Notícias

Apple não gosta muito de promoções que oferecem iPads de graça [atualizado]

Virou moda sites do mundo inteiro criarem promoções oferecendo um iPad de presente (até mesmo nós entramos na onda). Mas é natural que o tablet mais desejado do momento seja usado para realizar concursos, não há nada de errado nisso.

Mas a coisa está se tornando tão popular que a Apple não está gostando. Afinal, enquanto houver a possibilidade de ganhar um, muitos adiarão a compra, na esperança de obter um de graça. Por isso, a Maça criou um documento (por enquanto, sem valor legal) em que proíbe o uso de iPads em promoções.

Neste documento (que pode ser visto na íntegra aqui), ela estabelece regras para o uso de seus produtos em concursos. Em resumo, ela define:

– iPhones e iPads não devem ser usados em promoções de terceiros;
– iPods touch só podem ser usados em circunstâncias especiais e necessita que seja feita uma compra de, no mínimo, 250 peças;
– a fonte Myriad (aquela usada pela comunicação visual da Apple) deve ser evitada;
– o uso da palavra “GRÁTIS” junto com qualquer produto Apple é proibida;
– todo o material de marketing de promoções que envolvam produtos da Apple devem ser enviados a ela para aprovação prévia.

Claro que ninguém pode proibir alguém de oferecer um presente a quem quer que seja (a legislação brasileira só proíbe sorteios simples de prêmios de certo valor, como o iPad, sem a autorização da Caixa) e é difícil a Apple conseguir barrar todas as promoções que estão por aí (ainda mais no Brasil, que é sempre o último lugar para onde ela olha). Mas o documento expressa a sua vontade de mudar a situação, que começa a prejudicar os seus negócios, além de tirar o ar “elitista” do iPad.

Enquanto a Apple não conseguir fazer nada, os concursos continuam. No próximo mês, os leitores do Blog do iPhone estarão concorrendo a 10 iPads oferecidos pela Ourocard. Nossa espécie, a Recompensus Conquisthadoryes, é a primeira no Brasil, o que por enquanto nos dá o direito de concorrer. 😉

CNN

ATUALIZAÇÃO (10h15):

Nos comentários deste artigo, a reação de muitos foi de indignação e revolta contra a “atitude ditatorial” da Apple. Mas, calma, não é para tanto. Regras de marketing e de marca são coisas que devem existir em toda a empresa séria que queira preservar sua identidade visual. No caso, o documento citado nem é tão novo assim, e a Apple não acionou ninguém até hoje. Uma coisa é ela querer evitar que outros abusem de sua marca (e realmente há abusos) e outra é ela realmente conseguir fazer isso. Como foi afirmado no texto, as promoções não acabarão por causa disto. 😉

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • WTF Apple?

  • Algus Helm

    Acho que é a mesma coisa de tentar proibir o Sol de nascer… não vai dar certo…

    A Apple deveria estar feliz em ver os seus produtos usados para prêmios. É sinal que é fonte de desejo por boa parte da população…

    • Leo

      pois é cara, eu penso da mesma forma, toda vez que eu fico vendo propaganda de promoção oferecendo ipad , eu fico pensando tipo”caramba ipad é tao foda que varias empresas, lojas, querem premiar com ele”

  • Huang

    Será que a Apple não está satisfeito com as vendas do iPad?? se fosse eu, nem me preocuparia…pois os concursos só fará o iPad ainda mais conhecido e falado pelo povo.

  • Manoel Junior

    Gosto da Apple, mas as vezes esses controles em excesso me deixam enjoado.

  • JanjaBoy

    Aí NÃO!!!

    Tio Jobs tá fumando casca de arroz!!!

    • Rafael Nogueira

      No mínimo! kkkkk

  • Amarok

    O que a falta do Jobs no comando não faz… Imagina qnd ele se afastar de vez… Podem dar adeus ao “modo Apple” de ser…

  • Aff, sei lá, isso é no minimo ridiculo. Cara, quem tem grana mesmo vai lá e compra, não fica esperando por promoção não. É como o nego apostar na megasena e parar de trabalhar na esperança de ganhar.
    Alguém em Cupertino tá tomando chá de cogumelo para pensar numa decisão ridicula dessa.
    Deixe o controle somente para a AppStore.

    E pense em outra coisa também, quem sorteia já pagou pelo iPad e quem ganha talvez nunca seria um possível comprador.

    Tá tudo errado nisso.
    Bola fora.

    • TiãoGavião

      EuRimuito!! 🙂
      Seu comentário foi otimo!! Dos gogumelos acho que o Jobs gostava na decada de 70, kkkk

      • Bruno

        COgumelos!!!

  • Ricardo

    Certas coisas na Apple as vezes são ridículas.
    Não se tem como proibir qualquer estabelecimento de presentear seu cliente ou parceiro. À partir do momento em que se compra alguma coisa, o que a pessoa vai fazer com ela já não é mais problema do fabricante.
    O problema com as vendas é bem simples: basta a Apple regulariza seus estoques, bem como da uma “amenizada” no preço de seus produtos, assim eles não serão um sonho de consumo tão distantes de seus consumidores.
    É… “fábricar sonhos” também pode ter sua “faca de dois gumes”.

  • Mateus Eduardo Miranda

    Cara, que loucura! Agora sim, viajaram geral.

  • JanjaBoy

    P.S.: A fonte Myriad é de propriedade da Apple?
    Se não for, acho que o pessoal tinha que ESCANCARAR só para deixar de frescura boba. Tinha que usar em TODA propaganda com Andrid!!!!
    Nessa hora tenho tanta raiva desse controle de quem tem merda na cabeça, que gostaria de ver TODAS as promoções/sorteios usarem Xoom e ver o mercado da iPad encalhando.

    • Daniel

      É mesmo kkk com a myriad pro ainda

      “Xoom grátis já que o iPad está proibido de ser sorteado”. haha

      • João

        Não gasto nem um só click do meu magic mouse para concorrer a um xoom. #prontofalei

  • ELVIS

    MORAR NO BRASIL TEM AS SUAS VANTAGENS!!!

  • Complicado esse assunto, até pq a Apple não deixa de receber pelo iPad. Afinal, as empresas que resolvem “dar” o iPad, em algum momento compraram o produto da Apple.

    Acho q a questão é o mecanismo de atração, e consequente aumento de venda das empresas, usando a Apple de carona. Aí, as empresas estariam se valendo da marca da Apple para alavancar venda/exposição de seus serviços e produtos, sem que a Apple recebesse uma recompensa.

    Faz sentido a proibição, mas a perda é mais indireta do q se parece.

  • TiãoGavião

    Essa e boa!! Apple tbem tem cada uma!?
    Tem que dizer isso para o Boubon Country Poa, tá sorteando 50 Ipads no dia dos namorados em suas redes. Vai ser para 25 casais, cada um leva um, totalizando 50.

  • Rodrigo

    A Apple está começando a querer proibir coisas demais.

  • Christian

    Acho que não é uma coisa muito recente.
    Vocês notaram a data no final do documento?

    19 de abril de 2010….

  • TiãoGavião

    “No próximo mês, os leitores do Blog do iPhone estarão concorrendo a 10 iPads oferecidos pela Ourocard. Nossa espécie, a Recompensus Conquisthadoryes, é a primeira no Brasil, o que por enquanto nos dá o direito de concorrer.”

    Dessa vez o BDI humilhou, 🙂

  • A Apple tem todo o direito de tentar, mas daí a conseguir…

  • Enrico

    Tio jobs. Arrume os problemas do iPhone primeiro. Depois conversamos sobre isso

  • Cristian

    A Apple tá muito gananciosa !

  • rodrigo

    Essa política da Apple é muito complexa. Talvez para nos simples mortais não tenha sentido. Qualquer dia eles vão fornecer somente para certas pessoas e claro sob encomenda…assim como minha Ferrari..kkkkkkkkkkkk Apple teus produtos são excelentes mais a concorrência continua se mexendo.

  • Wasgner

    Está certa a Apple, pensem nos “aproveitadores” que às vezes nem são ligados à tecnologia e colocam o produto pra chamar atenção de clientes… Ou até mesmo pra ter ibope em páginas de internet. Não é o caso do “BDI”

  • Vitor Sá

    Tio Jobs pode até tentar, mas aki no Brasil isso nunca funcionaria!! Os produtos da Apple são os mais utilizados para este fim justamente pois são objetos de desejo de muitas pessoas! Só falta culpar estes sorteios pela falta de estoque mundial! hahaha

  • OLOKO

    mamar na vaca cê num quer, né?

  • André

    “Alguém em Cupertino tá tomando chá de cogumelo para pensar numa decisão ridicula dessa.”

    O amigo acima aqui falou tudo.

  • amauri

    Não tem base legal para proibir, ao menos no Brasil…

  • Salazar

    O controle excessivo da apple, em todos os aspectos nos quais ele é aplicado , é ridículo.
    Pessoalmente, se não fosse a loja de aplicativos maior e mais completa eu não teria um iphone.

  • André Luis

    Isso demonstra a visão do fabricante, de não querer popularizar o produto.
    A ideía é elitilizar ou mesmo deixar como produto de desejo, somente para poucos

    • Leo Freitas

      Até mesmo pq, muita gente que ganha em promoção VENDE o iPad!

    • iJE

      Tive essa mesma impressão…

  • Tirza Monteiro

    Eles podem até tentar, mas não vão conseguir proibir…

    Só mais 2 dias pra divulgar a nossa espécie e garantir que os iPads sejam sorteados entre nós!
    Vamos divulgar galera! 🙂

    • Marcus Malacarne

      Isso aí, falta pouco para que os iPads sejam sorteados para nós…

  • Luciano Valença

    Sinceramente a coisa mais ridícula que já vi na vida, isso era pra ser um motivo de orgulho para empresa, não motivo de proibição. Tudo em minha casa é Apple desde telefone a computador, mas sinceramente com essa prepotência pode ser que ela perca seu espaço em médio a longo prazo. Afinal a tablet deles é um dos objetos mais desejados do mundo, quem tem $$$ para comprar, chega e compra, não fica igual uma besta esperando o resultado de um concurso. Ridículo em minha opinião.

  • @Leandro71

    Se isso é obra do Steve jobs, so prova que ta na hora dele se aposentar. Acho que atualmente ele so serve msm pra aprensetar os produtos e tal…

  • E uma puta falta de sacanagem da Apple isso aí. Brincadeiras a parte eu acho isso ate tosco por parte da mesma, pois afinal de contas quem “dá” iPad tbm compra pra só assim poder sortear e tornar ainda mais desejado o que e um sucesso de vendas.

  • Philippe

    Putz só faltava essa até os Simpsons já fizeram um episódio falando disso,o jeito que a Apple é capitalista. O Bart faz piada com os macfags,depois imita a voz do steve jobs dizendo que todo dinheiro da Apple é investido na Microsoft e ainda diz que Bill Gates e Jobs são amantes.

    E no fim, pra pagar as contas que a Liza fez por comprar milhares de música no iTunes ela trabalha panfletando pra apple vestida de iPod r dizendo a quem passa: “Think different.”

  • Eric

    Isso eles nao vao conseguir nunca na justiça. Pois se eu compro o equipamento, eu posso fazer com ele oque quiser… Se eu quiser sortear, sorteio. Isso não é da conta deles. Mas para vcs verem como tem pessoas dominadas pekla Apple. Eu lia algumas pessoas (altamente influenciaveis) que acha isso certo. Por favor, sorteiem mais uns 2 iPads.. Kkkkkkkk

  • Wilson

    Tolice pura. E ainda tem gente que dá um jeito de querer concordar com uma bobagem dessas. Gostar da Apple não é ser alienado, não.

  • Rafael Oliveira

    Elitizar?
    A estudo e mais estudos que as classes que estão mais consumindo e ascensão são as classes C e D…
    e apple quer elitizar?
    Isso no minimo é um aburso.
    Estamos em campanhas e mais campanhas para liberar celular e derivados a apple quer impor mais uma ordem?
    Desde quando eu comprei um Ipad ou qualquer outro aparelho…ele é MEU…sendo MEU eu posso fazer o que quiser..
    vender…sortear….dar….quebrar….ele é MEU e eu faço o que bem entender dele.
    Quando uma empresa compra para sortear é o mesmo caso…ela comprou….faz o que ela quiser.
    Daqui a pouco vamos ter que antes d efazer uma ligação ….pedir uma autorização para apple para realizar a chamada….
    isso é o absurdo…..

  • Luis Felipe Reis

    Alguem pagou pelo iPad que seria sorteado. Eu compro um iPad e faço o que quiser com ele, e não vai ser a própria Apple que me barre isto. Ou pelo menos não deveria ser xD

    Mas tudo neah, não podemos fazer nada xD

  • Daniel

    É lamentável e ridículo ao mesmo tempo.
    É evidente que, sem valor legal, isto nunca será respeitado e terá um efeito negativo entre fãs, haters e consumidores em geral.

  • Marcus Malacarne

    Bizarro…

    Eu acho que isso não dará em nada.

    Se bem que hoje em dia, todo lugar que você olha tem alguem sorteando um iGadget.

  • Overlord

    Isto só pode ser fake, pelo amor de Deus!

    A partir de agora, toda e qualquer os concursos poderiam ser assim:

    CONCORRA A 10 MICROCOMPUTADORES PORTÁTEIS, SEM TECLADO, COM TELA SENSÍVEL AO TOQUE (“TOUCH SCREEN”) – “TABLET PC”) DE UMA MARCA QUE TEM COMO LOGOTIPO UMA MAÇÃ.

    • Daniel

      de uma marca que tem uma maçã faltando um pedaço!!!

  • Bruno

    Se uma empresa compra um iPad e quiser sortear ou fazer alguma promoção qual é o problema? Essa Apple é revoltante as vezes

  • Gabriel

    Foda que da ourocard é iPad 1 poderiam mudar p o 2!

  • Fabio Oliveira

    Entendo tudo o q foi dito no post, inclusive a atualização feita pelo iLex. A empresa tem sim que manter seu nome e tudo atrelado a ele em seu poder, e houveram e há mesmo alguns abusos (faculdades Estácio oferecendo “Tablet” e mostrando o iPad; TIM anunciando plano de dados para Galaxy Tab, mas com um iPad gigante na foto..por exemplo), mas querer impedir empresas de oferecerem produtos Apple em promoções eu acho “forçar a barra”.
    Se liga Apple!!

  • Lauro

    Aí a Apple extrapolou, estão se achando o centro do universo.

    • Cristian

      2

  • Igo

    Sinto muito, mas a partir do momento que eu compro qualquer produto em qualquer lugar do mundo, eu tenho total direito de fazer o que bem quiser e o que bem entender com ele.

    Jaja ela vai proibir de vender nossos usados, pra ninguém ganhar em cima disso… Ah, vááá!

  • Alberto

    É o preço que se paga por ter um produto bem sucedido, deal with it apple…

  • Gustavo

    Os iPads deviam ser até mais caros, senão acaba popularizando.

  • Estou de acordo.
    A melhor promoção que tem de ser feita é a do próprio produto. Em vez de ficar esperando horas, porque essas empresas não dão diretamente ao cliente um mimo desses como se fosse um presente fora da data? É mais fácil, simples e sem anciosidade. E faz bem! =))

  • OmarBH

    A Apple só está sendo clara. Ninguém pode usar a marca de ninguém para se promover ou lucrar. Quem nunca viu propagandas em que o “feirão de carros” será ao lado do “shopping”, sem mencionar o nome do shooping? Exceto, claro, se for no próprio shopping, que, nesse caso, é parceiro do evento.

    Quem não se sente atraído pelo curso que “Dispnibiliza um iPad por aluno”? Ora, esse curso está lucrando com a marca alheia!!! Isso tem preço e deve ser negociado.

    Quem disse que comprou e faz do iPad o que quiser não está certo! Você tem o direito de usar livremente o aparelho, mas quem divulga promoções, brindes e outras coisas do gênero, está usando as marcas Apple e iPad para fins promocionais e comerciais. Isso é proibido e protegido pelo direito.

    Vejam sorteios de fim de ano do comércio: “Junte 1000 cupons e concorra a um “carro””. Até a logomarca da montadora é apagada da foto referente ao anúncio. Porque? Porque a marca do carro pertence à montadora e seu uso não foi autorizado. Porque se aparecer e ela não fizer nada, ela pode ser processada em caso de defeito no automóvel ou pela falta da entrega do bem.

    Vamos ser claros, ninguém (ninguém mesmo) dá iPad pra ninguém, ele é usado para atrair acessos ao site, compras pra para as lojas e alunos para os cursos! Isso tem preço (valor) e a Apple tem o direito de decidir se sua marca pode ou não se associar a campanhas comerciais e publicitárias de terceiros.

    • Mais claro, impossível.

      Excelente comentário. Parabens.

      • Omarbh

        Obrigado a você e ao Erick pelas manifestações.

    • Concordo em parte. Ela tem direito de proteger suas marcas registradas, claro, mas “proibir” o uso dos aparelhos em promoções já é demais.

    • Monty

      Omar, excelente comentário mesmo.

      Parece-me que a inferência de que a ‘proibição’ de promoções seria para que a pessoa compre ao invés de esperar ganhar, está equivocada.

      Essa ‘proibição’ me soa mais excesso de zelo do jurídico da Apple, que é excessivamente atuante (e não sei se está errado em sê-lo), do que uma posição comercial.

  • Daniel

    vai dormir tio jobs!
    mandou mal

  • ogro

    Bom dia, iLex.

    Quanto a essa parte do post: “No próximo mês, os leitores do Blog do iPhone estarão concorrendo a 10 iPads oferecidos pela Ourocard”.

    Apenas quem se increvou lá na promo do facebook que irá concorrer, certo?

    Pois se qualquer leitor do blog, especialmente os que NÃO contribuiram para que o 1º local fosse alcançado, puderem concorrer, seria muito injusto.

    • E só quem faz parte da espécie. Quem fará o sorteio será a própria Ourocard, baseado na extração da loteria federal. Aconselho uma lidinha no regulamento. 😉

  • Luciana

    Quero ver a cara dele (Jobs) o dia em que o objeto de desejo de todos os concursos for um Motorola Xoom.

    Queria estar na casa do Jobs nesse dia para ver a “carinha de felicidade” dele ao saber que ninguém fica mais falando o tempo todo do iPad.

    Vou ser sincera, soma essa atitude dele com a falta de estoque mais o fato de outras plataformas estarem crescendo e não acho isso se tornar difícil.

    Uma pena mesmo 🙁

  • Sonia

    Imagino eu que Aplle não doa seus produtos a instituições de caridade, será que estou errada?

  • Ticão – 3Gs 4.2.1 – Vivo 9.1 – SP – Sem JB

    É a prepotência do poderoso.

    Poder legal para proibir a Apple não tem.

    Qualquer empresa que comprar qualquer produto pode oferecer esse produto como prêmio.

    Se o “butiquim da esquina”, num concurso de “quem se embriaga mais rápido”, resolver premiar seus bebuns cotidianos, pode. Mesmo que o prêmio seja uma Ferrari.

    O que a Apple está fazendo é uma espécie de ameaça. Algo do tipo “se vc fizer isso nós não gostaremos. E nós podemos ser um inimigo bastante poderoso. Poderemos não colaborar com você. Poderemos atrapalhar seus negócios.”

    É a prepotência dos poderosos. Algo bastante desagradável.

    • Omarbh

      Desculpe, mas não pode. No máximo, pode dar “um carro de luxo”, mas Ferrari é marca, que não se confunde com o bem.

      • Ticão – 3Gs 4.2.1 – Vivo 9.1 – SP – Sem JB

        Ou seja, a sua tese é que, salvo autorização de quem de direito, não se pode anunciar as especificações do prêmio. Não se pode explicitar o fabricante, a marca e/ou o modelo do prêmio que está sendo oferecido.

        Portanto quem participa do concurso/sorteio do prêmio poderá não saber qual é o prêmio.

        Por exemplo. Se o prêmio for “um carro” quem concorrer não poderá saber se é uma Ecosport ano 2011 da Ford ou um Fiat 147 ano 1972.

        Acho até que nesses casos a lei obriga que o prêmio seja muito bem explicitado e especificado.

        Mas claro, posso estar errado.

        Vamos torcer para que algum jurista, frequentador aqui do blog, nos esclareça essa questão.

        • OmarBH

          Ticão, não é tese, é fato.
          Você pode especificar o prêmio, no regulamento, e sem caráter promocional. Você não pode escrever em letras garrafais (pra ser coerente com a hipótese inicial dos bebuns) “Ganhe uma FERRARI”. O fato de escrever FERRARI atrairá clientes que consumirão mais bebidas, mais produtos e tomarão conhecimento da sua promoção por causa da marca FERRARI. Portanto, o próprio caráter atrativo do prêmio demonstra que ele tem valor, seja porque é caro, belo, útil ou raro.
          Você poderá colocar: “Ganhe um carro 0km (consulte o regulamento)”. No regulamento, você escreve, com letras normais e sem destaque exagerado que constitua propaganda: “O carro a ser sorteado será uma Ferrari, modelo tal.”
          Simples assim.
          Mas se você quiser faturar muuuuiiitttttoooo mais, pode colocar em letras enormes e vermelhas: “Ganhe uma Ferrari!!!”. Mas, aí terá que pagar à Ferrari pelo direito de explorar a marca e, como dito, faturar mais.
          Só pra constar, sou bacharel em Direito pela UFMG, há mais de 15 anos. Mas a divergência é sempre possível e não tenho a menor pretensão de convencer quem pensa diferente.
          Por fim, segue uma decisão que ilustra o dito acima:

          TJSP- Apelação Com Revisão: CR 5899874400
          Uso indevido de marcas – Configurado o ato ilícito pelo uso da marca da apelada em campanhas publicitárias massivas e não pela nomeação do edifício – Abstenção de uso da marca já ocorrida – Cabível indenização apenas no que tange ao montante que a apelada teria o direito de exigir das rés para autorizar o uso de sua marca – Desnecessidade de comprovação por se tratar de matéria de direito – Decisão mantida – Recursos improvidos.

          • iJE

            Entendi o que você quis dizer, Omar.

            O que a Apple está reclamando não é da “vulgarização” dos iPads através dos solteios, mas sim da exploração da marca Apple para promover quem está sorteando os produtos.

            Olhando por esse prisma até que a reclamação da Apple faz sentido…

            • Omarbh

              Congrats!!! You got it!!!

  • Rosane Barbetta

    “é difícil a Apple conseguir barrar todas as promoções que estão por aí (ainda mais no Brasil, que é sempre o último lugar para onde ela olha)” >> Ai é bom pra gente! rs

  • maxi

    Ridiculo

  • Luciano Carvalho

    “Não queremos nossos produtos nas mãos de pobres”. Steve Jobs
    kkkkk

    • Cristian

      Também desconfio disso ! kkkk

      • maxi

        uahshuahuashusahusahu é mesmo

  • Dizzy

    Ate parece que promoções de prontos da Apple prejudicariam os negócios deles, desde o primeiro iPhone que a demanda deles é maior do que o que eles conseguem produzir. Isso é só a velha jogada da Apple de ser a empresa mais fresca ever.

  • Dizzy

    Ate parece que promoções de produtos da Apple prejudicariam os negócios deles, desde o primeiro iPhone que a demanda deles é maior do que o que eles conseguem produzir. Isso é só a velha jogada da Apple de ser a empresa mais fresca ever.

  • Mais polêmico que mamilos esse assunto…

  • Mário J

    Aqui em São José dos Campos (SP) tem um lugar de imóveis, que se você comprar um apt com valor maior que 70 mil, “ganha” um iPad Hahahahaha! 😀

  • ziuL*

    Eu achei ridículo essa proibição da Apple.
    Mais eu estava pensando aqui, será que sem essas ” promoções” teriam mais iPads em estoque?
    Sei la, posso estar enganado , né?

  • Mário J

    Alguém sabe o nome da font “padrão” do iMovie ?

  • Raphael Nascimento

    Acho que tem que proibir mesmo. Depois de ter participado de um milhão de sorteios de iPads e não ter ganho nenhum, fui obrigado a tá 9h da manhã no shopping pra garantir o meu.
    Agora que já comprei, podem proibir!
    KKKKKKKK
    Zueira….

  • Marcus Malacarne

    Chegou meu iPad 2 que eu comprei sexta.
    Neste momento estou escrevendo dele.
    Agora só falta chegar a Smart Cover.

    • \o/ 🙂

    • Dorinhavasc

      Felicidades e sorte sua… 🙂
      Meu marido já anda tomando até Calmantes para controlar a espera desse tão sonhado e desejado iPad, é culpa da Apple isso, mas só quero ver a cara de Alegria no Dia que este iOad 2 chegar em casa! 😉

      • Dorinhavasc

        Corrigindo; iPad2 chegar aqui em casa! 😉

        • Leandro

          o iPad vai chegar, porque comprou OU ganhou em promoção / sorteio / rifa / bolão / achounarua ?

          Cuidado, se não foi a primeira opçao, a Apple vai ficar com raivinha…e pode vir recolher de volta…rsrs.

          To brincando, li mais abaixo que foi comprado na loja apple..rs

    • Marcus

      O meu chegou antes da data prevista.
      Era pra chegar lá por segunda ou terça da semana que vem, mas chegou hoje cedo.
      Comprei pela Fnac

      A SmartCover tem previão de chegar segunda. Essa comprei direto pela Apple

      • JanjaBoy

        Comprei pela Apple Store Online, não vai chegar tão cedo!
        Assinado o marido de dona Dorinhavasc…… 😉

        • Rei/SP

          Vc garantiu a compra do produto pois acabou rapidamente nas lojas tipo Saraiva, Ponto Frio, FNAC etc…

      • Dorinhavasc

        Então na agônia, euforiaque só um applemaníaco conhece, meu marido comprou assim correndo na Apple, e nem deu chance para se quer dar uma olhadinha nas outras lojas, e a Apple du um prazo de duas semanas, então acredito que até o dia 10 deva estar chegando…. Há mas bem que poderia chegar Antes né não?!?
        Até eu estou aqui roendo as unhas! 😀
        Quanto ao Smart Cover já combinei com o marido ter muita Calma e Paciência, e esperar o sobrinho mandar dos USA, pois lá é muito, muito mais em conta! 😉

        • Marcus

          Eu confesso que fiquei com muita pena de gastar esse valor na smart cover, tentei me conter, mas não consegui, no meu caso, não tinha ninguem pra trazer uma de fora.
          E pra piorar, queria porque queria uma preta, nada me fez mudar de ideia, e acabei pagando os 250 reais nela. Com uma certa “dor” no meu bolso, mas paguei….

          E essa semana ainda comprei a pelicula da zagg (mais alguns dolares investidos nesse iPad), comprei direto do site oficial, peguei uma pro iPad e pro meu iPhone, teve 2 dias essa semana que elas estavam com desconto de 50%. Mas nem me liguei no valor final, deu $56,00 as 2 peliculas+frete, pelo que andei lendo, compras acima de $50,00 tem imposto, espero que não metam muito a faca nesse imposto (como ocorreu com a leitora Rachel Carvalho, comentado neste post: http://blogdoiphone.com.br/2011/05/veja-como-colocar-voce-mesmo-uma-pelicula-de-protecao-para-a-parte-traseira-do-ipad-2/).

  • Diego Carreiro

    A verdade é que a gente ainda não tem concorrentes à altura. Se tivéssemos, eu mesmo compraria outro tablet. Apple é fresca demais. Me enche o saco essas palhaçadas…

    • João

      Não é frescura, é proteção ao uso indevido da marca. O que fazem é montar promoções com toda a “cara” da apple para promover outros produtos. Usar a marca de terceiros sem autorização é proibido. Qualquer empresa que se preste reclamaria. O que acontece é que as outras empresas PRECISAM dessa publicidade para seus produtos serem conhecidos, coisa que a apple não precisa. A questão não é DAR o produto, e sim banalizar a marca. Tanto é que eles se preocupam até com a tipografia utilizada nas promoções.

  • Ze Maria

    acho que isso desvaloriza a marca, essa parada de ficar fazendo sorteio :s

  • fakefan

    isso ae, sorteando 10 ipads em julho, justo quando vo pros eua comprar o meu :/

  • Daniel Campelo

    Se eu comprei o iPad, ele eh meu e faço com ele o que bem entender… Inclusive realizar as mencionadas promoções, concursos e sorteios… E se a Apple estrela achar ruim, que procure a Justica mais próxima!

  • Milena Cubas

    aaaahh em primeiro?? aaaah meu Deus..vamos ganhar!! Eu quero ganhar!rs

  • Jordany

    Eu estou revoltado com a Apple!

    #ProntoFalei

  • Dorinhavasc

    Mas alguém precisa dar um beluscão para acordar esta maçã. Pura Arrogância da Apple, a Maçã só quer ter “Direitos e mais Direitos”, sempre querendo monopolizar tudo Quer ser a única nos Apps, quer sempre exclusividade em tudo. Não duvido, qualquer dia ela vir com uma história de que seus produtos não serão mais vendidos e sim alugados, pois assim ela “realmente” terá total controle de fazer o que bem entender com seus belíssimos, invejados e tão desejados produtos. E acreditem que mesmo assim terá uma porção de gente babando, e fazendo fila para assinar o tal contrato de locação! 😛

  • Marco Antonio

    Comido pelo câncer e autoritário… O Steve va pra….. Bom, melhor não. Vai que ele queira mandar lá também.

  • GAbriel

    mais foda que isso só mesmo uma zoninha que tem em curitiba chamada Apple e tem a maça da apple e tudo! heoHEOehOEHohOE

    • Cesar

      HEUIASHEIUASHE putz, essa ai é foda HEUIASHE

  • Vinicius

    Lamentavel esta noticia.

  • PG

    Sei que parece bizarro, mas TODAS, repito: TODAS as marcas premium tem esse tipo de “vigilância da marca”. Por isso que você nunca vai ver certas propagandas/promoções da Mercedes ou Luis Vuitton, por exemplo.

    Claro que comparar a Apple com estas marcas é, até certo ponto, estapafúrdio mas é a estratégia da vigilância e proteção ao bem MAIS VALIOSO da empresa: sua marca.

    É bizarro, mas entendível..

  • Alisson

    Tão exigindo de mais isso, na verdade essas promoções irão fazer o iPad ficar mais famoso. Me poupe, Apple.

  • Eduardo

    Eu não sei vcs, mas nunca vi tantos iPhones por ai como hj em dia, mesmo q seja de grátis ou brinde… Sei q com essas promoções os produtos Apple chegam onde jamais chegariam e sempre vai ter alguém vendo ou querendo um…

  • Ricardo

    A parte do sorteio me interessou, e muito! Hehehe 🙂

  • Kelvin

    So uma coisa, mas pra sortear um ipad, primeiro voce tem que comprar um certo ? Entao seria vendido do mesmo jeito e outra coisa, promoçoes tem certo tempo, nem todo mundo vai passar a vida esperando pra ganhar, quem espera pra ganhar, nao tem dinheiro pra comprar (meu caso)… Acho meio imbecil esse comunicado, acho que foi o estagiario (brincadeira, tbm sou estagiario hehe)

  • Ludtke

    Então, seguindo o raciocínio, aquele cara que destruiu o Lanborguini a marteladas… será que ele teve que pagar direitos de uso da marca… hehehe ou só pagou pelo carro?

  • Sonia

    Acho que a Aplle não vai gostar disso:

    iPhone no Alemão

    Veja como a pacificação das favelas aquece a economia. A TIM fez uma promoção exclusiva no Complexo do Alemão para vender iPhone ao povão.
    O primeiro lote do aparelho moderno da Apple, oferecido ali a menos de R$ 1 mil, esgotou em três dias. Há até lista de espera.

    Fonte:
    http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/posts/2011/06/02/a-coluna-de-hoje-384009.asp

  • Josue

    aula de Mídia hj foi sobre o assunto, associação com a marca…etc!!

    lembrei na hora do post do BDI….e realmente pra quem estuda marketing entende a preocupação da Apple associado a palavras/ações como Promoção, Grátis, Aproveite….

    mto bacana vc ter colocado a questao em assunto!!

  • Diego Resende

    Até o Obama sorteia, até parece que isso vai parar!!
    kkkk

  • Violeirojp

    No Japão as operadoras lança iPhone e iPad com ¥ 0
    Porém Voce tem que cumpri uma promesa que ira manter o contrato de internet e telefonia deles por dois anos, uns dos planos mais baratos que é o que tenho em reais custa isso.
    Plano de ligação ¥890 em reais custa uns 18,00reais , esse plano eu posso falar de graça das nove da manha ate uma da madrugada , entre a uma da madrugada ate as nove da manha pago impulso.

    Plano de dados (internet) 24hrs sem limites de dados custa ¥ 4 ,150
    Em reais isso custa na faixa de uns 60,00 a 70,00 reais por mês resumindo tudo isso nao chega a 90,00 reais por mês

  • Moisés

    Pelo menos estamos no páreo do sorteio do iPad…

    flw.

  • Umbigo

    Sorteio. Barbosa.

  • Daniel Pinho

    Caramba, 10 iPads? Belo investimento. Parabéns ao Blog! Certamente estarei dentro dessa! 🙂

  • Rei/SP

    É ao contrário: é a Apple está ganhando propaganda, divulgação de graça. Não tem lógica no questionamento da Apple. Evidentemente, ela como qq outra ‘marca’, não quer que seja associada com alguma empresa, produto ou pessoa de má-reputação ou credibilidade. Por ex.: “Faça como Paolocci! use o iPad e multiplique por 10 o teu patrimônio!” ou “Maluf só usa iPad” ou “Comando Vermelho contabiliza os ‘lucros’ no iPad” e coisas do gênero…

  • Silvio Ricardo

    Aqui na minha cidade Sao Luis (MA) já é praxe promoções e sorteios de iPads. Nos dia dos namorados um shopping vai sortear 10 iPads. Isso sem contar outras lojas que irão fazer o sorteio de iPads tbem.

  • Renan Decarlo

    kkkkkkkkkk, querem proibir até o que eu posso falar ou escrever…… Ipad grátis? ops, não posso mais falar isso :X

  • Carlos Kleber Sposito Bitencourt

    Vai sonhando que no Brasil vão proibir isso. Eu vou entrar na fila para ganhar um também.

  • Ferzinha

    E pra escrever esse post…tbm teve de comunicar a Apple? kkkkkkk