Estamos naquela época em que os rumores começam a se intensificar e ficarem mais precisos, com várias fontes dizendo mais ou menos a mesma coisa. Com isso, é possível começar a tirar uma temperatura do que pode realmente vir, como nos outros anos. Mas é sempre importante ter em mente que nada disso é confirmado pela Apple e tudo pode mudar até o momento do lançamento.

Segundo Mark Gurman (que possui ótimas fontes dentro da Apple e agora trabalha para o site jornalístico Bloomberg), a Apple pretende lançar uma nova geração de relógio ainda este ano.

De acordo com as mesmas fontes, a próxima versão do Watch da Apple poderá trazer um GPS integrado, para melhorar a precisão de localização mesmo sem o celular por perto. Mas a dependência do iPhone não será completamente eliminada, visto que não há planos (segundo as fontes) de incorporar conexão 3G no relógio. Isso porque consumiria muita bateria, que é um dos pontos que a Apple luta para melhorar nos próximos modelos.

A Apple quer muito deixar o Watch completamente independente do iPhone (o que seria ideal), mas diz que no momento há muitas limitações tecnológicas para isso. O que é compreensível, visto que colocar todas as tecnologias demandadas e, ao mesmo tempo, deixar o aparelho mais fino e com bateria mais potente, é algo bem difícil de fazer.

Muitos rumores apontam o lançamento de um novo Watch para outubro/novembro (nos Estados Unidos). Porém, nos resta esperar uma confirmação oficial da maçã.

via Bloomberg