Notícias

Apple não gosta muito de promoções que oferecem iPads de graça [atualizado]

Virou moda sites do mundo inteiro criarem promoções oferecendo um iPad de presente (até mesmo nós entramos na onda). Mas é natural que o tablet mais desejado do momento seja usado para realizar concursos, não há nada de errado nisso.

Mas a coisa está se tornando tão popular que a Apple não está gostando. Afinal, enquanto houver a possibilidade de ganhar um, muitos adiarão a compra, na esperança de obter um de graça. Por isso, a Maça criou um documento (por enquanto, sem valor legal) em que proíbe o uso de iPads em promoções.

Neste documento (que pode ser visto na íntegra aqui), ela estabelece regras para o uso de seus produtos em concursos. Em resumo, ela define:

– iPhones e iPads não devem ser usados em promoções de terceiros;
– iPods touch só podem ser usados em circunstâncias especiais e necessita que seja feita uma compra de, no mínimo, 250 peças;
– a fonte Myriad (aquela usada pela comunicação visual da Apple) deve ser evitada;
– o uso da palavra “GRÁTIS” junto com qualquer produto Apple é proibida;
– todo o material de marketing de promoções que envolvam produtos da Apple devem ser enviados a ela para aprovação prévia.

Claro que ninguém pode proibir alguém de oferecer um presente a quem quer que seja (a legislação brasileira só proíbe sorteios simples de prêmios de certo valor, como o iPad, sem a autorização da Caixa) e é difícil a Apple conseguir barrar todas as promoções que estão por aí (ainda mais no Brasil, que é sempre o último lugar para onde ela olha). Mas o documento expressa a sua vontade de mudar a situação, que começa a prejudicar os seus negócios, além de tirar o ar “elitista” do iPad.

Enquanto a Apple não conseguir fazer nada, os concursos continuam. No próximo mês, os leitores do Blog do iPhone estarão concorrendo a 10 iPads oferecidos pela Ourocard. Nossa espécie, a Recompensus Conquisthadoryes, é a primeira no Brasil, o que por enquanto nos dá o direito de concorrer. 😉

CNN

ATUALIZAÇÃO (10h15):

Nos comentários deste artigo, a reação de muitos foi de indignação e revolta contra a “atitude ditatorial” da Apple. Mas, calma, não é para tanto. Regras de marketing e de marca são coisas que devem existir em toda a empresa séria que queira preservar sua identidade visual. No caso, o documento citado nem é tão novo assim, e a Apple não acionou ninguém até hoje. Uma coisa é ela querer evitar que outros abusem de sua marca (e realmente há abusos) e outra é ela realmente conseguir fazer isso. Como foi afirmado no texto, as promoções não acabarão por causa disto. 😉

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados