Apple TV

Quais são os três atores mais bem pagos da Apple TV+?

Ninguém tem dúvida de que a Apple não poupa recursos para investir em seu serviço de streaming de vídeo, o Apple TV+.

Apostando no formato de oferecer somente títulos originais (diferente de seus concorrentes que também oferecem filmes de outros estúdios), a maçã está ganhando espaço no mercado ampliando cada vez mais seu catálogo.

Com isso, é normal que ela busque em Hollywood atores consagrados, com cachês estratosféricos.

E em toda a indústria cinematográfica, ela é a que mais está pagando atualmente.



A revista Variety publicou uma lista dos 20 atores mais bem pagos em Hollywood em 2022, e dos quatro primeiros, três são de atores que farão filmes para a Apple TV+.

Na verdade, em termos concretos a Apple encabeçaria a lista nas 3 primeiras posições, mas a revista resolveu colocar Tom Cruise no topo, com um asterisco*, porque está contando uma cláusula especial no contrato de participação nos lucros das bilheterias de Top Gun: Maverick, que está fazendo um enorme sucesso no mundo inteiro.

Após Cruise, vem o ator Will Smith, que assinou um contrato com a Apple de 35 milhões de dólares para protagonizar o filme “Emancipation”, que deve aparecer na Apple TV+ em 2023. A estreia estava prevista para este ano, mas foi adiada logo após o episódio do tapa durante a cerimônia do Oscar 2022.

Na sequência, outra dupla de atores bastante famosa também irá ganhar uma bolada da Apple.

Leonardo DiCaprio irá embolsar 30 milhões de dólares por estrelar o filme “Killers of the Flower Moon” previsto para 2022. A história é ambientada em Oklahoma durante a década de 1920 e retrata o assassinato em série dos membros da nação Osage, ligada ao petróleo.

É como a atual história dos minérios da Amazônia, mas contada com petróleo em um lugar diferente.

Imagem © Apple

E o terceiro ator mais bem pago pela Apple é Brad Pitt, que protagonizará um filme sobre Formula 1 (ainda sem nome) coproduzido pelo campeão Lewis Hamilton.

Brad, assim como DiCaprio, também receberá 30 milhões de dólares para fazer o filme, que será dirigido por Joseph Kosinski, o mesmo que dirigiu Top Gun: Maverick. Mais um sucesso à vista?

A Apple incluiu cláusulas em alguns contratos que tornam os bônus dependentes de filmes que sejam entregues dentro do prazo e do orçamento.


O serviço Apple TV+ começou discreto e com um acervo limitado de opções. Porém, após 3 anos ele cresceu e se tornou um dos grandes do streaming, com produções dignas de Grammy.

A assinatura custa apenas R$ 9,90 (a mais barata do mercado) e quem nunca experimentou ainda tem direito a 7 dias grátis. Se ficou curioso, dê uma espiada neste link.


Google News

Fonte
Variety

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo