BDI News

Apple Music agora oferece funcionalidade de busca por letra das músicas em mais 7 países

Em países de língua inglesa, o Apple Music adicionou no iOS 12 a possibilidade de procurar canções digitando partes da letra (e não necessariamente o nome da música).

Agora, mais 7 países ganharam esta funcionalidade.


São eles: México, Espanha, França, Alemanha, África do Sul, Nova Zelândia e Irlanda. Na América Latina, o país do Chapolin foi o único agraciado com a novidade.

No Brasil, ainda não temos o “direito” de encontrar canções apenas pelo refrão. Ao tentar buscar músicas usando trechos da letra, o serviço não encontra nenhum resultado.

Vou aproveitar o tema e deixar aqui meu protesto enquanto usuário.
Infelizmente a Apple fez de uma maneira que somente é possível ver a letra de uma música com uma assinatura do Apple Music. Ela assim nos priva de uma função que estava presente desde o primeiro iPhone (no longínquo 2007), mas que foi suprimida mais tarde sem nenhuma justificativa forte o suficiente. Mesmo se você colocar manualmente a letra da música no arquivo pelo iTunes e depois importar para o aparelho, não será capaz de visualizar a letra no aplicativo Música.

Que bola fora, Apple.

Tags

Ale Salvatori

Applemaníaco desde 1995, quando precisou aprender a usar um Mac em uma semana para conseguir um emprego em uma agência de publicidade. Acha que a Apple não é mais a mesma depois da saída do Gil Amelio.

Artigos Relacionados

  • Murilo Herrmann

    Remover a visualização de quem acrescenta a letra manualmente é bem coisa de amador mesmo.
    Eu lembro de ter acrescentado letras de varias musicas na época que estava aprendendo inglês, e usava muitas musicas pra facilitar a compreensão.

  • Gustavo

    aproveitando, existe algum modo gratuito pro Apple Music tipo os do Spotify e Deezer com propagandas ou só com assinatura mesmo? grato

  • Douglas Chili

    Que droga! Cara, a cada notícia que sai relacionada a Apple eu só me desanimo mais e vejo que dificilmente renovarei meu aparelho por outro deles. Sei que todas companhias buscam lucros (obviamente), mas na minha opinião não tem como continuar se não houver mudança de postura. Aparelhos superfaturados, o sistema não está lá essas coisas, degradação proposital de bateria, aparelhos com telas enormes (desgosto pessoal), remoção de recursos básicos: tipo, remover a letra inserida manualmente porque para o usuário visualizar a letra tem que ser assinante do serviço deles, fala sério! A mudança na central de notificações não desligando os atalhos, apenas “desativando temporariamente” já não gostei muito. Entre outros detalhes que não me agradam muito, fora dispositivos estarem saindo de fábrica dobrados e eles falarem que é do processo normal de produção.

    • Calma Douglas. Sabemos que as coisas estão bem menos perfeitas que antes, mas não esqueça que em outras plataformas também há problemas e dores de cabeça.
      Já imaginou se fosse permitido atualizar o seu iPhone para o iOS 12 somente em fevereiro? Pois é mais ou menos isso que acontece com grande parte dos smartphones com Android. O Google lança diversas novidades, mas a maioria dos usuários só pode aproveitar quando o fabricante permite, isso QUANDO permite atualizar.

      Há muitas coisas chatas acontecendo com a Apple, mas o que temos que fazer é nos mobilizar para que ela arrume o que falta. Porque simplesmente mudar de plataforma nem sempre é sinônimo de “fim das incomodações”. Muitas vezes você só troca uma dor de cabeça por outra.

  • André Luis Dos Santos

    Sinto muita falta das letras que coloquei manualmente nas minhas músicas, além das capas que foram garimpadas antes do iTunes disponibilizar. Quando eu volto assinar o Apple Music volta mas é muito ruim. #Triste

  • E, pelo q percebi, não podemos adicionar músicas do computador em uma playlist com músicas da assinatura do apple music. triste fim.

    • Tarlan

      Você fala das playlists do proprio Apple Music ou playlists que você mesmo cria?
      No 1º caso, nunca foi possivel. Aliás, no Spotify, Deezer e Google Music isso não é possivel. Já no 2º caso é possivel mesclar musicas do catalogo com as músicas do computador. Basta que as músicas tenham sido enviadas para o iCloud Music Library primeiro.

      • Do segundo caso. Fiz isso e quando fui sincronizar apareceu uma mensagem dizendo q as musicas só dicariam no pc! ?

        • Tarlan

          Estranho cara. Não deveria estar acontecendo isso. Já contatou o suporte?

  • Roger Rocha Moreira

    😉

  • Rafael Tonon

    Pois é. Pior que isso é assinante ter que desabilitar a biblioteca de músicas do icloud, apagar todas as músicas do Apple Music que estão offline, pra poder adicionar músicas do itunes. Eu sempre quero colocar algumas músicas ou porque não tem na Apple Music, ou porque quero arquivos com melhor qualidade. Daí é sempre um processo. Excluir tudo, adicionar, baixar tudo de novo…

    • Tarlan

      Ué… Mas a Biblioteca do iCloud permite adicionar músicas que não estejam no catalogo, usando justamente o iTunes PC/MAC. Ele carrega as suas músicas para a nuvem e você pode fazer stream/baixar em qualquer dispositivo conectado a sua conta como se fossem músicas do catalogo. Esse inclusive é o diferencial que exploro desde o inicio e que me prende ao AM.

      • Rafael Tonon

        Então, isso seria incrível, se o servidor não fizesse a conversão dos arquivos para 256kbps. Eu tenho muitos arquivos lossless e 24bit, e ai o itunes abaixa a qualidade destes arquivos pra ficarem todos 256kbps. Além de fazer uma bagunça na minha biblioteca. Tive que baixar e ripar quase 80% dos 140gb de música que eu tenho porque ele além de converter, substitui o arquivo original…

        • Tarlan

          Poxa! Ai complica hein? Já pensou em usar outro app no iPhone com foco apenas nas músicas Hi-Fi? Tipo VLC? Talvez simplificasse bastante esse martirio. Porque não sei se você sabe, mas quando você ativa o iCloud Music Library no iDevice tendo músicas nele, ele faz a mesma varredura que faz no Mac e envia essas músicas para a nuvem. No caso de arquivos Hi-Fi, ele converte.

  • Andrey Didoff Do Nascimento

    O dia que permitirem controlar as musicas tocas no pc com o iPhone assim como fazemos no Spotify eu mudo para o Apple Music

Back to top button
Close