Notícias

iPhone no tribunal: exclusividade da Orange pode estar comprometida na França

A briga promete ser feia no país da baguete. Uma ação na justiça francesa ameaça acabar com a venda do iPhone através de uma operadora única.

Justiça

A França foi um dos primeiros países a vender o iPhone Classic fora dos EUA, no tempo em que ainda existia a exclusividade de uma operadora oficial. Mesmo com a mudança de modelo comercial ocorrida com a chegada do modelo 3G, os países que estrearam o iPhone (Reino Unido, Alemanha, França e Estados Unidos) continuam com o sistema de contrato exclusivo assinado com a Apple.

Mas a paciência de uma das concorrentes chegou ao fim. Cansada de ver seus clientes partirem para a Orange por causa do celular fetiche, a operadora Bouygues Telecom entrou na justiça, acusando a empresa da Maça de sustentar um monopólio ao permitir apenas a alaranjada de vender seu “bijoux“. Ela pretende assim conseguir com que os juízes obriguem a Apple a possibilitar que o iPhone seja distribuido também por outras operadoras no país.

O resultado sairá amanhã, dia 17, e para boa parte dos analistas o tribunal pode ficar à favor da liberação, justamente pela tradição francesa de ir contra atitudes monopolistas.

Isso pode abrir um precedente no resto da Europa, forçando a Apple a desistir de vez com o modelo de associar seu telefone à operadoras em cada país.

Resta esperar pelo veredito. Amanhã veremos o que vai dar.
Será que as consequências chegariam até o Brasil?

Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close