Notícias

Apple adiciona nova categoria para ‘conteúdo explícito’ na App Store (atualizado)

Depois de toda a polêmica gerada com a exclusão de mais de 5.000 aplicativos de ‘conteúdo sensual’ da App Store, parece que a Apple está tentando resolver a questão de uma outra maneira. Ela criou uma nova categoria para que os desenvolvedores classifiquem seus apps mais ousados, chamada Explicit.

A partir de agora, todo o aplicativo que tenha conteúdo explícito (leia-se, de caráter sexual) deve ser classificado como tal.

A categoria na prática ainda não existe na loja online, mas dá a entender que a maçã esteja pensando em liberar novamente todos os aplicativos que vetou, adicionando alguma espécie de controle parental no próximo iPhone OS. Isso permitiria aos pais (ou a quem se sente agredido com esse tipo de conteúdo) o bloqueio deste tipo de programa, tornando-o invisível nos aparelhos das crianças.

ATUALIZAÇÃO

A Apple tirou do ar a categoria no menu de envio de aplicativos. Voltamos à estaca zero até que ela resolva voltar atrás. Depois do que aconteceu ontem, parece que está virando um hábito colocar e tirar coisas em seu site… 😛

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • schenardie

    engraçado é a categoria primaria ser explicita e a secundaria educacional

    ehauehae coicidencia??? A tá

    :p

  • Thiago

    Isso mostra q a Apple está sempre aprimorando “o lujiinha”.

  • é uma solução inteligente

  • Carlos Schmitt

    A pergunta que todos devem estar se fazendo… liberou geral agora?!

  • Marcelo GP

    Tira, coloca, tira…meio sugestivo, não?

    • Hahahahahahahaha! 😀

  • Thiago nonato

    Que festa da Paula é essa.
    🙂

  • Cabr

    Muito boa! “Meio sugestivo, não?”

    Ri muito sozinho!

  • Felipe Drumond

    A Apple volta e meia vem com uma dessas. Os cabeças de lá às vezes parecem entrar em crises de opinião. Primeiro tira, depois volta atrás, e depois volta atrás novamente e ninguém sabe direito o motivo para cada manobra. Se EU estivesse lá, criaria a tal categoria, adicionaria um controle parental e tentaria viabilizar o download só para quem tem cartão de crédito. Mas, do jeito que as coisas vão, alguém lá simplesmente não gosta de sexo!