Todos que conheço que usam iPads usam versão com 3G.

        Por falar nisso, tenho percebido que as operadoras de telefonia já estão até mais familiarizadas com a venda desses chips só com plano de dados para iPads… esses dias minha cunhada foi até uma loja de uma dessas operadoras e apenas pediu um chip para usar no iPad dela. Em poucos minutos ela já saiu de lá conectada na Internet… e sem muitos questionamentos na loja, ou seja, pediu o chip, entrou num plano de dados e já estava tudo na mão! Por outas palavras, acredito que esteja mais fácil agora pra se ter acesso a esses recursos que antes eram mistérios dentro das lojas. E quanto aos “modems malditos”, daqui a algum tempo eles devem participar bem menos do mercado. Quem tem iPhone e usa o Acesso Pessoal que o diga! Até conheço alguns (poucos) que ainda utilizam esses modems 3G… mas em notebooks rodando windows (Credo! Já desapeguei faz tempo!).

        Mas enfim, voltando ao assunto, por outro lado, todos os que conheço que têm aparelhos com Android não utilizam internet exatamente pelo custo. É bastante nítida a proposta da compra desses aparelhos, que foram adquiridos apenas para fazerem ligações telefônicas, agenda e, em alguns casos, para serem utilizados como MP3 player talvez. E cá entre nós, e que a verdade seja dita… quem compra um iPhone ou iPad é porque já está em um patamar de exigência bem maior do que as demais pessoas que ficam no “feijão com arroz” do mercado e estão dispostas a ter qualidade e facilidades em todos os sentidos.

        Não dá para comparar iPhone ou iPad com nenhum outro equipamento atualmente disponível no mercado, por mais que ainda insistam que existam equivalências… Sistema Android? Qual a vantagem? Mostra uma do Android que eu mostro dez do iOS! Recentemente um amigo meu ficou um tanto chateado por ter tido seu Android derrubado por um vírus que apagou tudo e deu boot no aparelho… mas, cada um com seus problemas! E sinceramente, ter atualmente um iPhone sem plano de dados ou iPad sem 3G é o mesmo que comprar uma Ferrari para ficar dando voltinhas no quarteirão.

        Eu costumo dizer que a vida de quem utiliza esses aparelhos de telefonia e/ou tablets de forma geral, tem duas fases: uma antes e outra depois do iPhone (ou iPad). Basta perguntar para quem fez a troca para um desses dois se voltaria à vida anterior… falo isso porque, por curiosidade, eu já fiz essa pergunta para muitas pessoas e a resposta é bastante decisiva em em bom tom: NÃO!

        Grande Abraço!

  • Pedro Fernandes

    Apple sempre dominando o mercado

  • O mais engraçado é que dentro do Android, a maioria dos recursos vem com o buscador Google como padrão.
    Eu acho que há algo de errado nos números que as equipes de marketing divulgam.²

  • Cristian

    Pouco me importa se o Android é ou não o mais usado, e muito boa a explicação sobre o porque ele ser o sistema de dispositivos móveis que tem mais ativações diárias, no primeiro parágrafo. Eu digo uma coisa, gosto de poder fazer parte dos 2/3 da pesquisa, e se fosse 1/3 o iOS, continuaria usando ele. 😉

  • Lipe

    Tudo que é melhor sempre se destaca. Apple é sem igual.

  • iJE

    A minha opinião é que, como a maioria dos aparelhos com Android são celulares mais baratos (ou menos caros) e/ou adquiridos por pessoas com renda menores, e os seus planos de acessos à internet acabam sendo mais limitados e consequentemente menos utilizados.

    Vale ressaltar que a declaração diz que a maioria das buscas, e não de acessos únicos, é feito pelo iOS. Isso quer dizer que quem tem iOS utiliza muito mais o Google, e a internet, do que quem tem Android, e não que tem mais gente com iOS do que com Android.

    P.S. Adorei a ilustração do post. Alguma chance da Google utilizar algo parecido no dia do lançamento do iOS 5? 😀

  • Oliveira

    Andro o que ??só conheço iOS hehehehehe

  • Francisco junior 

    Em falar em andoid de Xing-ling: o android dos Xing-lings tem loja de aplicativo(market)?

  • Lula

    a fonte dessa infomação é de confiança duvidosa. Eles ainda acham q o novo iphone vai ser o iPhone 4S.
    na primeira pagina vc ja vê isso: Will the ”iPhone 4S” be the only iPhone launched at Apple’s Fall event?

    • Já que você se preocupou em conferir a fonte, confira também o link do vídeo em que a funcionária dá o depoimento. 😉

  • Victor Martins

    O segundo botão início está levemente mais claro! Exatamente onde ficava o segundo O do Google e que não tinha a tonalidade correta do amarelo.

  • Rodrigo

    Um amigo meu teve a oportunidade de comprar o iPhone ou um Galaxy S. Falaram para ele que o iPhone não dava para passar músicas por bluetooth e que para colocar músicas somente pelo iTunes. Enfim, comprou o Galaxy S mesmo. Até hoje não colocou nenhuma música, não acessa internet e não sabe nem como usa o calendário do celular, pois parece que tem que se logar usando algum serviço de calendário on-line (isso procede?). No final das contas ele comprou um Android caro, não usa absolutamente nenhuma função básica de um smartphone e tenho certeza que ele indicará, para quem puder, que não compre o iPhone por causa da “limitação” das músicas.

    Vejo que as pessoas amam ou odeiam o iPhone e até mesmo nem sabe REALMENTE o motivo que prefere o Android.

    Eu uso o iPhone há 2 anos e nunca vi nenhum outro smartphone que é comparável com a fluidez do iPhone. Tudo é simplesmente simples, prático e funcional.

    Semana passada usei um Nokia durante 3 dias seguidos. Nossa, me deu agonia. Juro! O wi-fi desconectava automaticamente a todo instante e era impossível navegar na internet (o navegador não é nada prático) e até mesmo o WhatsApp ficou meio confuso (sempre usei no iOS.

    Realmente os smartphones concorrentes estão muuuuuito atrás do iOS.

    Juro que não sou fanboy, sei de alguns limites da Apple e quando tem algo de errado eu consigo enxergar o lado negativo, ao contrário de alguns fanboys. Mas realmente, muito provável que eu não saio do iOS durante os próximos anos.

  • Omarbh

    “Tupi-Guaranis”? É algo depreciativo? Acho que a qualidade do artigo desse excelente blog “tupiniquim” seria a mesma sem essa expressão que corre o risco passar uma idéia negativa dos povos indígenas e dos brasileiros.

    • Omar, não vejo depreciação na frase citada.
      Aconselho a procurar no Google informações sobre o tablet Ypy. Talvez assim entenda a brincadeira. 😉

    • Monty

      Claro que não podemos depreciar! Afinal, o Brasil sempre esteve no ‘estado da arte’ da tecnologia, né? 😉 [ironic mode -> on]

      • Omarbh

        Monty,
        Se o mundo tecnológico fosse apenas de iPhone e de iPad, você estaria quase certo, afinal a Apple projeta, mas quem desenvolve as peças, os componentes e quase tudo são, na maioria, os asiáticos. A Apple junta o que já existe ou encomenda para quem pode e sabe fazer aquilo que terá (ou dará, como preferir) vida com o iOS e os apps. Cada um com suas virtudes e qualidades.
        Agora o mundo tecnológico é beeeeeemmmmm maior que iDevices e, em muitos casos, ser tupiniquim ou tupi-guarani é sinônimo de tecnologia de ponta.
        Não vou polemizar, porque até entendi o que o iLex quis dizer, mas, como contribuição ao Blog, alertei-o quanto a possíveis interpretações negativas.
        Dou-lhe, generosamente, a mesma sugestão que o iLex me deu: Vá ao Google e pesquise coisas sobre a contribuição nacional para a indústria aeronáutica e para a ciência da genética, ou muitos outros assuntos tecnológicos, você vai passar a ter orgulho de usar verde-amarelo.

  • Daniel Pinho

    É isso o que acontece: o sistema pode ter maior número de ativações, mas a experiência do iOS é muito melhor, o que faz com que seus usuários usem bem mais a internet e o Google nele.

  • TiãoGavião

    Dentro da normalidade, 🙂 hehehehe

  • OfeiO

    inicio do mes dez estarei com meu iphone 4 n vejo a hora de troca esse nokia 5530

  • Samuca

    a maioria q tem android nem acessa a internet! ahihauhah

  • Sonia

    Pra quem tem iPad com 3G, poderiam me indicar um plano legal pra eu adquir pro meu, obrigado 🙂

    • Rodrigo Rocha

      Infinity Tablet. 30 reais/mes!

  • cllaro

    Não sei não, acredito que tem que ser feita uma pesquisa mais profunda, no subsolo existem ver…inhos. Ops… dinhos.

  • Luiz

    A verdade é que o android vem em aparelhos de facil acesso. Por isso, a pessoa pode nem ter muita renda financeira, mas com as funções que o aparelho faz, acaba comprando. Como ele gasta o dinheiro todo com o aparelho, não pode contratar um plano de dados. Resumindo, não acessa a internet para não consumir os créditos. Kkkkk

  • Roney Cezario

    Eu estou nessa lista.

  • Alexandre Luna

    iGoogle!

  • nynrod

    Creio que o problema em questão esteja na proporção de usuários que compram um celular para navegar na internet, muitos Smartphone no mercado não quer dizer muitos usuários de Smartphone, em comparação usuários de Iphone’s são havidos consumidores de internet móvel.

    E sejamos francos alguns dispositivos com o Android embarcado são toscos no que tange a navegação, não creio que seja por culpa do Android e sim pelo hardware que é avesso a prática da navegação e as vezes até aos usos mais simples…

  • Vitor Hugo

    O iPhone não é o smartphone mais vendido do mundo? Talvez seja por causa disso…

    • egis

      Nao é nem de perto Vitor Hugo.

      Ele tem apenas a metade de ativacoes mensais comparadas com dispositivos android.

      Sim, eu sei que existem milhares de aparelhos que rodam a plataforma android, e apenas iphones/ipads que rodam ios, nao estou entrando neste merito da resposta.

      Estou apenas lhe informando que nao, o iphone nao e o smartphone mais vendido do mundo.