Notícias

m-Payments: fotografe um cheque com o iPhone para depositá-lo na sua conta PayPal

Cada vez mais os chamados m-Payments (pagamentos por dispositivos móveis, como o celular) se tornarão comuns em nossa vida, revolucionando a forma como transferimos dinheiro. Um exemplo que já está em prática nos Estados Unidos é o depósito de cheques sem precisar ir ao banco: você tira foto dele com o iPhone e o valor é depositado na conta.

A novidade faz parte da última atualização do aplicativo PayPal.

O funcionamento é simples: você recebe um cheque de alguém e quer depositar em sua conta PayPal. Você abre o aplicativo, tira foto da frente e do verso do cheque e, em algumas horas (1h40 em média) o depósito aparece na sua conta. Depois disso, o cheque de papel pode ser rasgado, pois perde a utilidade (o conselho, no entanto, é que seja guardado por um tempo).

Por enquanto, a função só está ativa com bancos nos EUA. A Europa ainda vê o processo com desconfiança e no Brasil, nem há ainda perspectiva de quando o serviço poderia começar a funcionar.

O processo não é inédito: alguns aplicativos de bancos americanos já fazem isso deste o ano passado. É o caso do USAA e do Chase, que permitem depósitos com cheque usando apenas o aplicativo do iPhone.

É realmente impressionante as possibilidades de evolução da área mobile nos pagamentos online. Dá para imaginar o que será daqui a 2 anos? 😉

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.
  • Elton

    “tura foto da frente e do verso d”

  • Carlos Schmitt

    Pergunta de burro:

    O que impede de eu ir num banco e sacar o cheque mesmo dps de ter usado o app?

    ou pior, repassar o cheque pra alguem numa compra ou pagamento..

    • O número dele. O sistema detecta a repetição.
      Não é a toa que o bancário sempre passa o cheque em um leitor ótico. 😉
      Hoje, se você conseguisse fazer uma cópia perfeita de um cheque, não conseguiria usá-lo duas vezes, pois o sistema avisa na hora. 😉

      • Carlos Schmitt

        Bele…. entao soh sobra repassar o cheque para alguma pessoa..

        Self note: nunca aceitar cheques já preenchidos de terceiros..

      • Guilherme strube

        Certíssimo iLex.

        O que conta é o CMC-7 se a pessoa visualizar o cheque em baixa há uma linha digitável!

        Cenário:
        A pessoa leu pelo m-Payment e logo em seguida vai a banco trocar. Ele consegue trocar pois ainda o m-Payment não processou. Após isto o m-Payment fará a validação e não irá aceitar pois o cheque já foi descontado.

        Ambos os casos farão a leitura na mesma base de dados. O primeiro lado (m-Payment ou boca do caixa) efetuará o “pagamento” do cheque e no seguinte irá criticar dizendo que já foi feito o pagto.

        • Thiago Genez

          E como fica o delay de 1h40 min..?
          A verificação é feito de mediato?

          Senão posso fazer as “transbicagem” que nosso amigo acima falou, como por exemplo, passar o cheque para frente.!

          • Thiago Genez

            Esquece, ja vi a respostas em outros posts

            Foi mals

    • Gonluk

      Teoricamente você não poderia repassar a terceiros. Mas como é pratica comum aqui, com certeza daria problema, do tipo fazer o m-payment e usar o mesmo cheque para pagar algo, que só seria verificado na hora que a vitima (haha) fosse tentar depositar ou sacar.

  • Marcelo

    LoL, mas n da p/ enganar a foto, sei lah Photoshop?? Oo

  • bernaction

    HAIEUHIAOUEHiuaoehiouaehiouaeh se isso funcionasse aqui no Brasil, o que eu mais faria era tirar foto dos cheques do meu chefe que ficam na mesa kkkkkkkkkkkk

    • Fred

      Brasil, meu Brasil, brasileiro….

    • Marcelo Fabiano Kachimarck

      hahahhahaha

  • Leandro

    Por isso que no Brasil as coisas andam devagar…. muita gente querendo dar uma de esperto..

  • Leo

    Nossa, é triste ver o pessoal só pensando em burlar. Uma “nova” tecnologia que ajudaria muita gente fica só naquela coisa… “Como farei pra burlar esse App?”
    Tudo bem que tem um tom de brincadeira, mas de qualquer forma vem a ideia na cabeça da pessoa.
    Essa história não dará certo aqui enquanto o pessoal não for um pouco mais honesto, eu acredito.
    Brasileiro sempre quer dar um jeitinho né? #FAIL
    What about being just honest?

    • Guilherme strube

      Não é o brasileiro que sempre quer dar o jeitinho. O Brasileiro que não é humilde e ve que lá fora é que estão os melhores jeitinhos..

      Ou por acaso saurik, comex, são brasileiros?

      Enquanto uma cabeça pensa a favor da segurança, existem outras 100 pensando contra..

      Brasileiro não é burro, mas também não é o mais malandro..

  • Caraca, brasileiro é “flórida” mesmo. Só pensa em fazer o ilegal ou o errado! A cultura lá é melhor que a nossa mil vezes, pois o povo não fica pensando como burlar as coisas e sim fazer o que é correto.

    • Allan

      Vai nessa que os carinhas do EUA não fazem coisas ilegais… Veja em jornais de lá quantas fraudes são registradas por mês. Até parece que uma cultura em crianças entram nas escolas armadas e atiram em seus colegas ou que tem o número de psicopatas que eles tem é melhor que a nossa. Pelo menos aqui nós temos uma idéia de onde está a violência.

      Alguns brasileiros tem a mania de achar que tudo que vem de fora é melhor, mas basta refletir e ver até onde é melhor ou pior que as nossas coisas ou nosso jeito.

      • É impressionante como sempre se arranja uma desculpa para “justificar” o jeitinho brasileiro…

        • Guilherme strube

          Há dois lados.

          Somos malandros? Somos. Mas sejamos “humildes”, e assumimos que não somos os mais malandros do mundo.

        • Allan

          Apenas para esclarecer, não quero justificar ou arrumar desculpa, mas cada sociedade tem sua cultura e suas peculiaridades. Acredito que temos pontos negativos, assim como temos positivos. E isso vale para qualquer sociedade. Só acho um pouco patético cegar em relação aos pontos negativos de outras sociedades e esquecermos uma das nossas melhores qualidades: o bom humor.

          Chega a ser engraçado alguém acreditar que realmente há uma sociedade tão superior assim.

      • Leo

        Verdade Allan, aqui não é comum ver criançar entrando na escola armada e tirando a vida das outras pessoas, mas qual é o foco mesmo?

        Esse é um problema sério que os EUA tem que cuidar. É muito mais comum ver loucos lá do que aqui, cara com bomba, assassino na faculdade, corridas nas estradas atrás de bandidos, etc.
        No entanto, o foco desse post é sobre como a sociedade ve o indivíduo, as prestadoras de serviçoes veem tudo lindo e funcional trazendo benefícios para o consumidor final e olhando pra ele como um consumidor.

        Aqui, onde eu trabalho, por exemplo, eu preciso “mostrar até as cuecas” para o fornecedor novo pra provar que eu sou honesto e que pagamos as duplicatatas em dia; não temos credibilidade alguma com ninguém, todos nos tratam como bandidos. Isso me revolta muito, mas é por conta de pensamentos imaturos e ilegais como do nosso amigo Carlos Schmitt acima que perdemos essa credibilidade.

        Não da pra pensar “Pooooxa, que da hora esse serviço, facilitaria muitas coisas né? Woo hoo”? Nããããã, as pessoas preferem pensar em “Hummm, da hora, agora vou dar altos calotes e ficar rico muahahah” Stop being mongolóide sabe… Esse tipo de gente não pode NEM sonhar em reclamar dos dirigentes do país.
        O “jeitinho brasileiro” é injustificável.
        #ProntoFalei

        • Allan

          Pois é e foi por “as prestadoras de serviço virem tudo lindo e funcional” quer ocorreu a crise financeira. Bancos começaram a liberar crédito sem nenhuma complicação e olha no que deu.

          • Leo

            Até concordo, mas em partes. Não foi só porque as prestadoras davam crédito que a crise ocorreu, se não, esses países viveriam em uma eterna crise finaceira.

            E o fato não é dar crédito só, e sim ter confiança no cara que vc está tratando e obviamente do cara cumprir com o que está falando.
            Isso existe em todo lugar, mas to pra ver malandro igual brasileiro.

            • Allan

              O problema não é dar ou não crédito e sim nem analisar o cliente. A crise atual, diferentemente da de 29 (que foi causada por excedente de produção), foi uma crise especulativa. Resumindo, os banco afrouxaram as regras para empréstimos e financiamentos, as pessoas não conseguiram pagar, os bancos quebraram e o mundo todo sente até agora.

            • Allan

              Ahh e se você quiser ver um mais malandro que o brasileiro, vale a pena assistir o filme, baseado em fatos reais, Prenda-me se for capaz ou (Catch Me If You Can, 2002). E esse não é o primeiro nem último cara que é malandro nos EUA.

          • mauso cuestas

            As “prestadoras de serviço”, aka bancos e finaceiras, americanas não começaram a soltar dinheiro por confiança na honestidade de quem não tinham condições de quitar totalmente a dívida. Liberaram o dinheiro porque foram “espertas”, sabiam que o dinheiro do contribuinte americano seria usado para socorrer o sistema financeiro, o que de fato aconteceu.

            Banco, daqui ou de lá, não dá ponto sem nó. Os daqui usariam as possíveis fraudes para inflar a taxa que cobrariam pelo serviço, assim como usam a inadimplência para inflar os juros.

            Malandro são os bancos – os de lá e os daqui.

  • Bruno Valente

    Rapaz, isso não dá certo aqui no Brasil de jeito nenhum!!!

    Primeiro: aqui usamos muito o cheque pré-datado! No banco, quando vamos sacar, o caixa alerta sobre a data do cheque! Não que não seja possível, mas é uma espécie de compromisso com o emissor do cheque vc o sacar no dia combinado!!

    Segundo: o que tem de cheque sem fundo rolando por aí…

    Bom, não sei! Acho que o sistema de pagamento de cheque é muito arcaico… deveria ser tudo digital, débitado no momento! Deve-se evoluir os sistemas de pagamento, e não tentar se adaptar as formas antigas que já se mostraram ineficiente (pelo menos no Brasil)!!!

    Abraço!

    • Allan

      Concordo com você! Ao meu ver, cartão de crédito e débito em conta são as melhores formas de pagamento até o momento.

    • Guilherme strube

      Já existe os do momento.

      Trabalho em banco e sei como é complicado fazer algo on-line. Para isto se tem taxas.
      DOC-C DOC-D TED-C TED-D são formas on-line de pagamento, tem tarifas pois atrás disto tem toda um retaguarda e infra-estrutura para assegurar que fará on-line.

      Não é tão simples como se pensa.

      • Allan

        Isso também é verdade!

  • Lá nos EUA eles acreditam em vc até prova em contrário.

    Aqui no Brasil, vc é sempre considerado ladrão até que prove o contrário.

    Lá se descobrem que vc é ladrão, vc tá ferrado.

    Aqui se descobrem que vc é ladrão, fica por isto mesmo.

    E vou exemplificar. Várias vezes já entrou cheque falsificado em minha conta bancária que o Banco estornou, mas todo vez que ligo perguntando se o banco vai investigar a fraude, eles dizem que não vão atrás disto. Nem para a polícia vai. Aí é muito bom ser ladrão aqui ou tentar cometer crimes.

  • iEaf

    Ô povinho esse…

  • Bem, já começa errado o brasileiro quando compra um gadget de R$1.800,00 e fica pirateando jogo de US$0,99, onde o console da ultima geração mais popular aqui só é popular por causa da pirataria, etc. Acreditar que o brasileiro pensaria em burlar isso aí nos primeiros 5 segundos eu nem duvido, eu falo que amo meu país, mas morro de vergonha do nosso povo, o Brasil é um país democrático faz pouco tempo, é um bebê e o ainda não sabe lidar com essa liberdade, ainda está na fase de sexo, drogas e rock n’ roll, mas um dia ele cresce, não estarei vivo pra ver, mas espero que meus filhos estejam, fica aqui meu manifesto depois de ler alguns comments.

    Abraços e sigamos em frente sempre lembrando que cada um tem que fazer sua parte para que haja um país melhor, não adianta só reclamar, atitude é fundamental.

  • Mickaill

    Brasilieiro já pensa em cmo burlar o sistema…. Por isso q nada dá certo aqui!

  • Leo

    Nunca daria certo no Brasil.
    Nos EUA tem faz tempo caixas tipo drive-through, onde vc deposita o cheque, a máquina tira foto, você ESCREVE o quanto vale o cheque e ele aprova! Imagina isso aqui!!! Hahahahaha!

    • Reginaldo Pereira dos Santos

      Aqui o cara depisita envelope vazio no caixa rápido pra ganhar 1 dia, ou então pra enganar alguém.

  • Andre

    Eu acho que no Brasil algumas pessoas tentam burlar porque não haverá punição, no EStados Unidos a lei funciona ao pé da letra e as pessoas são mais educadas moralmente. Isso fazendo as coisas funcionarem como devem.

  • Caramba, fugiram totalmente do assunto!

    Bom, mas falando na tecnologia, quero ver mesmo o iPhone daqui a 2 anos !

  • iArlei

    Realmente fugiram do assunto mesmo…. mas o app é fera queria muito que tivesse um assim aqui no brasil, vlw blog do iPhone – o melhor blog do Brasil.

  • Algus Helm

    Tomara que isso possa chegar por aqui também… só vou ao banco só pra sacar e depositar…

  • Anderson

    No Brasil isso funcionar no dia de São Nunca…

  • Julio

    E por enquanto o HSBC não disponibiliza sequer um aplicativo para o iPhone pois “não considera o iOS4 seguro o suficiente”, isso por informação oficial do banco.

  • Ilex, que tal
    Postar conteudo compatível no Brasil?? Adoro o blog e acesso cercade 5 ou mais vezes por dia, mas da raiva ler um post desse, ficar empolgado e quase no final ler q a parada nao está disp. No Brasil!!! Ahhh sacanagem!!! Vai a dica ai!! Gabiru

    • Que estranho. Este é o blog que mais posta coisas compatíveis com os leitores brasileiros, enquanto que outros falam de Verizon, AT&T, etc, sempre focamos em notícias úteis. Este fala de pagamentos pelo celular, algo muito interessante para todos. Se você não gostou, respeite quem se interessou. Tenho certeza que não foram poucos. 😉

      Saiba que haverá matérias que você vai gostar menos que as outras, mas faz parte. Não dá para fazer o Blog personalizado para cada um, então fica difícil agradar a todos. Vai a dica aí. 😉

  • Que booommm!!! rararara Adoro vc!! Hehehhe

  • Leonardo Cunha

    Alguém usa ou já usou o Pay-Pal? Funciona bem? É seguro?

    • Philipe

      ja usei é sim.

  • Francisco

    Juridicamente impossível no Brasil, teria que modificar a lei do cheque. Isto vai contra princípios básicos dos títulos de crédito. Não rola….