Notícias

Adobe desiste de portar aplicativos Flash para o iPhone, Apple responde

Os atuais desenvolvedores já podem respirar aliviados agora. No ano passado, a Adobe anunciou que o seu novo pacote de aplicativos, o CS5, iria possibilitar a exportação de animações feitas em Flash para um formato que pudesse ser transformado em aplicativo nativo do iPhone. Na época, vários desenvolvedores temiam pelo futuro da plataforma, pois a ameaça da App Store ser inundada de títulos de baixa qualidade (por causa da popularização maciça do desenvolvimento) era muito grande.

Porém, a Apple este ano mudou os termos de uso da App Store, proibindo que os aplicativos fossem elaborados por programas externos (a famigerada cláusula 3.3.1). Agora, na teoria, somente títulos criados a partir dos instrumentos oficiais do SDK serão aprovados pela loja.

A Adobe levou para o lado pessoal e anunciou ontem que cancelou todos os investimentos para que o CS5 exporte animações Flash para binário do iPhone. Disse que isso é porque a Apple insiste em manter um ambiente de desenvolvimento fechado, não dando oportunidade a outras empresas de também crescerem.

A resposta da Apple veio rápida. O porta-voz da companhia, Trudy Miller, respondeu:

Tem alguém equivocado aí — É o HTML5, CSS, JavaScript e H.264 (todos suportados pelo iPhone e o iPad) que são padrões abertos, enquanto o Flash da Adobe é fechado e proprietário.

Pelo estilo, aposto que a resposta foi elaborada pelo Steve Jobs em pessoa. 😉

via

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar