Apple Watch

No seu primeiro aniversário, Apple Watch vendeu duas vezes mais que o primeiro iPhone

Não parece, mas ontem completou um ano que fizemos aqui a cobertura do lançamento do Apple Watch. Doze meses se passaram e as vendas, apesar de nem chegar perto aos números atuais do iPhone e do iPad, já ultrapassaram aquelas do primeiro iPhone, em 2008.

A Apple não divulga os números precisos das vendas do Watch (segundo ela, para não dar informações demais para a concorrência), mas alguns analistas estimam que cerca de 12 milhões de relógios já foram vendidos no mundo inteiro. Isso é o dobro do que o primeiro iPhone vendeu no primeiro ano.

Tenho minhas dúvidas se esta comparação é justa. Afinal, o iPhone, quando foi lançado, era algo completamente novo e precisava ainda convencer as pessoas que aquela coisa toda diferente era o futuro dos celulares. Hoje, o público da Apple já está formado e teoricamente o Watch pegaria carona do atual sucesso do iPhone. Se esta comparação foi feita por teoricamente ser um dispositivo novo no mercado, então ele perde para o primeiro iPad, que vendeu 14 milhões no primeiro ano.

Alguns vão dizer que esses números são decepcionantes, outros por sua vez dirão que são muito bons, comparados com a concorrência. O faturamento anual da Fitbit, por exemplo, foi de 2 bilhões de dólares. O Apple Watch, sozinho, faturou três vezes mais. Nunca um outro smartwatch vendeu tanto, se compararmos as estatísticas. Tudo depende da referência que você adotar.

É claro que as expectativas de todos é que a Apple sempre lance algo revolucionário, que mude todo o mercado de novo. Mas se pensarmos nesse sentido, as chances de nos decepcionarmos serão grandes, por mais que os números sejam bons.

via WSJ

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar