Notícias

Apple Pay agora funciona também na Itália

A Apple continua a lenta expansão mundial de seu sistema de pagamentos pelo iPhone. A partir desta quarta (17), o Apple Pay passa a funcionar também na Itália.

No início, ele será aceito por apenas três instituições financeiras do país: Carrefour Banca, Unicredit e Boon. Os clientes podem com isso adicionar seus cartões de crédito e de débito ao Wallet do iOS, e fazer pagamentos com a digital em estabelecimentos que possuam a máquina compatível com NFC.

No Brasil, ainda não há nenhum sinal de que o serviço chegue algum dia. A Apple estava mantendo conversas com os bancos brasileiros desde 2015, mas aparentemente elas esfriaram e ninguém mais tocou no assunto. É possível que o grande ponto de desentendimento seja a pequena taxa que a Apple exige para o uso do serviço, que sai do bolso dos bancos, não dos consumidores.

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Mateus Cardoso

    Samsung Pay mandou um abraço.

  • Julio Cesar S. Figueiredo

    Se for para os bancos pagarem taxa nunca teremos isso aqui, no Brasil banco só quer levar vantagem

  • André Pelegrini

    E o tal Banco Original? Não é moderno para entrar nessa?

  • Newton Martins Vieira Filho

    O primeiro banco que aceitar a pagar a tal taxa, ganhará uma leva considerável de clientes. Nubank e Intermedium poderiam começar.

    • Matheus

      Tenho ambos. Ta na hora mesmo deles pronunciarem.

    • André Luis Dos Santos

      Concordo e ai #Nubank vamos aderir!

  • Wrecked Machines

    esqueçam se la fora está dificil, imagine aqui os bancos brasileiros, acham que vão pagar alguma taxa? deixar de ganhar com cada passada de cartão deles? acho muito dificil em um futuro proximo, talvez quando todos os paises la fora tenham ai talvez pensem melhor em traser o pay para o BR.

  • Igor Flores

    “Sai do bolso dos bancos, não dos consumidores”. Que comentário ingênuo. Isso sai do bolso do comerciante que cobra do consumidor. A Samsung sim que não cobra de ninguém, não é a toa que o Samsung Pay está por tudo.