Apple Watch

O que podemos esperar do Apple Watch Series 4

O vazamento de imagens que ocorreu na semana passada acabou confirmando alguns boatos sobre a próxima geração do Apple Watch, que deve ser apresentada no próximo dia 12 de setembro.

Isso já nos dá condições de imaginar o que veremos no palco no Steve Jobs Theater a respeito do novo relógio.


Desde o início do ano, alguns boatos já afirmavam que a nova geração apresentaria uma tela maior, sem necessariamente alterar o tamanho atual da caixa externa, que manteve-se a mesma desde o lançamento. A inspiração teria vindo do iPhone X, que possui menos borda e, com isso, ganha mais espaço útil.

Parece pouco, mas é um aumento de 15% no tamanho original, tanto no modelo de 38 mm quanto no de 42 mm.

Mas o que dá para fazer com mais espaço? Bem, além de poder aumentar a visualização das coisas, é possível incluir mais informações simultâneas no visor.

As chamadas “complicações” são informações disponibilizadas no visor do relógio (inclusive aqueles analógicos) que foram o grande diferencial do Apple Watch em relação aos seus concorrentes. E estas complicações agora serão em maior número, como demonstra a imagem vazada da Apple.

Imagem obtida pelo site 9to5Mac

Só nesta imagem, é possível ver 9 complicações diferentes, espalhadas pela tela. Algumas com mais informação que antes, como a faixa de temperatura do dia (mostrando a máxima e a mínima) e uma barra mostrando quanto falta para o final do tempo marcado no cronômetro. Tem também o próximo evento da agenda, que contorna o círculo das horas.

Isso até foge um pouco do estilo “menos é mais” da Apple, mas sem dúvida faz do relógio uma central de informações para quando queremos saber de algo rapidamente.

A imagem vazada também nos mostra outras mudanças externas, que abaixo comparamos com um modelo do atual Series 3.

O botão lateral e a Coroa Digital estão mais para dentro do corpo. A espessura do relógio até parece mais fina, porém isso pode ser uma ilusão de ótica pelo fato da tela OLED tomar mais espaço do corpo. O botão lateral é até mais fino, mas a razão disso pode ser justamente o fato que há menos lateral em metal para deixar mais espaço à tela.

O botão todo vermelho, introduzido no modelo Series 3 com LTE, fica mais discreto, transformando-se em um aro vermelho fino. É provável que ainda continue diferenciando o modelo com conexão celular embutida.

Um detalhe que intrigou alguns foi a complicação do canto inferior esquerdo da tela, que mostra o índice UV (raios ultravioleta) do dia. O atual Apple Watch não possui nenhum sensor interno para captar este índice. No aplicativo Tempo esta informação está disponível, porém sempre em números inteiros, sem vírgulas. Como seria possível então o relógio mostrar o número 3,6 para o índice UV?

Outro ponto diferente é um pequeno furo abaixo da coroa digital. Pode ser a mudança de posição do microfone, ou a adição de um segundo, para melhorar ainda mais a captação de som.


Vazamentos de imagens reais nem sempre nos dão o panorama total das novidades que estão por vir. Em 2010, quando o protótipo do iPhone 4 foi esquecido em um bar, percebemos como ele seria por fora, mas só tivemos conhecimento das várias novidades durante a apresentação oficial, como a tela Retina e o FaceTime. Então, é provável que estas pistas que vimos agora sejam apenas a ponta do iceberg e só conheceremos os detalhes completos na semana que vem.

O Blog do iPhone fará a cobertura completa, trazendo e discutindo todas as novidades que nos aguardam este mês. Fique ligado aqui no site. 😉

Tags

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close