Notícias

O período de testes do Apple Music deixa de ser gratuito em alguns países

Quando a Apple lançou seu serviço de streaming de músicas, estabeleceu os primeiros três meses de graça para que os usuários pudessem testar o serviço antes de assinar por ele. Isso ajurou muitos a conhecerem o Apple Music e a decidirem pagar a assinatura mensal.

Porém, a maçã pode estar pensando em acabar com essa gratuidade, coisa que já começou em alguns países.

Para quem for tentar hoje iniciar uma conta no Apple Music na Austrália, Espanha ou Suíça, encontrará como única opção o pagamento de 0,99¢ (ou equivalente) para testar por três meses; após isso, o valor normal passa a ser aplicado.

Por enquanto o Brasil e os demais países continuam com o período grátis. Não se sabe a razão da mudança apenas nestes três lugares e nem se a Apple pretende fazer o mesmo em outros nos próximos meses.

No dia 5 de junho teremos o evento de abertura da WWDC, momento pelo qual a Apple pode apresentar novidades quanto ao serviço e talvez nos esclarecer melhor seus planos quanto ao período de testes.

Você acompanha a cobertura completa da WWDC aqui no Blog do iPhone.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • f.u.

    [off topic] finalmente vou fazer um upgrade de meu iPad. Minha dúvida: os modelos sem o recurso de dados celulares ( apenas wi-fi ) permitem a navegação por gps com apps, por exemplo, tom tom ou waze?

    • Edley Santana 

      Permite sim. Mas ele é bem impreciso.
      Ele tenta se localizar pelo wi-fi e isso, em alguns momentos, te joga pra umas duas ruas depois.

    • Leonardo Negrisoli

      Não entendo qual é sua real necessidade para isso em um iPad, mas por conta da precisão, eu prefeiro usar o iPhone (ou qualquer outro celular) para usar esse tipo de app.
      Mas da sim

      • f.u.

        [Não entendo qual é sua real necessidade para isso em um iPad… ]
        O tamanho, porque com 50 anos de idade, minha visão já não é a mesma…

    • Corrigindo o Edley, só permitem se o iPad estiver conectado constantemente na internet, pois aí a geolocalização é pela triangulação do Wi-Fi. Mas não é nem perto da precisão do chip GPS incorporado na versão Cellular, que não necessita de conexão à internet.

      • Então só seria possível navegar dentro do ambiente com wifi? Visto que andando na rua é improvável estarmos conectados em todas as redes que nos circundam.

    • P.S.: Dia 30 de maio está chegando!!! 😉

      • f.u.

        Bom dia iLex! Captei a vossa mensagem estimado guru…

        • Ana Mendez

          Eu uso o roteamento de dados do meu celular para o IPad quando preciso…

  • Anderson Lopes

    Estou usando o DEEZER, está ótimo, baixo música e ouço Offline e de graça….

    • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Eu também.
      Às vezes tem músicas que não tocam, mas é muito bom.

    • Guilherme 

      Apesar de preferir o Spotify em design e funcionalidades, gosto do Deezer tbm por a qualidade de áudio ser superior ao Spotify e a função offline hehe

      • Anderson Lopes

        Também tenho uma preferência pelo Spotify por ter controle do PC, Mas no DEEZER temos a opção de qualidade de áudio superior e offline..free

    • Gustavo Domingos

      Como tenho um pacote Tim beta mensal, ganhei uma conta Deezer premium e ainda não desconta da franquia de dados, que já é um absurdo. Logo, é claro que eu prefiro o Deezer.

    • Gabriel

      Nunca tive nenhum problema com o app, e essa vantagem de ser Tim e eles darem a assinatura Premium do Deezer é sensacional =D

  • aleguarita

    A gratuidade foi o que me ajudou a decidir por este serviço, já que pude testar. Estou estranhando essa decisão.