Curiosidades

[aperitivo iOS 5] iCloud permitirá que você sincronize seus dados entre diversos aparelhos

É assim que a nuvem deveria ser: automática e sem esforço. O iCloud se integra numa boa com seus apps, por isso, você pode acessar todo seu conteúdo em todos os seus dispositivos. E é grátis com iOS 5.

É desta forma que a Apple apresenta, em português, seu novo serviço de “nuvem”, o iCloud. Com ele, o usuário poderá guardar em um servidor central dados como contatos, calendários e documentos, sincronizando-os automaticamente com todos os dispositivos (iPhone, iPod, iPad e até computadores) associados à mesma conta.

Veja como ele funcionará na prática e o que mudará no seu uso diário do iOS.

De graça e integrado ao sistema

Uma das primeiras coisas a serem perguntadas no momento que você ligar um iPhone que acabou de comprar, ou tiver recém instalado o novo iOS 5, será sobre a sua conta do iCloud. Se você não tiver uma, poderá criar no próprio aparelho ou associar uma ID já existente (a que você usa para baixar aplicativos na App Store, por exemplo).

Leia também: Como funcionará o iCloud com várias contas diferentes da App Store no mesmo aparelho

Sincronização com todos os dispositivos

A grande vantagem do iCloud é que ele permitirá que você cadastre a mesma conta em diversos dispositivos diferentes, mantendo-os sincronizados entre eles. Por exemplo, se você incluir um endereço nos contatos do iPhone, automaticamente seu iPad e seu computador receberão aquele novo contato, sem você precisar fazer nada. Da mesma forma, se você incluir algum evento no calendário do seu computador, seu iPhone e iPad ficam sabendo na mesma hora.

Isso já era feito pelo MobileMe, mas agora o serviço será gratuito para usuários de iOS, conforme indicavam diversos rumores.

Mas o ex-MobileMe evoluiu, pois além de contatos e calendários, aplicativos também são automaticamente instalados em todos os aparelhos assim que você o baixa em um deles. Esta transferência automática de apps, inclusive, já está ativa antes do iOS 5 ser lançado, no menu Loja dos Ajustes do iOS 4.3.5.

Capacidade de armazenamento

Em termos de espaço disponível, o iCloud não é infinito. A Apple disponibiliza gratuitamente 5GB de espaço para você poder guardar seu backup na nuvem. Em nossos testes, isto é até suficiente para quem tem um único iPhone ou um iPod touch, visto que músicas, fotos, aplicativos e emails não entram neste limite. Porém, para quem tem também um iPad ou mais dispositivos, a coisa pode começar a complicar.

O backup pode ser feito diretamente nos Ajustes, em um botão Efetuar Backup Agora. Mas mesmo que o usuário não faça este backup manualmente, ele é feito automaticamente uma vez por dia, quando o aparelho estiver ligado à alimentação elétrica (ou no cabo USB do computador) e conectado a uma rede Wi-Fi.

O problema no iPad é que algumas publicações tomam um espaço considerável no tablet, o que pode complicar para quem pretende ficar apenas com os 5GB gratuitos do iCloud. Felizmente é possível escolher individualmente o que se quer guardar no backup, podendo-se eliminar os aplicativos que exigem mais espaço. Assim eles continuarão normalmente no seu aparelho, mas seus dados não serão guardados na nuvem. Mesmo assim, você ainda pode fazer um backup no iTunes, de forma tradicional, para preservar todas as suas informações.

Quando o backup automático não encontra mais espaço na nuvem para guardar seus dados, uma aviso aparece na tela do aparelho informando que o iCloud está ficando sem lugar.

Será possível também comprar mais espaço no iCloud, para evitar de ter que apagar dados importantes. Os planos são anuais e custam a partir de US$20 por 15GB de armazenamento (10GB + 5GB gratuitos).

Backup do iCloud

O iCloud faz o backup dos aplicativos adquiridos na App Store, assim como os dados deles. Ou seja, se você reinstalar todo o sistema e depois recuperar o backup da nuvem, ele irá reinstalar todos os aplicativos que estavam antes (com a disposição na tela de início igual, principalmente se você fez Pastas para se organizar), e também os dados deles, como a evolução dos jogos, por exemplo.

Ele também reinstala os livros baixados/comprados pela iBookstore (ainda não ativa plenamente no Brasil), fotos e vídeos feitos com o aparelho, mensagens de texto (iMessage, SMS, MMS), toques de celular que você tenha colocado e demais configurações do aparelho.

Quanto aos contatos e calendários, estes são gerados independentemente do backup, mas também são sincronizados com o aparelho.

Para conhecer outras novidades do iOS 5, não deixe de conferir nossos aperitivos anteriores.

Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close