OpiniãoRumores

[opinião] É muito improvável que a Apple elimine o Touch ID do iPhone

Pode-se dizer que, nos últimos anos, os rumores têm antecipado bastante coisa da Apple. Porém, é sempre importante colocar um filtro neles, principalmente antes dos produtos serem oficialmente apresentados. Diversos deles atiram para todos os lados e é natural as pessoas só lembrarem depois dos que estavam certos, esquecendo que haviam outros que diziam coisas diferentes.

Atualmente, um caso assim está acontecendo com o Touch ID, o sensor de digitais do futuro iPhone, em que três linhas diferentes de boatos estão circulando. Uma diz que ele será integrado à tela, na parte da frente; outro afirma que pode vir na traseira, onde fica o logo da maçã; e o mais recente diz que a Apple deve desistir por completo do Touch ID. Esta última parece a mais improvável de todas, e é sobre isso que discutiremos neste texto.

Nós aqui não costumamos falar de rumores, por não concordar com este tipo de “jornalismo” que publica diversas informações diferentes (e muitas vezes divergentes entre si) de algo que pode ou não acontecer. Isso, no nosso entender, mais desinforma do que informa, principalmente por deixar decepcionado o usuário quando algo não se concretiza, como se a Apple tivesse falhado em algo que nunca sequer prometeu.

Agora, duas fontes importantes de informações sobre a maçã levantaram o rumor de que a Apple pode estar pensando em não implementar nenhum sensor de digitais no chamado “iPhone 8” (o nome oficial e definitivo ainda não foi divulgado, então vamos supor por enquanto que ele se chame assim). Uma delas é o analista Ming-Chi Kuo, considerado por muitos como uma forte fonte de informações. Ele afirma que o Touch ID seria substituído por um sensor 3D para reconhecimento facial. Outra fonte conhecida, Mark Gurman, basicamente repetiu a mesma informação horas depois. No passado, ambos conseguiram acertar no que disseram e por isso há muita gente acreditando que isso possa realmente acontecer.

Porém, se raciocinarmos um pouco, podemos concluir o quão improvável é a Apple desistir agora do Touch ID.

Ambos afirmam que a Apple estaria em fase de testes de um novo sistema de reconhecimento facial em 3D, capaz de ser preciso o suficiente para substituir um leitor de digitais, identificando com exatidão os dados biométricos do proprietário do aparelho. Com isso, o Touch ID poderia ser eliminado, visto que “a Apple deve estar com dificuldades em colocar o sensor sob a tela“.

Vamos por partes.

  • Como funcionaria este sensor 3D em ambientes de baixa luminosidade ou até mesmo no escuro? Se você quiser dar uma olhada no iPhone no meio da noite, vai ter que acender a luz ou usar a senha para desbloqueá-lo?
  • O que a Apple faria com todo o investimento que fez na associação do Touch ID com o Apple Pay? Nada mais da facilidade de apenas apoiar o dedo sobre o botão para pagar algo rapidamente? Você teria que parar tudo e ficar olhando para a câmera para que o pagamento fosse autorizado?
  • No iOS 11, a Apple dá um grande destaque ao Touch ID ao baixar um aplicativo na App Store. Isso seria apenas para os modelos “antigos”?
  • Tecnologia em testes? Em julho? Para um dispositivo que deve ser lançado daqui 2 meses, parece meio em cima para ficar testando uma novidade tão diferente, não?

Eles insistem em dizer que a Apple pode estar tendo dificuldades em aplicar o Touch ID sob a tela frontal (principalmente depois que a Samsung tentou e não conseguiu no S8). Porém, vou repetir aqui uma opinião que já expressei anteriormente: o Touch ID do atual iPhone 7 já é sob a tela. Ele não é um botão real, apenas vibra simulando um (tente apertar este botão frontal com o iPhone desligado para perceber isso). Então, o básico da tecnologia a Apple já fez, só precisa agora fazer com que aquela parte da tela tenha pixels ativos. Claro que para eliminar o círculo de metal deve ser mais complicado, mas acredito que eles já tenham pensado nisso. Por isso, acredito que o botão deve ser o menor dos problemas da equipe de Jony Ive.

Ok, mas a Apple pode estar desenvolvendo um sensor 3D de reconhecimento facial? É bem provável, até porque este não é um rumor novo. Mas dizer que ele irá substituir completamente o Touch ID, assim, de repente, é algo bem mais complexo de se afirmar. Ainda mais que todos sempre procuram algo que não funcione em todo novo iPhone, se esta tecnologia tiver alguma falha que só seja descoberta com o uso em massa de todos, seria mais um escândalo (o 3Dgate), que colocaria em risco a reputação do aparelho.

Eu não duvidaria nada se estes diferentes rumores estivessem sendo espalhados de propósito pela própria Apple, para que não saibamos o que exatamente está por vir. Claro que alguns deles devem ser os reais, mas é tanta informação ao mesmo tempo que fica difícil de saber se o sensor será na frente, atrás ou seja lá onde. São tempos difíceis para os rumores.

Qual é a melhor maneira de saber exatamente o que virá? Esperar a própria Apple nos contar. Não é bem melhor assim?

Leia mais sobre:

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar