Opinião

[opinião] É incrível como a bola de neve dos rumores cresce cada vez mais, não?

Por favor, permitam-me fazer um desabafo aqui.

Percebam como funciona hoje em dia a indústria dos rumores, onde alguém fala uma coisa e, depois de repetida ad nauseam pela internet, acaba tomando ares de verdade, pois não aparece ninguém para contestar. Os sites hoje em dia só repetem o que lêem, sem fazer o mínimo de reflexão sobre a “notícia” que estão publicando. E aí, ao ver em tantos sites diferentes a mesma informação, o leitor (pobre vítima) acaba achando que, se todo mundo está falando, é porque é verdade.

No final da semana passada apareceu uma notícia ridícula, repito, ridícula sobre um possível lançamento de um suposto iPhone 5 em janeiro que vem. Pessoal, ISSO NÃO FAZ O MENOR SENTIDO! Cogitaram que seria uma versão melhorada, com antenas internas para resolver a falha da recepção. POXA, DE NOVO ISSO? Há sites que chegam a chamar de “rumores quentes”… E desde quando um rumor é quente? Ou ele é uma informação confiável ou é rumor!

Sábado passado muitos de nós presenciaram a vergonha de parte da blogosfera que fala de iOS e Apple, que copiou descaradamente uma notícia equivocada de um site, sem dar crédito. Um blog publicou que o iPhone tinha sido homologado no Brasil e dezenas de outros repetiram, sem nem analisar. E o pior, ficou claro com isso que estavam copiando outro site sem dar crédito. Acho isso vergonhoso. Quer dizer que se nós aqui não tivéssemos por acaso publicado uma infomação contrária, ninguém se daria conta do erro? Os blogs e sites de notícia são para trazer boa informação ou somente para copiar uns dos outros?

O diretor responsável pelo hardware do iPhone 4, Mark Papermaster, foi despedido na sexta. Durante todo o final de semana sites do mundo inteiro repetiram que a causa provável era devido ao “antennagate”. Hoje se conheceu outra versão da história e os mesmos sites, sem nem se mostrarem “vermelhos”, só repetiram.

O que me parece é que boa parte da mídia trata seus leitores/usuários como uma grande massa burra e manipulável, em que o importante é repassar a notícia o quanto antes possível. Se ela mudar depois, é só fazer uma atualização x1, x2, x3 e fica tudo bem. O que me deixa mais triste é que tem muito leitor que não se importa com isso.

Talvez o errado seja eu.

#prontofalei

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar