Notícias

Funcionários da Apple sofrem tentativa de suborno na Irlanda

Ser um funcionário da Apple lhe dá acesso a algumas informações importantes da empresa, como comunicações internas, treinamentos de dispositivos antes deles serem lançados e até, em alguns casos, conhecimento das estratégias futuras da empresa. Toda esta informação é muito bem guardada e tem muita gente que adoraria colocar as mãos em tudo isso, sejam sites de notícias, hackers e até fabricantes de outros smartphones.

O site Business Insider publicou hoje um artigo revelando que diversos funcionários da Apple recebem constantemente propostas de gente mal intencionada, para fornecerem seus dados de login no sistema da empresa.

Alguns revelam que já receberam propostas de até 20.000€ (cerca de R$90 mil, no câmbio de hoje) para informarem usuário e senha do sistema da Apple, para que terceiros tenham acesso às informações. Não há casos conhecidos de que algum funcionário tenha aceitado alguma destas propostas, mas a Apple está bastante preocupada com isso.

O site chama os interessados de hackers, cujo objetivo seria ter acesso a informações de usuários e dados estratégicos da empresa. Mas não é difícil imaginar um enorme número de pessoas (não necessariamente hackers) interessadas em fazer dinheiro com este tipo de informação. Se lembrarmos que o Gizmodo americano pagou US$5.000 em 2011 para ter direito a tirar fotos do protótipo do iPhone 4 perdido no bar (e ganhou muito mais que isso em publicidade e acessos com a história), imagine o que se pode ganhar com acesso ao sistema interno da companhia.

fonte: Business Insider

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar