Notícias

Mesmo em ano de pandemia, Apple teve aumento de receita do Q4 de 2020

Nesta quinta (29), a Apple realizou a apresentação dos Resultados Financeiros do Quarto Trimestre Fiscal de 2020 (Q4 2020).

E por mais que tenha sido um ano difícil para todos, a empresa ainda assim conseguiu que seu faturamento fosse melhor que o do mesmo período dos anos anteriores.



A receita (que é a soma de tudo o que entrou em caixa) foi de 64,7 bilhões de dólares, o que é maior do que qualquer quarto trimestre dos outros anos. É um recorde para a empresa.

Aí alguém pode dizer: “Mas claro, aumentando os preços e tirando coisas da caixa do iPhone é natural que ela fature mais!“. Porém, isso não é exatamente verdade, porque os dados dos novos iPhones não estão incluídos neste período.

O Q4 é contado entre os meses de julho e setembro. Normalmente, novos iPhones fazem parte destes resultados, mas não foi isso que aconteceu este ano.

O iPhone 12 foi lançado somente em outubro, o que contará apenas para os resultados do trimestre seguinte, o Q1 2021.

Então, a Apple conseguiu faturar mais mesmo sem um novo iPhone na conta.



Além disso, apesar de ter recebido mais, a margem de lucro da empresa caiu para o pior resultado dos últimos três anos no Q4. Isso talvez se deva ao aumento dos custos de produção dos novos iPhones, que foram produzidos durante o período fiscal.

O que está salvando as contas da Apple é a categoria de Serviços. E com a introdução do pacote Apple One, deve aumentar ainda mais nos próximos meses.

Com esses números, espera-se que os resultados fiscais do próximo trimestre sejam os maiores da história, visto que incluirão também as vendas iniciais dos novos iPhones.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar