Apple

Apple já pensa em quem substituirá Tim Cook no futuro

Nesta terça-feira (13) aconteceu em Cupertino a reunião anual de acionistas da Apple, no Steve Jobs Theater no novo campus da empresa. A ocasião serviu para serem votadas propostas, reeleger os membros do Conselho Administrativo e expor um resumo do que foi feito em 2017 e alguns rumos que serão tomados no futuro.

Um dos assuntos levantados foi sobre o plano de sucessão do CEO da empresa, Tim Cook.

Durante a reunião de ontem, na fase aberta às perguntas, foi questionado se a empresa tinha um plano de sucessão. E Tim Cook respondeu que já existe internamente alguns candidatos preparados e prontos para tomarem o comando da Apple caso necessário.

Infelizmente não foi revelado quem seriam estes candidatos, mas podemos imaginar olhando para os principais executivos da empresa: Jony Ive, Phil Schiller, Eddy Cue e até mesmo Angela Ahrendts, que já foi CEO da Burberry.

Há quem não goste dos rumos atuais que a Apple vem seguindo e torça para que o CEO seja substituído. Porém, bem ou mal, foi na gestão de Tim Cook que a Apple tornou-se a empresa de tecnologia mais rica do mundo, e isso depois de ter enfrentado o seu maior baque, a perda do fundador Steve Jobs. Lembro que muitos diziam que a empresa não duraria mais de 5 anos se Jobs morresse, coisa que até o momento parece estar bem longe de acontecer.

A decisão de quem ocupa ou não o cargo de CEO não é dos acionistas e sim do Conselho Administrativo, formado por pessoas sem vínculo empregatício com a Apple. Entre eles estão o chefão da Disney e até um ex-vice Presidente dos Estados Unidos.

O assunto “sucessão” é algo levantado em praticamente todas as reuniões de acionistas, ano após ano. Porém, é a primeira vez de que se comenta claramente que há já candidatos prontos para assumir o cargo, caso necessário. Até o momento, não há nenhum sinal de que Tim Cook seja substituído a curto prazo.

A próxima reunião dos acionistas acontecerá nos primeiros meses de 2019.

Fonte
MacRumors
Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Rafael Henrique

    É do conhecimento de todos que Jobs era brilhante e não é muito difícil imaginar que ele tenha deixado um ótimo planejamento estratégico para a Apple, que possivelmente o manteve e que pode ter influenciado muito nos resultados alcançados por Tim Cook em sua gestão, afinal, bons resultados não são construídos por acaso. Lógico que ele deve ter suas qualidades para ter chego ao cargo e o conselho administrativo também não seria ingênuo de deixá-lo comandar a empresa se ele não demonstrasse aptidão. O fato é que a Apple perdeu um pouco do brilho, o que é até natural depois da morte do seu fundador, um homem atípico…

    As perguntas que instigam são:

    Será que Tim Cook surfou em um planejamento pronto e apenas estava lá para colher os resultados?

    Ou será que ele teve grande influência através de suas decisões para levar a Apple ao topo em sua gestão?

    • Filipi

      Acho meio difícil ele apenas ter surfado, sendo que logo no inicio ele mudou as equipes, redesignou cargos e demitiu até o Scott queridinho do Jobs. Cook pode não ser um gênio visionário, mas ele entende de mercado, colocar sua competência na administração em cheque assim, não é legal.

      • Rafael Henrique

        Não coloquei em cheque. É apenas uma dúvida! Não participo do conselho e portanto nem eu e nem você podemos afirmar com convicção que os resultados que a Apple conseguiu em tão pouco tempo após a morte de Jobs, estão ligados ao planejamento que ele desenvolveu ou são méritos da visão de mercado do Cook. E quanto trocar a equipe é o mínimo que qualquer CEO faz, afinal, ele substitui os queridinhos da gestão passada pelos dele…

        • Filipi

          Bom, alguém que apenas segue um plano traçado não muda e nem faz coisas que o antigo CEO falou que nunca faria (iPhone com tela maior), não somente isso, ele mudou a estratégia de mercado e produção da Apple. Ele não foi escolhido pelo conselho por qualquer motivo, assim como tambem não faz parte do conselho administrativo da nike sem nenhum motivo. Ele era COO e de mercado ele entende. Compreendo sua descrença, até eu tenho um pouco de preconceito em relação aos produtos apresentados a falta de inovação e a falta de pulso firme dele, mas em relação a administração, não tenho o que falar.

          • Rafael Henrique

            Faz sentido! Com estes argumentos devo concordar contigo que parte destes resultados podem ser provenientes da visão dele… Pode ser que eu esteja subestimando o potencial do Tim por entender que as diretrizes da empresa já estavam definidas quando ele assumiu, porém como ressaltou, a produção do iPhones com tela maior, do qual eu e muita gente tem preferência, foi uma decisão dele. O que certamente alavancou os resultados da empresa com as vendas destes iPhones…

            • Alex iPilot

              Não foi “decisão” dele, foi exigência do mercado… São o mercado e a concorrência que vem ditando o que a Apple faz nos iPhones…

    • Dizer que que a Apple “perdeu um pouco o brilho” é eufemismo, né?
      Ela perdeu completamente o brilho e, lucrativa ou não, se tornou mais uma grande empresa fabricante de produtos tecnológicos.
      Antes ela era “A Apple”. E este status significava algo que ia muito além de números.
      Hoje é só a Apple, como qualquer outra… como a Samsung, por exemplo.

      E sim, concordo com seu ponto. Cook ainda hoje bebe do trabalho do Jobs e de outros mitos que vieram antes dele.
      Admiraria o Cook se ele pegasse uma empresa num estágio ruim após ser dirigida por um lider ruim, a saber: a Microsoft em 2013 com o Balmmer em seu comando.
      Ele, Nadella, pegou a MS com uma bomba enorme em cada área em que ela atuava e foi (e ainda está) resolvendo ponto a ponto, mudando drasticamente e maravilhosamente a forma da MS caminhar. Aliás, muita gente tem falado que a MS hoje é a Apple de ontem. Um exagero, claro, mas evidencia algo nítido: A MS mudou completamente com a liderança do Nadella. Este sim um CEO referência.

      Cook pegou uma empresa perfeita, super lucrativa, com dinheiro saindo pelo ladrão, com um software maravilhoso, com produtos perfeitos e que tinha em seu comando o maior ícone tecnologico da época e que, de quebra, havia deixado projetos pra pelo menos 1 década.
      Há! Até eu que sou mais bobo faria maravilhas neste cenário.
      Até o Tiririca faria, diga-se de passagem.

      Torço pra que alguém corajoso e completamente maluco assuma o comando da Apple.
      Alguem disposto a pensar novamente fora da caixa, fora dos padrões, ir na contramão do sistema… alguém tão insano a ponto de ser considerado biruta.
      Alguem que peça coisas absurdas, e tenha metas impossíveis. Alguem que esnobe a concorrência e se divirta em ver como está acima dela.
      Algum desvairado e arrogantemente visionário.
      Este(a) cara colocaria a Apple no lugar de onde ela nunca deveria ter saído, afinal a Apple era isso, e isso era o Jobs. Neste dia voltarei a amar a Apple… por enquanto tenho saudade e pena do que ela se tornou.

      • PERFEITA COLOCAÇÃO. Sem mais.

      • André Pelegrini

        Ela voltando a ter atenção aos detalhes, para mim já estaria ótimo.

        Pensar nos detalhes era o que fazia a diferença, se algo no iOS precisa de manual para fazer ou não funciona da maneira mais simples então tá no caminho errado.

        Siri e Apple Pay estão aí para provar, não estão no padrão que deveriam estar…

        iTunes U totalmente esquecido e o HomePod que é só uma caixa de som super cara…. não faz sentido…

      • Gustavo

        Perfeito cara . Sem mais mesmo …👍🏻

      • Arlindo Neto

        Elon Musk? Queria ver esse casamento.

  • Fabrício

    Não sei se tínhamos expectativas demais, mas a gestão Cook não trouxe nenhum novo produto impactante. Pior, nos deparamos com bugs e falhas em hardware (vide episódio das baterias 6/6s/7) impensáveis sob a tutela de Jobs.
    Daí, vem um dilema:
    O que é melhor?
    * ter um tirano no comando que humilhava, causava mal estar e intriga no grupo, mas que alcançava resultados inacreditáveis;
    * ter um comando paz e amor, mas que só fica na zona de conforto e mesmo assim com não conformidades lamentáveis.

    • Filipi

      Jobs não era perfeito, quem acompanha a mais de 20 anos, sabe de suas falhas, até o ultimo iPhone apresentado por ele teve vazamentos e falhas, que foi o iPhone 4 com o saudoso antennagate.

      • Fabrício

        Longe de ser perfeito. Ele também lançou dispositvos que foram fiascos em vendas. Mas ele ousava, tentava criar necessidades que não tínhamos até então (sabia vender o “sonho” como ninguém).

      • Caio Cartaxo

        Cara o antennagate não foi 30% do que foi essa questão com as baterias, na verdade essa das baterias é considerado por muitos uma das falhas mais graves da historia da Apple. O lance da antena do iPhone 4 foi um defeito que foi sanado com o tempo, infelizmente essas falhas acontecem, mas não falhas para tirar o desempenho do seu iPhone =)

    • Estan Duarte

      A antena do iPhone 4 falhou por apenas nao ter um divisor de plastico… Jobs na epoca.
      Acho mais grave falhas em software, pois é algo que todos podem analisar.

      • Filipi

        Eu acho tanto falha de hardware quanto software graves, software ainda pode ser concertado com atualizações, diferente de hardware, que precisa de recall, algo que a Apple não fez. iOs tambem sempre teve “falhas” e eram com essas “brechas” que se conseguia fazer jailbreak, além de falha que permitia fazer ligação com iPhone bloqueado, que destravava iPhone bloqueado, segurança de sms, dentre outros na era Jobs. Tenho reclamações em relação ao Cook, mas a cada lançamento ou falha ficar “era Steve Jobs” deu pro saco, fazem mais de 5 anos ja, superem.

        • Estan Duarte

          Eu prefiro Scott, quando se fala em iPhone, sobre falhas de hardware, nao vejo problemas em baterias de iPhones.
          Apenas os iPhones de 4,7″ tem baterias pequenas para aparelhos com hardwares TOP. Imaginar um smartphone com chips A7/8/9/10/11 com 1600mAh… logico que a bateria vai degradar rapido com telas de 4,7″ e todo o conjunto energetico.

          Voce nota isso ao perceber que iPhones 6 Plus de 2.915mAh continua a oferecer autonomia exemplar, principalmente para quem optou permanecer no iOS9.

          • Manuel Chichava

            Ainda existe possibilidade de voltar para o IOS 9… Será obrigatório deixar de usar iOS 9 depois daquele informação de vazamento de código do iOS 9

            • Estan Duarte

              Nossa, como faz para voltar ao iOS9? Eu verifico todo dia as assinaturas dos updates, quero experimentar o iOS 11.3 e poder voltar ao 10.3.3.

  • Alex iPilot

    Será a vez do estagiário…

  • Caio Cartaxo

    “Lembro que muitos diziam que a empresa não duraria mais de 5 anos se Jobs morresse, coisa que até o momento parece estar bem longe de acontecer.”, bem, já eu lembro mais do pessoal falando que a Apple ia perder suas características (filosofia para alguns) que era o que deixava a gente tão apaixonado pela empresa, e de fato isso aconteceu. Então por minha parte e de muitos leitores daqui acredito que acertamos, e infelizmente a gente sabe que o Cook não foi responsável por tais conquistas da Apple, é um caminho que já havia sido trilhado. Ele pode ser um grande administrador, mas infelizmente ele não tem a mesma leitura de mercado como o saudoso Jobs tinha.

    • Estan Duarte

      O iPhone so continiou o legado, aumentou a tela e cagou o software.
      Concordo com voce, uso iPhone desde 2010, e hoje ele nao eh pra mim o que foram iPhone 4 e 4S, passei por alguns modelos e gostei muito do 4S e tive 4x o aparelho.
      O iPhone X tem a oportunide de ser um iPhone icone, mas pelo andar da carroagem ja esta proximo de ser “esquecido” por outro modelo maior, some isso ao iOS, e o que temos eh apenas saudade do “iPhone”.
      Hoje ja esta quase virando mais um smartphone no mercado, culpa da filosofia da empresa, cagando o software e devorando modelos antigos, ao passo que continuam caros para comprar, eh a receita certa para um fracasso.
      Uma Loja me ofereceu um S8 e estou avaliando pegar em troca do meu iPhone.

      • KB

        Na questão do iOS, eu ainda acho que a Apple está colhendo os frutos da demissão do Scott Forstall. Ninguém sabia bem de iOS e interação com o hardware do iPhone como ele e sua equipe. Na época a gente questionava e opinava mais sobre funcionalidades do que bugs…

        • Estan Duarte

          Kara, nao tem segredo para o iPhone, usamos bateria e hardware limitados, o foco de tudo tem que esta no app visivel na tela, nao tem apps, usuario nao esta usando, sistema tem que dormir, eh regra, app esta em segundo plano, tem que dormir, use PUSH.

          Mas ai Craig chegou com a sua falta de imaginacao e limitada criatividade e achou que poderia copiar tudo do Android, porem usando baterias 2.5X menor…

          Os kara perderam o foco do iPhone, na epoca em que foi lancado o iPhone, ninguem acreditava no aparelho justamente por unir FERRAMENTAS que consumiriam a bateria em minutos, eh o que ocorre hoje.

          Se existe uma opcao no sistema chamado “Atualizacao em segundo plano” severia funcionar quando desligamos, e nao o que acontece hoje de um app ficar na tela e em segundo plano por horas a fio.

          • KB

            Exato. Duvido que tivesse este desfecho no comando do Forstall. Ele sabe de tudo isso, não deixaria passar. O Craig era macOS, outro ambiente, diferente de mobile. Para ser sincero, nem sei quem é o que mais na Apple. Como disse, perderam o foco, mas acho que em tudo, não só iPhone.

      • Caio Cartaxo

        Disse tudo, eu fui outro que aos poucos migrei para o android, peguei um como secundário e acabou que hoje o secundário é o iPhone. Infelizmente tenho saudade daqueles iPhones 4x e etc… Mas fica no infelizmente, porque eles morreram como o 5c, e provavelmente esse X.

  • O meu sonho é o Elon Musk comandando a Apple!