AppleiPad

Apple deixa de vender o iPad mini de primeira geração em seu site

Mesmo disponibilizando a próxima versão do sistema operacional (o iOS 9) para dispositivos mais antigos, a Apple está desistindo de vender o iPad mini de primeira geração. O modelo foi retirado hoje, de forma discreta, do site da loja oficial.

Com isso, ela encerra definitivamente a venda do último dispositivo iOS que ainda não possuía tela Retina. O iPad mini foi lançado em 2012 e trazia o mesmo hardware interno que o iPad 2. Ele lançou uma nova categoria de iPads, com tela menor e bem mais leve, facilitando para quem precisava de mais mobilidade.

Ele chegou a custar R$1.250, mas com o aumento geral de preços em abril, estava sendo vendido por R$1.699, apenas R$150 a menos que o mesmo modelo do iPad mini 2, com processador A7 e tela Retina. Talvez por isso o interesse nele não era mais tão grande e a Apple tenha decidido descontinuar esta geração. Além disso, agora todos os modelos disponíveis de iPad e iPhone são 64 bits, justamente agora que os desenvolvedores ganharão a possibilidade de criar seus aplicativos compatíveis apenas com esta estrutura.

Algumas lojas de varejo ainda estão disponibilizando o modelo (inclusive com preço antigo na versão 3G), mas a tendência é ele, com o tempo, sumir das prateleiras.

Leia mais sobre:

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar