AplicativosiPadJogos

Batman Arkham Underworld é lançado gratuitamente para iPhone e iPad

A Warner lançou na última quinta-feira (14) na App Store o jogo Batman: Arkham Underworld para iPhone e iPad. Apresentado com download gratuito e exclusivo para a plataforma mobile, o game é mais uma sequência da franquia de jogos do Homem Morcego. Mas esse não é um jogo de mocinhos.

A história se passa antes dos acontecimentos de Arkham Asylum em uma Gotham cheia de violência nas ruas. Nesse pandemônio, os jogadores devem escolher um vilão, construir seu próprio esconderijo, recrutar capangas e ganhar territórios de outras gangues nas ruas de Gotham. Mas quem poderá deter essa festa? Eventualmente, o jogador deverá confrontar o próprio Batman.

Batman-Arkham-Underworld1 Batman-Arkham-Underworld2

Entre os vilões disponíveis estão Killer Croc, Arlequina, Charada, Espantalho e Dr. Freeze. Cada um deles pode levar a história para determinado desfecho. Ironicamente, o Coringa não está presente no game. No entanto, o maior inimigo do Batman pode aparecer em breve em atualizações do aplicativo ou em compras in-app.

O game conta com integração com o Apple Watch para que o usuário possa verificar compras, conhecer objetivos recentes e personagens.

Batman: Arkham Underworld está disponível gratuitamente na App Store para iPhone e iPad.

Tags
Mostrar mais

Marvin Costa

Jornalista carioca apaixonado por cultura pop, fotografia, instrumentos musicais e produtos da Apple. Sempre que pode toca guitarra com amigos e utiliza seu iPhone como segundo instrumento.

Artigos Relacionados

  • Maganeses

    Cansei de jogos Freemium

    • Existem exceções. Viu que vão lançar no cinema o desenho do seu Avatar, o filme “A Piada Mortal”. Me decepcionei com os gráficos, bem inferiores em relação ao da revistinha.

      • Maganeses

        O único jogo que conheço que usa moeda real, mas não atrapalha o jogo é VainGlory.

        Eu vi. Particularmente, não me atraiu, pois verei muito do mesmo que já li na HQ. Não entendo essas propostas. Poderiam fazer algo inspirado, então. Em relação aos gráficos, é um estilo, né. Não me agradou tanto, confesso. De qualquer forma, não posso negar a minha expectativa.

    • Vai se preparando pq no futuro o que eu vejo é apps com assinaturas q dependendo do valor vc ainda verá propagandas..

      • Maganeses

        Eu não me importo em pagar (acho que a maioria também), o problema é esse modo de gastar e ter bônus temporário, que te fará gastar infinitamente. Eles encontraram o modo de ganhar, tanto que os jogos pra mobile arrecadam muito

        • Eu me importo em pagar valores irreais. The Witcher 3 custou 70 milhões de dólares, foi uma obra de arte que levou 4 anos em desenvolvimento e foi vendido por 35 dólares no lançamento. Ai vem a Square faz a portabilidade de Final Fantasy e cobra 15? Ou a EA cobrando 5 dólares + compras internas? Conto nos dedos os Apps que paguei, acho justo para o desenvolvedor. A maioria não vale o preço cobrado.

          • A maioria não vale mesmo.

            Cada produtora tem uma estratégia, eles podem ter barateado o custo para 35 dólares pra tirar a diferença sem ser nas vendas diretas. De Witcher eu não entendo nada, vale a pena? No Final Fantasy VII eles gastaram mais de 60 milhões de dólares pra produzir, fora o prejuízo com o filme catastrófico, mesmo assim vão fazer outro, dessa vez ambientado no novo Final Fantasy, o XV. No caso da Enix a portabilidade pode ser uma ganância misturada com falta de tato com o mercado mobile. Eu comprei, o Final Fantasy IV, portabilidade porca e cara, sem grandes novidades, além de uma retoque nos personagens.

            Por outro lado, a Destiny gastou 500 milhões de dólares e achei justo terem cobrado na casa dos 59 dólares no lançamento.

    • Hades666

      Idem….

  • Hades666

    Acho que já cansou esse tipo de game…..