Notícias

iPhone OS é a plataforma de maior crescimento de toda a história

Durante a Web 2.0 Summit, que ocorreu esta semana em San Francisco, uma diretora da Morgan Stanley foi bem enfática: a dupla iPhone/iPod touch foi a plataforma eletrônica para consumidores que teve o crescimento mais rápido da história.

Ecossistema iPhone OS

Ao serem analisados outros dispositivos de sucesso, como Nintendo Wii, Sony PSP e mesmo o BlackBerry, no mesmo período desde seu lançamento, o iPhone se destaca pelo maior crescimento entre todos.

É claro que é importante destacar que no gráfico acima o iPhone está concorrendo com vários outros dispositivos que não estariam na categoria telefonia celular. A verdade é que ele é mesmo especial: concorre tanto com telefones quanto com consoles de jogos. Nenhum outro aparelho (console ou celular) possui esta característica de poder disputar mercados diferentes.

Em um mundo onde todos querem convergir utilidades e diversão em um único dispositivo, o iPhone parece mesmo ter acertado em cheio na fórmula de sucesso.

via

Tags
Mostrar mais

iLex

Robô virtual que tem como missão organizar o site e ajudar leitores. De tempos em tempos ele desvirtua e tenta fazer outras coisas, mas nada que um hard reset não resolva.

Artigos Relacionados

  • Henry

    isso por que pode vir mais coisas novas pro iPhone,como a tecnogia 4G que promete ser bem rapida ,só que parece que aqui no brasil talvez ocorra um problema na frequença dessa tecnologia que na europa parece que é 2,44GHZ algo assim e essa frequencia é a mesma de outros serviços daqui do brasil e isso pode dar uma pequena dor de cabeça……
    Espero que mais empressas comecem a investir na plantaforma dois nossos queriados Gadgets!!
    Diversidade nunca é de mais 😛

  • Kowgan

    “o iPhone de destaca”, iLex? 😛

    Bom, quanto ao que o Henry disse, eu concordo. Mas o Brasil possui outros meios para a utilização da tecnologia 4G.

    o iPhone é realmente especial, e todos nós sabemos que ele pode evoluir, e muito, ainda!

    Abraços,
    Kowgan.

  • Felipe Drumond

    Não creio que alguém compre iPhone como video game. Pelo menos no meu caso, eu comprei e depois fui surpreendido com os ótimos jogos que existem. Mas não é a mesma coisa jogar num console e no iPhone. Essa comparação está mais para banana com maçã do que tudo.

  • Nefertine

    Que comparação estranha… tão generalizando coisa demais nisso hein.

    Totalmente sem nexo.

  • Bruno Júnior

    Não concodo Lex.
    Por enquanto o iPhone/iPod Touch não concorre com o DS e o PSP. O motivo é a falta de grandes titulos.
    O suporte das grandes softhouses está engrenando agora, porque as investidas passadas foram apenas para tatear o mercado.

    Fim do ano/começo do ano que vem vão sair jogos que tem nome, como GTA Chinatown Wars, Ace Combat XI, Need for Speed Shift e outros. E a consolidação do iPhoneOS como plataforma de jogos vai depender da qualidade e profundidade desses jogos. Profundidade e complexidade demanda tempo, e com isso, o preço sobe. Será que o público que está costumado com joguinhos baratos vai pagar um pouco mais caro pelos novos jogo? (veja Rock Band a 10 dolares).

    Um bom exemplo de que as grandes softhouses estão tateando ainda, é o FIFA 10, que não sabe se é um jogo de verdade ou um joguete.

    Pra fazer um comparativo, tem de ser concorrência. E eu acho que tem de ser MUITO maluco de abrir mão de comprar um Nintendo DS ou um PSP para comprar um iPhone/iPod se o seu foco primário forem jogos. Pelo menos por enquanto.

  • Mlaor

    iLex, não vai ter os papéis de parede hoje?

  • Andre

    Em jogos o iphone não chega aos pés do PSP / DS, e MUITO MENOS dos “consoles de mesa”. Acho o iphone fantastico, e tem uns jogos muito bons, mas em relação a qualidade dos títulos ainda fica bem atrás…. em vendas é um sucesso absoluto mesmo, nao tem o que discutir… apesar de eu achar meio inútil ficar fazendo essas comparações… iPhone vende mais que uma BMW… iPhone vende mais que TV’s da Sony… iPhone vende mais que o Windows 7… ao menos para mim não agrega informação, é mais coisa para ficar se vangloriando (o que na verdade é ridículo, ao menos que alguém seja acionista da Apple).