DestaqueDicasTutoriais

Antivírus no iPhone: tudo o que você precisa saber

Há diversas razões para alguém procurar um antivírus para iPhone ou iPad. Seja quem acabou de ingressar no mundo da Apple e está procurando proteger seu novo dispositivo, ou os que encontraram um aviso na internet dizendo que seu “Apple Iphone” estava infectado. Não importa o motivo, há muita gente que nos procura para perguntar qual o melhor antivírus para o iOS.

Por isso, criamos este artigo, para servir de referência para todos que buscam ajuda sobre o assunto. É claro que o manteremos sempre atualizado, com as informações mais relevantes sobre o assunto. Guarde o link desta página nos seus favoritos, para quando precisar ou alguém lhe procurar perguntando sobre vírus no iPhone.

O que é um vírus?

No início da década de 80, especialistas em segurança da computação descobriram um tipo de programa capaz de se multiplicar sozinho e se auto-instalar em outros computadores. Eles deram a isso o nome de “vírus de computador“.

Com a enorme popularização dos computadores na década de 90, os vírus viraram problema para praticamente todas as pessoas que estavam entrando neste mundo da informática e sendo infestados apenas ao abrir um simples email. Com isso, ficaram famosos os tais antivírus, que identificavam as infecções e eliminavam o perigo do computador. No Windows, era quase obrigatório ter um instalado.

Nesta onda, empresas de antivírus fizeram verdadeiras fortunas neste mercado que sempre cresceu. Mais vírus apareciam e mais eles vendiam novas versões de seus softwares.

Mas antivírus nunca foram perfeitos. Sempre deixaram a máquina mais lenta e muitos tinham brechas de segurança que causavam mais problemas do que soluções. Eles não protegiam de vírus novos, o que obrigava o usuário a atualizar constantemente o software, deixando a máquina ainda mais lenta.

Aí o mundo mudou e começou a usar mais o celular que os computadores.
Os sistemas móveis (principalmente o iOS) são bem mais fechados e difíceis de ter seus aplicativos alterados por programas externos, e o vírus foi perdendo espaço no mercado. Os criminosos encontraram novas formas de obter dados dos usuários, no que foi chamado de “engenharia social“: links em emails ou SMS falsos que fazem o usuário acreditar que são de alguma instituição e o iludem a fornecer seus dados e senha, de mão beijada. Já comentamos sobre isso aqui neste outro artigo.

Você precisa de antivírus no iPhone ou no iPad?

A resposta curta é: Não.
Primeiro porque não existe antivírus para iOS. Nenhum aplicativo na App Store tem a capacidade de alterar o sistema do aparelho, e por isso não é possível alguém lançar algo do tipo para iPhone. Você até poderá encontrar alguns apps que tentarão convencer você de que eles fazem isso, mas é mentira. Por esta razão, a Apple recentemente fez uma limpa na sua loja, retirando todos estas falsas ferramentas que só iludiam o usuário.

O iOS não possui vírus, porque não há como aplicativos interferirem em outros, pois a estrutura do sistema isola cada um para que só possam agir em sua área de ação. E isso não irá mudar tão cedo, porque o sistema é feito assim.

Claro que pode haver outro tipo de perigo, que são os malwares. Estes são aplicativos próprios que não tem a capacidade de se reproduzirem sozinhos, mas induzem o usuário a usá-los para tentar roubar dados pessoais, como contatos, mensagens e até emails. Nesse caso, não há antivírus que resolva, pois são aplicativos geralmente instalados pelo próprio usuário.

Houve casos em que foram descobertos apps maliciosos disponíveis na App Store, mas a Apple rapidamente retirou-os do ar. De forma geral, se você só baixa aplicativos na App Store e não instala nada de formas alternativas, não há com o que se preocupar.

Quais cuidados você precisa tomar?

→ Emails e SMS

Como foi dito no início deste artigo, o grande problema hoje em dia são relacionados à engenharia social. Técnicas de phishing (como emails e SMS falsos) são largamente usados para iludir o usuário e fazê-lo fornecer os dados necessários para a invasão de contas. Isso costuma acontecer muito no Brasil quando um iPhone é roubado e os ladrões enviam um SMS fingindo ser a Apple, para o usuário fragilizado fornecer a senha e o login do iCloud.

Neste caso, é o usuário que precisa estar atento e não se deixar cair neste tipo de golpe. É preciso lembrar sempre que a Apple nunca informará um link que não seja do seu próprio domínio (apple.com). Vigie sempre os links dos emails que receber, mesmo tendo sido enviado de pessoas conhecidas, para ter certeza que não está baixando nada ou indo para uma página falsa. Não há nenhum antivírus que proteja disso, e é você quem precisa se cuidar.

→ Notificações estranhas em sites

Há também avisos aleatórios que aparecem em páginas de internet, “comunicando” a você que seu iPhone ou iPad estão com vírus. Tudo mentira.

Nenhum site tem a capacidade de identificar vírus, nem o sistema possui mecanismo próprio para isso. Portanto, não há como você ser alertado do nada de que está infectado, a não ser que o aviso seja falso. Este tipo de notificação trata-se normalmente de publicidade do tipo scareware (que promove algo assustando o usuário), para induzir a pessoa a instalar algum programa ou aplicativo. O péssimo Onavo é campeão de fazer isso.

É fácil identificar este tipo de aviso falso, que geralmente possui erros de português ou informações incongruentes. Se algum aparecer para você, simplesmente feche a janela do navegador e mantenha a calma, com a certeza de que seu iPhone e iPad não sofreram nenhum ataque.

→ Malwares

Vez ou outra aparecem os chamados malwares, que são aplicativos com objetivo malicioso de roubar informações. A melhor maneira de evitá-los é não instalar nada que não venha da App Store. Há na internet maneiras de se instalar apps com perfis de desenvolvedores empresariais sem precisar passar pela App Store (os mais populares são emuladores e aplicativos alternativos). Nem sempre pode-se ter certeza de que são confiáveis, por isso, na dúvida, evite-os.

→ Jailbreak

A maior vantagem do jailbreak é liberar todas as amarras da Apple e você poder instalar qualquer tipo de coisas no iPhone. Já o maior problema é “liberar todas as amarras da Apple e você poder instalar qualquer tipo de coisas no iPhone“. O jailbreak quebra justamente a segurança do sistema e permite que qualquer aplicativo ou tweak altere partes ou a totalidade dos códigos de qualquer app. Isso faz com que tudo que dissemos neste artigo até aqui perca a validade, pois as brechas para invasões são muito amplas.

A dica, portanto, é só fazer o jailbreak se você tem plena consciência do que está fazendo e sabe as formas de não colocar o sistema em risco. Se você é iniciante e não sabe o que fazer em emergências, o melhor é ficar longe de qualquer alteração não autorizada do iOS.


Estas foram nossas dicas para você não ficar mais preocupado com vírus no seu iPhone ou iPad. Se você ler alguma notícia alarmante por aí sobre o assunto (há sites que adoram fazer isso, para atrair visitas), corra aqui e nos pergunte, que esclareceremos tudo para você e, se for o caso, atualizaremos este artigo. Mas no geral, fique tranquilo, pois você adquiriu um dos smartphones mais seguros do mercado. 😉

Conteúdo Original © Blog do iPhone

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Excelentes explicações!

  • Fabiano ✈️

    Excelente artigo. Parabéns!

  • Edimilson Santos

    Sempre bom reforçar as dicas, afinal nem todo mundo é da velha guarda ou não conhece tão bem o funcionamento do iOS. Parabéns pela matéria!

    Ps: faltou a dica de manter o aparelho atualizado na ultima versão disponível.

  • Fábio Lucio

    Parabéns Ilex, ótimo artigo. Como muito bem disse nosso amigo Edimilson, nem todos são da antiga ( estou no iPhone desde o 3G ). Tenho alguns amigos que sempre me mandam “notícias” de vírus para iPhone, rs rs rs. Vale um outro artigo sobre uma mentira muito citado por usuários de Android, que “tudo que vc baixa para iPhone é pago”.

  • Lu Lu

    iLex, eu tenho uma dúvida quanto aos Perfis.

    Eles podem deixar o iPhone lento,consumindo mais carga e roubar informações ? Pois eu tenho alguns perfis instalados! Um deles é o da Apple TV que impede a atualização automática do iOS,pois ainda estou no 9 no meu 5S. E notei um ligeiro consumo de carga !

    • Gustavo Rezende

      Olá @disqus_27bT4NJvBG:disqus!
      Não precisa instalar nada para o iOS não ser atualizado, é só não aceitar a atualização.

      • Luana

        Esses scarwares servem só para fazer o usuário baixar um aplicativo? Tem algum risco? Pois eu cai em uma dessas e baixei o aplicativo. O que fazer nesses casos?

        • Gustavo Rezende

          Eu nunca tinha visto este termo antes, rs.
          O q está ocorrendo, pode explicar? Mas de antemão, qualquer app q tenha baixado e q não queira, basta vc remover q estará livre dele no sistema, o iOS não é como o Windows em que um software “ruim” é instalado e quando é removido deixa “restos” que ainda podem fazer algo prejudicial na máquina.

  • Thiago Cavalcanti

    E quanto ao Mac e outros dispositivos da Apple que não rodam iOS?

  • Prefiro generalizar Malware para QUALQUER código malicioso, seja rat, ransonware, trojan, worm, vírus, a nomenclatura que for.

    Tudo é malware, mas conforme o comportamento do código, podemos dar uma classificação mais específica.

    No caso de um APP malicioso disponível na AppStore, acredito que cavalo de troia seria uma boa denominação. Tu instala para um determinado propósito benigno, mas ele também fará algo maligno.

    Enfim, nada de errado com o artigo, é só minha opinião na sutileza das nomenclaturas.

    • Thiago Cavalcanti

      Verdade, pelo artigo parece que vírus é algo a parte de malware, quando até onde eu sei é um dos tipos de malware

    • Você está certíssimo.
      Mas não quisemos ser tão detalhistas e técnicos no texto para não assustar iniciantes. Fizemos uma separação básica, só para mostrar que existe uma certa diferença entre este tipo de praga e que nem tudo é chamado de vírus.

      • Exato, o artigo está ótimo, a nomenclatura utilizada garante o entendimento claro. Eu que fui preciosista em entrar no buraco do queijo.

        • Milton Bender Júnior

          E esse teu Avatar Workbench 1.3 do Amiga aí!? Sou desses também. Tenho meu A600 nacionalizado na caixa até hoje. Qualquer hora vendo para um museu. 😀

          • Commodore deu um laço na Apple, o AMIGA era muito a frente do seu tempo. Aquele computador fez Apple, IBM, Microsoft, Atari e outras gigantes da época tremerem.

            Não tenho dúvida que ele foi muito mais em 1987 a frente do seu tempo, do que o iPhone em 2007. Ele fazia coisas que MAC penava em fazer e IBM-PC nem conseguia chegar perto.

            Uma pena, como a empresa com uma catastrófica gestão, conseguiu destruir o que tinha nas mãos em menos de 10 anos. O documentário VIVA AMIGA tem pra vender no VIMEO, recomendo muito, com legenda em português. Também tem no iTunes, mas sem legenda.

  • Monique Diniz

    Excelente matéria! Vocês poderiam publicar algo parecido para MacBooks e iMac

    • Pablo Rangel

      No blogdoIPHONE, não rola isso nao :/

  • Saulo Rogério

    Vocês são os caras! 👏🏻👏🏻

  • Marcus Paulo

    Parabéns pelo excelente artigo.

  • Fabiano

    no iMac existe algum programa bom para evitar malwares, estas coisas? eu uso o Clean My Mac mas é mais para limpar a maquina, mas e quanto a iMac qual melhor forma de evitar algo

    • Como dito no artigo, não há antivírus ou programa que impeça o usuário de instalar malwares, é ELE quem precisa tomar sempre cuidado com o que instala e buscar sempre fontes confiáveis antes de instalar qualquer coisa.

      Vez ou outra aparecem malwares para Mac e aí surgem ferramentas específicas para limpar aquele tipo de dano. Mas não há um programa que limpe malwares gerais (ou seja, um antivírus), pois cada praga tem uma característica específica.

    • Leo Francia

      Fabiano.
      No meu mac uso o Malawarebytes. eh muito bom! também tenho clean my mac 2 mas para varreduras de malawares em sites e no sistema e melhor o malawarebyte

    • Anderson Camões

      Vc tem o Norton Security. Ele ainda garante a devolução do dinheiro caso vc seja infectado e o programa não detecte e retire o malware.

    • Ronaldo Rodrigues

      Usa o Malwarebytes!

  • Jefferson Soares ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Excelente texto e informações!
    E-mail seria a forma correta reconhecida pela ABL.

  • Danchio

    Ótimo artigo, parabéns pessoal!!

  • Moimás

    Excelente texto!
    Já cansei de dizer para amigos e outras pessoas que não existe isso de vírus em iPhone, mas muitos não acreditam… Agora vou mandar todos para este artigo! Hahahaha

  • Bruno Steinkopf 

    Muito bom 👏🏼👏🏼👏🏼

  • João Lima

    Quer mesmo segurança em um smartphone? Vá para o Windows Phone. O IOS possui tantas brechas que é possível travar o celular apenas com uma mensagem de texto… absurdo.

  • Leandro Fonseca

    Muito bom! Baita texto! Obrigado!

  • Gabriel Núñez Castillo

    ninguém percebeu a palavra “estiverão” na imagem?!

  • ana

    Obrigada

  • Samuka costa

    Nossa muito obrigado pelo artigo, foi muito útil, 👏🏽👏🏽

  • Acabei de receber um avido de vírus, com o título do Google. Fotografei e fechei o aplicativo. Segue para conhecimento de vocês:
    https://uploads.disquscdn.com/images/2afbfb20cAcabei de receber um avido de vírus, com o título do Google. Fotografei e segue para conhecimento de vocês:
    https://uploads.disquscdn.com/images/2afbfb20cd12ff2f8ff8cc6ef93716b835b1b26077629f9f75a30e3598051344.png
    O que sugnifica isso? Me apavorei, mas ao ler este artigo fiquei mais calma… Gostaria de uma resposta de vocês, para que fique 100% tranquila, por favor!!!

  • Tai

    Graças a isso consegui ficar mais relaxada asuauhsiua

  • Denis JSantos

    Amigos, vim parar aqui por conta de uma discrepância no funcionamento do IOS 10.3.2, mas agora diante desta preciosa explanação,
    indiferentemente de nomenclaturas me deixou aliviado por completo. Valeu blogdoiphone!

  • Tauany Limanggie

    Ola, tenho uma dúvida, e se a pessoa baixar o app, no caso ali que vc citou os alertas em sites, que pedem pra baixar algum app, o que acontece? Ocorre algum dano no celular?

  • Gabriel Albuini

    Tem um aplicativo no meu iPhone que apago e ele volta a aparecer … o que faço ?? É vírus ??

  • Marcelo Leonardi

    Muito bom o artigo! Mesmo sendo bastante precavido com essas mensagens, hoje recebi uma pelo whatsapp de um amigo confiável e nem pensei… cliquei no link do “teste da cafeteira” e fui logo repassando na maior inocência! Vacilo total! Logo após apareceu a famosa mensagem de que meu iPhone tinha sido infectado. Preciso me preocupar com isso? Fazer algum tipo de backup ou varredura no meu aparelho? Agradeço a opinião de vcs! Valeu!

    • Alessandra Possenti Schmitz

      Comigo aconteceu a mesma coisa ! Mas não recebi nenhuma notificação , apenas compartilhei o link !
      Posso ficar 100% tranquila de que posso usar meus aplicativos inclusive o do banco normalmente ?

  • José Roberto

    Há alguma maneira de saber se o iPhone já está com vírus?

  • Maria Samaky

    Me apareceu um desses recados e eu instalei o Onavo Protect… só agora li seu artigo e eliminei logo a aplicação. Fiz mal instalar?

  • Guri

    Estava em um site, cliquei em um link, abriu uma página falando que meu iPad foi infectado com vírus, que estava com vírus, fechei rápido. Então isso é mentira? Não aconteceu nada com ele? Como que eles sabe, que é um iPad? Por favor, me respondam

  • Gustavo

    Ok, blz, contudo, apesar de seguir tais dicas (ou eventualmente tendo m esquecido d algum detalhe), uma pessoa q estou evitando mostrou ser mais esperta e m enviou fotos q estavam salvas apenas em meu histórico, enviadas uma ou outra vez (nunca para tal pessoa) por wzp (criptografado né?) e com referencia temporal inclusive… alguma ideia do que pode ter ocorrido? Dica de como bloquear e me precaver? Grato!

  • Priscilla Peres

    meu marido tem um iphone 6, e nele fica aparecendo uns pop ups estranhos, assemelhando-se a virus. como podemos fazer pra remover? se fizer o backup no itunes e resettar o celular será que resolve?

  • Juliana

    Eu tenho um iPhone 6 e tá parecendo que ele tá com vírus sim, tá doidão. As minhas fotos desaparecem do nada, depois voltam, tá travando e três apps apareceram com um nome estranho, inclusive o YouTube. E todos os apps que eu baixei são da Appstore. Se não é vírus é oq? Pode me ajudar?

  • Flavia da Silva

    Eu tenho um iPhone 7plus, estava acessando um site e cliquei em um link, abriu uma página dizendo que estava com vírus como nas duas imagens, só que a anta aqui ficou apavorada (conseguiram né) e caiu no conto do vigário🤦‍♀️ acabei baixando o Onavo (erro da vida) 😩e em seguida acabei excluindo pq fiquei desconfiada. A minha dúvida é: Meu iPhone pode ter sido infectado?! 🤔

  • Ariane

    Boa noite! Estava conectada no Skype pelo cel e cliquei num link do baidu!!! Como eu sei se meu iPhone está com vírus??

    Poderiam me ajudar ?

  • Cássia Dias

    Oie… E quando a pessoa já abriu o SMS ou email e clicou no link perigoso? Tem como resolver?