ComparativosDestaque

Mesmo com guerra e sanções, ainda é mais barato comprar um iPhone na Rússia que no Brasil

Com a invasão da Rússia na Ucrânia e as diversas sanções econômicas impostas pelos países da Europa, Japão e América do Norte, o Rublo russo despencou de valor esta semana.

Com isso, os preços dos produtos Apple no país de Putin dispararam até 90%, forçando tanto a Apple quando os revendedores oficiais interromperem as vendas naquela região.

Mas por mais impressionante que seja, os preços russos, com a guerra, ainda não atingiram o mesmo patamar daqueles praticados atualmente no Brasil.



A mídia estrangeira se admira com os valores que os produtos Apple chegaram na Rússia. Mas se nós aqui colocarmos as contas no papel, nos damos conta que ainda é mais barato comprar um iPhone na Rússia (caso fosse possível) do que no Brasil.

Após a Apple interromper a venda de produtos em seus canais, a maior APR (Apple Premium Reseler) do país, a re:Store, também teve que fechar as portas temporariamente.

Imagem: iphones.ru

Enquanto isso, no mercado paralelo os preços dispararam. O modelo mais barato do iPhone 13, o mini, teve um aumento de quase 30% com a desvalorização do Rublo, passando de 69.990 rublos para cerca de 90.000.

Isso equivale, no dia de hoje, a R$ 4.300, preço bem abaixo dos R$ 6.599 cobrados pela Apple Brasil pelo mesmo modelo.

Já o modelo mais caro lá (13 Pro Max de 1TB) teve o maior aumento, com um ágio de 90%. De 159.990 rublos antes da invasão, passou para 308.679 esta semana, o equivalente a R$ 14.750, que ainda é menos do que os atuais R$ 15.499 cobrados pela maçã em nosso país.

Se é bem verdade que os preços do site da Apple não levam em consideração descontos em pagamento à vista ou promoções de algumas lojas do varejo, ao mesmo tempo é assustador nos darmos conta que os preços dos produtos Apple no Brasil são equivalentes aos de um outro que está sofrendo fortes sanções por causa de uma guerra.

O Brasil não é um país para amadores.

Fonte
iPhones.ru

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo